Ago 7, 2019

De que forma as ferramentas digitais contribuem para a inclusão social? Programa itinerante explica

Chama-se #EuSouDigital e vai percorrer 21 localidades portugueses até 8 de setembro. O projeto arranca esta quarta-feira em Viseu.


<

A iniciativa é do .PT, da FCT e da INCoDe. 2030, em parceria com o MUDA. O objetivo passa por sensibilizar e, com isso, apoiar na promoção e desenvolvimento da inclusão digital junto dos cidadãos com menos facilidade de interação com a Internet.

O programa nacional inclui um stand móvel e um conjunto de atividades, como sessões de formação para a utilização básica da Internet, uma roda do conhecimento e um questionário de competências digitais.

Paralelamente, a iniciativa prevê o desenvolvimento de uma rede nacional de centros de capacitação para a inclusão digital através de parcerias locais com escolas, juntas de freguesia e instituições públicas de solidariedade social.

Numa primeira fase, a iniciativa associa-se à 81.ª Volta a Portugal em bicicleta, percorrendo 11 localidades que integram as várias etapas da prova, entre 31 de julho e 11 de agosto. Após a participação na Volta a Portugal, o programa #EuSouDigital percorre outras dez localidades no país, entre 12 de agosto e 8 de setembro,

Em comunicado, a presidente do conselho diretivo do .PT destaca a necessidade de combater a exclusão digital em Portugal, em especial entre os mais velhos. "Com este programa pretendemos chegar onde, habitualmente, a formação para a Internet não chega", explica Luisa Gueifão.

"Aproveitando um evento tão relevante e de impacto nacional como a Volta, abrangemos litoral e interior, mais novos e mais velhos, numa ação que visa mostrar como as ferramentas digitais contribuem para a inclusão social", conclui.