Technology

Dez 1, 2017

ÁGUA "COTADA" EM BOLSA?

Actualmente há uma enorme certeza no Mundo: a água é um bem cada vez mais escasso. Quem o diz são diversos cientistas que concluem que a água não tardará a ser um bem tão ou mais precioso que o petróleo. Por este andar, não faltará muito para termos em Wall Street a água como rainha das cotações bolsistas.

<

Por HANS GRUBER

A desertificação de muitas regiões por causas naturais, em muitos casos devido à intervenção humana, tem-se vindo a alargar de forma alarmante. Cada vez chove menos e quando chove é em torrentes, de forma que destrói mais do que melhora. O El Niño não explica tudo mas dá uma grande contribuição para a instabilidade do clima no Planeta.

Para responsáveis governamentais de muitos países afectados por secas periódicas, a única forma de combater essa carência passa "por ir buscar" água ao mar. Mas, como reconhecem, a dessalinização de água do mar é, ainda, muito restrita, por causa dos altos custos operacionais e o consumo de energia.

A dessalinização, tanto de água salobra como de água do mar, constitui, em determinadas circunstâncias, uma solução para a escassez recorrente de recursos hídricos de algumas zonas como é o caso de países árabes, Espanha, ilhas Canárias, Baleares, Andaluzia e litoral mediterrânico ou, no caso de Portugal, da Ilha de Porto Santo no arquipélago da Madeira.

Com a aplicação dos mais recentes avanços tecnológicos – menor custo de investimento e de exploração – a osmose inversa impôs-se na dessalinização. Espanha iniciou a sua luta contra a seca através da osmose inversa de água do mar com a construção, a cargo da Degrémont, da instalação de dessalinização de Lanzarote, em 1983, tendo construído até aquela data, desde a década de 1970, várias instalações de osmose inversa de água salobra.

Do ponto de vista dos cientistas, a dessalinização é um desafio humano, tecnológico e económico de grande interesse devido à introdução do conceito de sustentabilidade: necessidade de reduzir o consumo energético das instalações, a emissão dos gases de efeito de estufa, a produção de electricidade para o funcionamento das instalações, o uso de reagentes e o impacto da descarga de salmouras com um elevado teor de sais na flora e fauna marinhas.

A solução para o problema poderia ser óbvia: aproveitar a abundância da água do mar para o uso comum por meio da dessalinização. Os oceanos cobrem mais de 70% da superfície da Terra e contêm 97% da água do planeta.

Mas, recentemente, graças às novas tecnologias, os custos foram reduzidos e fábricas de dessalinização estão a ser abertas pelo mundo fora.

Quatro quintos da capacidade mundial de dessalinização ainda são produzidos por processos de destilação em fábricas concentradas, na sua maioria, nos países do Golfo. A capital da Arábia Saudita, Riade, onde praticamente nunca chove e onde não existem rios nem lagos de superfície, responde sozinha por um décimo da produção mundial de água dessalinizada. Só uma dessalinizadora, instalada no leste da Península Arábica, abastece Riade com um bilião de litros por dia.

Nos típicos sistemas modernos de destilação, a água salgada é aquecida ao passar dentro de tubos no interior de uma câmara que contém sobras de vapor provenientes de uma fabrica de energia – uma espécie de radiador ao contrário. A água salgada quente entra então numa câmara despressurizada que reduz a temperatura na qual a água está fervendo. Então, esta "faz de tudo" para evaporar. Este princípio é chamado de eletrólise.

A segunda tecnologia de dessalinização, a da osmose inversa, ficou mais popular a partir dos anos 1970. Na sua essência, trata-se de um sistema de filtragem. A água bombeada é projectada por meio de uma forte pressão contra uma membrana que retém as moléculas maiores de sal e deixa passar as moléculas menores de água limpa. Contudo, os filtros são eficientes apenas em parte, e a água precisa ser pressurizada e passar pelos filtros várias vezes até conseguir ficar limpa.

Ambas as tecnologias requerem grandes quantidades de energia. Até recentemente, custavam milhares de euros para produzir um único metro cúbico (1.000 litros) de água sem sal - cerca de 100 vezes mais do que o custo do fornecimento convencional de água. Mas a fabricação de filtros melhores permitiu cortar os custos da produção de uma água potável aceitável. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Hotel-deserto-Marrocos

    Lifestyle & Travel

    Jun 26, 2018

    UM CHÁ NO DESERTO, QUERIDA?

    Os tempos modernos tornaram populares o turismo de aventura em locais exóticos, mas no Sudeste de Marrocos há um pequeno oásis entre as dunas que fará as delícias até mesmo do turista mais ocioso e alheio a aventuras

    ...

  • Vinhas02

    Business & Industry

    Mar 31, 2018

    NÉCTARES DA "ILHA DAS MAÇÃS"

    O Estado australiano da Tasmânia tornou-se conhecido graças às suas maçãs, tanto que acabou por ser alcunhado de "ilha das maçãs" dada a predominância dos seus pomares

  • Diane-Van-Furstenberg-10099DVFSVABB_A1

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2017

    O MUNDO EM COLLANTS

    Lisos, com laços, bolas ou em renda, rasgados, de rede, brilhantes, opacos ou transparentes, com ou sem ligas, de descanso, push up ou especiais para grávidas, os collants são hoje uma peça de vestuário indispensável, que...


  • the-cicret-bracelet-a-bracelet-t

    Technology

    Mai 1, 2017

    UM SMARTPHONE À FLOR DA PELE

    Ver emails ou assistir a um filme são gestos cada vez mais fáceis de executar. Que dependam de um simples toque na pele é que custa a acreditar. Tal é possível com a "Cicret", uma pulseira inteligente que transmite o visor do...

  • 2013_Tokyo_Motor_Show_Toyota_iRoad_002

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    ADN DIVERTIDO

    O que acontece quando um Prius se apaixona por uma Yamaha? Resulta num Toyota i-Road. Pode parecer uma piada, mas a sensação que este veículo provoca não é piada nenhuma.

  • pele

    Helthcare & Wellness

    Mai 16, 2018

    Envelhecendo graciosamente: Aperte sua pele com segurança e eficácia

    A proteção solar é a coisa mais importante que você pode fazer em qualquer idade para manter a pele saudável


  • Dressed in Ambition

    Luxury & Fashion

    Fev 29, 2016

    De Ambição Vestida

    Ser mulher no século XXI não é o mesmo que era antes. Como se veste uma mulher bem-sucedida nos dias de hoje? Já não temos as leis que lhes medem as saias ou os ideais que as impediam de terem emprego. Hoje, uma mulher de sucesso...

  • Wasabi Roots after picking

    Food & Beverage

    Out 1, 2015

    Raízes NIpónicas

    A Real Wasabi, LLC é um pioneiro produtor de Wasabi, bem como importador e fabricante de derivados, todos a partir da autêntica Wasabia Japonica. A empresa foi fundada por Doug Lambrecht e Brooks Quinn. O Wasabi é um condimento nutritivo,...

  • Luxury & Fashion

    Mar 1, 2015

    Go For the Extremes

    Vostok Europe is a Lithuanian brand of watches which was established in 2003, and debuted its first line of timepieces in 2004. Aimed at the Western European market, these watches are assembled by the KoLiz-Vostok company of Vilnius.

    ...