Technology

Dez 1, 2017

ÁGUA "COTADA" EM BOLSA?

Actualmente há uma enorme certeza no Mundo: a água é um bem cada vez mais escasso. Quem o diz são diversos cientistas que concluem que a água não tardará a ser um bem tão ou mais precioso que o petróleo. Por este andar, não faltará muito para termos em Wall Street a água como rainha das cotações bolsistas.

<

Por HANS GRUBER

A desertificação de muitas regiões por causas naturais, em muitos casos devido à intervenção humana, tem-se vindo a alargar de forma alarmante. Cada vez chove menos e quando chove é em torrentes, de forma que destrói mais do que melhora. O El Niño não explica tudo mas dá uma grande contribuição para a instabilidade do clima no Planeta.

Para responsáveis governamentais de muitos países afectados por secas periódicas, a única forma de combater essa carência passa "por ir buscar" água ao mar. Mas, como reconhecem, a dessalinização de água do mar é, ainda, muito restrita, por causa dos altos custos operacionais e o consumo de energia.

A dessalinização, tanto de água salobra como de água do mar, constitui, em determinadas circunstâncias, uma solução para a escassez recorrente de recursos hídricos de algumas zonas como é o caso de países árabes, Espanha, ilhas Canárias, Baleares, Andaluzia e litoral mediterrânico ou, no caso de Portugal, da Ilha de Porto Santo no arquipélago da Madeira.

Com a aplicação dos mais recentes avanços tecnológicos – menor custo de investimento e de exploração – a osmose inversa impôs-se na dessalinização. Espanha iniciou a sua luta contra a seca através da osmose inversa de água do mar com a construção, a cargo da Degrémont, da instalação de dessalinização de Lanzarote, em 1983, tendo construído até aquela data, desde a década de 1970, várias instalações de osmose inversa de água salobra.

Do ponto de vista dos cientistas, a dessalinização é um desafio humano, tecnológico e económico de grande interesse devido à introdução do conceito de sustentabilidade: necessidade de reduzir o consumo energético das instalações, a emissão dos gases de efeito de estufa, a produção de electricidade para o funcionamento das instalações, o uso de reagentes e o impacto da descarga de salmouras com um elevado teor de sais na flora e fauna marinhas.

A solução para o problema poderia ser óbvia: aproveitar a abundância da água do mar para o uso comum por meio da dessalinização. Os oceanos cobrem mais de 70% da superfície da Terra e contêm 97% da água do planeta.

Mas, recentemente, graças às novas tecnologias, os custos foram reduzidos e fábricas de dessalinização estão a ser abertas pelo mundo fora.

Quatro quintos da capacidade mundial de dessalinização ainda são produzidos por processos de destilação em fábricas concentradas, na sua maioria, nos países do Golfo. A capital da Arábia Saudita, Riade, onde praticamente nunca chove e onde não existem rios nem lagos de superfície, responde sozinha por um décimo da produção mundial de água dessalinizada. Só uma dessalinizadora, instalada no leste da Península Arábica, abastece Riade com um bilião de litros por dia.

Nos típicos sistemas modernos de destilação, a água salgada é aquecida ao passar dentro de tubos no interior de uma câmara que contém sobras de vapor provenientes de uma fabrica de energia – uma espécie de radiador ao contrário. A água salgada quente entra então numa câmara despressurizada que reduz a temperatura na qual a água está fervendo. Então, esta "faz de tudo" para evaporar. Este princípio é chamado de eletrólise.

A segunda tecnologia de dessalinização, a da osmose inversa, ficou mais popular a partir dos anos 1970. Na sua essência, trata-se de um sistema de filtragem. A água bombeada é projectada por meio de uma forte pressão contra uma membrana que retém as moléculas maiores de sal e deixa passar as moléculas menores de água limpa. Contudo, os filtros são eficientes apenas em parte, e a água precisa ser pressurizada e passar pelos filtros várias vezes até conseguir ficar limpa.

Ambas as tecnologias requerem grandes quantidades de energia. Até recentemente, custavam milhares de euros para produzir um único metro cúbico (1.000 litros) de água sem sal - cerca de 100 vezes mais do que o custo do fornecimento convencional de água. Mas a fabricação de filtros melhores permitiu cortar os custos da produção de uma água potável aceitável. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • food_salad_pexels

    Food & Beverage

    Abr 27, 2018

    PARADIGMA ALIMENTAR INOVADOR

    A nova tendência de alimentação chegou para ficar. As taças coloridas, as flores comestíveis e plantas saudáveis são a escolha para este ano! 

  • Depositphotos_11561359_xl-2015

    Lifestyle & Travel

    Set 14, 2018

    Helsínquia

    A capital do país mais feliz do mundo, a Finlândia, é uma agradável surpresa que não quererá perder. Localizada na terra dos mil lagos, ilhas e da aurora boreal, Helsínquia é, actualmente, uma das cidades mais inovadoras e...

  • germans-ermics-salone-del-mobile-2017-milan-design-week-furniture-glass-chairs-_dezeen_hero-a

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    CORES TRIDIMENSIONAIS

    Para o designer letão Germans Ermičs, a importância da cor vai muito além do seu sentido decorativo. Um grande exemplo disso, são as suas peças de mobiliário translúcidas, formas perfeitas que se fundem no espaço.

    ...


  • 1

    Lifestyle & Travel

    Out 29, 2018

    AUBERGE CAFÉ DU SUD

    "Os tempos modernos tornaram populares o turismo de aventura em locais exóticos, mas no Sudeste de Marrocos há um pequeno oásis entre as dunas que fará as delícias até mesmo do turista mais ocioso e alheio a aventuras."

    ...

  • blank-sofa-by-hyung-suk-cho-o

    Home & Design

    Mai 1, 2017

    CASAS MODERNAS COM INSPIRAÇÃO TRADICIONAL

    Embora minimalista, consegue transmitir uma diversidade de sentimentos, dependendo de onde e como é usado. Assim é o mobiliário do jovem designer sul-coreano, Hyung Suk Cho que, inspirado pela pintura Sul-Coreana, combina o clássico...

  • A3JUNIOR-BE05-A

    Mecanica e Locomoção

    Abr 1, 2017

    INVACARE ACTION 3 JUNIOR - A CADEIRA DE RODAS QUE CRESCE COM AS CRIANÇAS

    Quando pensamos em crianças e jovens, surge-nos imediatamente uma imagem de liberdade, diversão e energia. Retirar isso a uma criança é triste, sobretudo, quando razões diversas a levam a usar cadeira de rodas. A pensar nisso,...


  • Yoga-foto

    Sport

    Set 1, 2016

    O YOGA E O LOCAL DE TRABALHO

    Considerado por muitos uma modalidade de elite, a práctica do Ioga tem-se revelado tão benéfica para a saúde física e mental que tem vindo a crescer não só a nível individual, mas também nos locais de trabalho, sendo considerado...

  • 540_mlk-new_800_600P

    Business & Industry

    Abr 1, 2016

    A Linha do Leite

    A ordenha é uma das fases mais importantes e sensíveis numa exploração leiteira. É fundamental garantir a saúde dos animais, ao evitar condições de stress, e optimizar a produção e a qualidade do leite.

    O conforto...

  • FFZERO1_016

    Technology

    Abr 1, 2016

    O Jogo Mudou

    Os recentes avanços em tecnologia de veículos eléctricos oferecem aos condutores uma experiência nova, nunca antes atingida em termos de manobrabilidade. A substituição dos tradicionais motores de combustão interna por motores...