Ago 20, 2019

Roadster da SpaceX já fez a primeira órbita à volta do Sol

O famoso Starman, ao volante do Tesla Roadster, foi lançado ao espaço no Falcon Heavy em fevereiro do ano passado, mas só irá aproximar-se da Terra em 2020.

<

Em fevereiro de 2018, o Falcon Heavy fez história ao tornar-se um dos mais poderosos foguetões a chegar ao espaço, e logo no voo inaugural foi possível recuperar os seus propulsores laterais, que aterraram em segurança. Abria-se assim um importante capítulo para a SpaceX no que diz respeito à exploração espacial. A bordo do Falcon Heavy seguia o famoso Starman, o manequim ao volante do Tesla Roadster, com o objetivo de o colocar numa órbita heliocêntrica, à volta do Sol, onde iria aproximar-se regularmente de Marte.

Ano e meio depois do seu voo, o veículo já completou a primeira órbita à volta do Sol. Segundo o website Where is Roadster, que acompanha em tempo real a sua viagem, o Roadster já terá feito 762 milhões de milhas desde que arrancou.

Em relação à sua aproximação à Terra, apenas está previsto chegar no dia 5 de novembro de 2020, a uma distância de 32,2 milhões de milhas (52 milhões de quilómetros). Antes disso, ainda irá aproximar-se primeiro de Marte, no dia 7 de outubro do próximo ano, a cerca de 4,5 milhões de milhas (7,2 milhões de quilómetros) do planeta vermelho. Depois desta visita, será necessário esperar quase 30 anos para que o Starman volte a ficar perto da Terra, em 2047.