Mar 20, 2018

L'Oreal compra uma App com beleza aumentada

Utilizadores de maquilhagem, preparem-se. AI está pronta para nos dizer que parecemos feios.

<

A app ModiFace examina o seu tipo de pele, mostrando o que há de errado com o seu rosto, (Ex. tem rugas aqui, um ponto lá), e sugere cosméticos que podem ser capazes de reparar ou cobrir essas falhas.

Se você acabou de pensar, "Hey, fazer as pessoas sentirem-se inseguras é uma ótima maneira de as levar a comprar cosméticos" pois bem, não está sozinho. O gigante cosmético francês L' Oreal adquiriu recentemente a empresa canadense para uma soma não revelada (mas provavelmente astronómica).

Na teoria, a ferramenta soa como se fosse uma coisa maravilhosa. A empresa publicou mais de 200 estudos científicos e detém 30 patentes no desenvolvimento desta tecnologia, por isso há razão para acreditar que funciona melhor que algumas outras aplicações de maquilhagem, já cá fora (ModiFace provavelmente tornar-se-ia a aplicação mais conhecida, uma vez que L' Oreal torna-a omnipresente). E porquê uma app, porque não exige tanto investimento em novos equipamentos, como a Amazon smartmirror faria.

Além disso, parece muito conveniente.Tentando uma nova fundação sem ter que ir à loja e cobrindo a minha mão com produtos mal coloridos? Sim, por favor.

Mas há uma desvantagem óbvia para a ModiFace: A app fornece aos usuários uma definição limitada do que significa estar bonito.

Esse padrão está ficar cada vez mais limitado com o tempo, tudo graças às medias sociais. Apesar de haver algum esforço para expandir os padrões de beleza para pessoas de diferentes cores, formas e tamanhos, a popularidade de sites como o Instagram e Snapchat fazem os mesmos padrões de beleza antigos parecem atingíveis e imediatas, a aerografia e photoshopping parecem menos óbvios.

"Estamos à beira de um problema muito, muito grave" Jane Cunningham, o autor de Britishbeautyblogger.com, disse The Guardian em 2015. "O mundo dos vloggers e YouTubers criou um sentido perverso, homogeneizado de "beleza" distorcida, sem diversidade ou realidade... A sociedade está a perder toda a perspetiva sobre a diversidade da beleza e está a contribuir para um crescimento alarmante na dismorfia.  "a literatura científica recente confirmou esta avaliação".

Os consumidores, especialmente do sexo feminino, não precisam que outra entidade sem rosto identifique cada falha que têm no seu rosto. Isso é especialmente verdade para mulheres de cor, para quem o software de reconhecimento facial pode ser impreciso.

Uma ferramenta como ModiFace pode ser útil para alguns utilizadores de maquilhagem, ou conveniente mesmo. Mas para os outros, será apenas uma outra entidade afirmando que não são suficientemente jovens, que não são brancos o suficiente, não são bonitos o suficiente.

Futurism

by Lou Del Bello