Business & Industry

Ago 1, 2016

ESCRITO EM PEDRA

Embora vivamos numa "Era" digital, onde os ecrãs tácteis se sobrepõem aos livros, e o papel se tornou incrivelmente poluente e dispendioso, não conseguimos imaginar as nossas vidas sem algum tipo de papel, ou pelo menos um suporte de impressão. É neste contexto que surge o TerraSkin, um papel feito de pedra, sem recurso a árvores ou água.

<

De acordo com o World Wildlife Fund (WWF), a indústria da polpa e do papel é uma das maiores consumidoras de recursos no Mundo. Usa mais de 40% da madeira vendida globalmente, é a que mais consome água para propósitos industriais em países desenvolvidos, e em termos de consumo energético, a maior parte dos gases de estufa libertados neste sector deriva da energia produzida para o funcionamento das fábricas.

A Design & Source Productions é uma empresa de design, fundada em 1996, que se tornou fornecedora de soluções sustentáveis, e cuja sede em Nova Iorque funciona totalmente a partir de energia eólica. Devido ao seu compromisso ambiental, decidiram criar uma Divisão Ambiental, a que chamaram "Chameleon Packaging™", dedicada a procurar soluções mais sustentáveis para as necessidades de design actuais.

Foi nesse âmbito que começou a produzir o TerraSkin – papel de pedra. Este material inovador (que ironicamente existe há pelo menos 10 anos), combina mais de 75% de pó mineral de carbonato de sódio, com menos de 25% de resina não-tóxica de polietileno, criando um tipo de papel que não só é de produção sustentável, mas que pode ser reciclado e é degradável.

Em 2007, o TerraSkin recebeu com orgulho uma certificação "Silver Cradle to Cradle". A "Cradle to Cradle" classifica o comportamento sustentável de uma empresa, ou seja, se cumpre com uma série de aspectos, como o uso de materiais seguros para a saúde e ambiente; reutilização de materiais, como reciclagem ou compostagem; a utilização de energia renovável e eficiência energética; uso eficiente de água e a máxima qualidade de água associada com a produção; e a criação de estratégias de sustentabilidade responsável.

O TerraSkin é feito sem recurso a água, através de um processo inovador que também não gera emissões tóxicas. Este processo reduz o consumo de energia e as emissões de CO2: consome apenas 50% da energia usada para produzir papel de polpa, e liberta menos 50% de CO2. Para além disso, o papel de pedra não precisa de branqueamentos.

Este papel é ainda degradável. O material começa a degradar-se após seis a nove meses nas condições adequadas: calor, humidade e exposição ultravioleta (UV). Isto levanta questões acerca do uso no exterior, mas a empresa está a desenvolver outras versões de TerraSkin para esse propósito, e que irão ter maior resistência aos raios UV.

O papel de pedra foi testado com uma série de materiais artísticos. Tem sido experimentado e bem acolhido pela comunidade artística. Em trabalhos artísticos, o papel recebe a tinta muito bem, seca rápido, e também aceita materiais secos, como a grafite ou o pastel. Diversos artistas comparam a sensação de usar este papel com a de pintar gesso.

No que toca à impressão e ao design, a panóplia de opções é ainda maior: cartões, sacos, caixas, sinais, livros, etiquetas, embalamentos, uma miríade de utilizações originais é possível. As propriedades de impressão do TerraSkin são belíssimas, com a sua textura suave. O papel não tem fibras, e como tal, usa menos tinta, uma vez que esta não é absorvida como no papel normal. A imagens ficam mais nítidas e limpas: a tinta não expande.

O papel feito a partir de árvores está a ficar obsoleto. Naturalmente, ainda há um longo caminho a percorrer para serem implementadas opções mais sustentáveis e económicas a nível mundial, mas o facto, é que o papel regular, para as necessidades actuais, não é realmente necessário. Há áreas onde continuará a ser usado, como a medicina e as artes, mas para a maioria das áreas, o papel de pedra é uma boa opção. De facto, tem uma melhor performance em algumas aplicações do que o papel de polpa. Pode ser uma das maneiras de reduzir a desflorestação, um problema que afecta o Planeta, com consequências severas.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • C8b--OIXgAA2KZb

    Luxury & Fashion

    Jun 1, 2017

    T-shirts de Plástico Reciclado

    A produção destas t-shirts, que podem elas próprias também ser recicladas, foi planeada de modo a eliminar ao máximo a poluição causada pela utilização de combustíveis fósseis e pelo próprio plástico que, após a sua...

  • Depositphotos_87744168_xl-2015

    Business & Industry

    Mai 26, 2018

    SOCIEDADE "CASHLESS"

    Embora sob formas e suportes diferentes, o dinheiro está na história do ser humano há mais de 3000 anos. Uma realidade incontornável para uma sociedade de consumo que vemos 'acelerar' a cada dia que passa

  • #Formato_Certo_para_Site_YVP_Imagens

    Lifestyle & Travel

    Out 15, 2018

    ANDORRA

    O Principado de Andorra é um dos países mais pequenos da Europa. É um território com apenas 468m2 revestidos por vales, montanhas, bosques, lagos e muita vida quer nos meses de verão quer nos de inverno, adaptando as ofertas...


  • Diane-Van-Furstenberg-10099DVFSVABB_A1

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2017

    O MUNDO EM COLLANTS

    Lisos, com laços, bolas ou em renda, rasgados, de rede, brilhantes, opacos ou transparentes, com ou sem ligas, de descanso, push up ou especiais para grávidas, os collants são hoje uma peça de vestuário indispensável, que...

  • levizen-water-levitation-4

    Home & Design

    Jul 7, 2018

    ÚTIL E INVULGARMENTE BONITO

    O LeviZen é uma peça de design com um 'look retro' e usa ondas de som com frequências altas para levitar água e luz. É financiado através da plataforma Kickstarter e já ultrapassou o valor de investimento inicial, partindo...

  • 1. Lloyds-Bank-Bank-With-a-Bar

    Business & Industry

    Nov 1, 2017

    BANCO COM BAR

    Numa altura em que o normal tem sido o encerramento sucessivo de sucursais de bancos, estimando-se que actualmente existam cerca de 8.000 sucursais bancárias abertas no Reino Unido quando em 1989 existiam quase 18.000 (dados divulgados...


  • 01

    Business & Industry

    Fev 1, 2017

    NOVOS PARÂMETROS DA INDÚSTRIA MEDIÁTICA

    Com o mote: "Afirmar o Jornalismo", o Cinema de São Jorge, um dos mais prestigiados e antigos de Portugal (a abertura data de Fevereiro de 1950), recebeu o "4º...

  • 1. Technology-Kokoon-Sleep Sanctuary

    Technology

    Fev 1, 2018

    SANTUÁRIO DO SONO

    Chama-se Kokoon e foi financiado através do contributo da comunidade da plataforma de investimento Kickstarter, alcançando quase 2 milhões de euros de fundos e tendo já o primeiro lote de fabrico de 10.000 unidades praticamente...

  • 1. Technology-Clear Channel-Real-Time Contents

    Technology

    Fev 1, 2018

    CONTEÚDOS EM TEMPO REAL

    Num mundo em constante mudança no qual o progresso e o desenvolvimento há séculos que são a palavra de ordem, uma das ferramentas de marketing de massas mais utilizada, o outdoor, parece ter ficado estagnada no tempo.