Home & Design

Ago 1, 2017

CORES TRIDIMENSIONAIS

Para o designer letão Germans Ermičs, a importância da cor vai muito além do seu sentido decorativo. Um grande exemplo disso, são as suas peças de mobiliário translúcidas, formas perfeitas que se fundem no espaço.

<

Nascido em 1985, em Riga, capital da Letónia, Ermičs progrediu em vários campos, antes de estabelecer o seu estúdio homónimo em Amesterdão, Holanda, em 2014. Designer gráfico autodidata desde os tempos de colégio, trabalhava em Copenhaga, na Dinamarca, em 2006, quando cofundou a revista sobre cultura e música "Veto", como diretor de arte.

Em 2007, insatisfeito, com as limitações de trabalhar o plano bidimensional de página e ecrã, matriculou-se na conceituada escola holandesa Design Academy Eindhoven, inscrito no departamento de "Homem e Vida", que trabalha em mobiliário, interiores e experimentação com material como suas principais áreas de estudo.

Em 2010, ainda enquanto estudante, entrou para o estúdio parisiense do designer austríaco Robert Stadler. Depois de acabada a sua formação, passou dois anos a trabalhar uma variedade de interiores e projectos de arte gráfica para empresas internacionais.

Ermičs é fascinado pelas formas das pessoas interagirem com os ambientes e como o projecto pode afetar essas interacções. Frequentemente inspira-se na sua formação de design gráfico para adicionar uma nova abordagem aos projectos de objetos e móveis, muitas vezes, jogando com as percepções de espaço.

Desde a escola, o designer concentrou-se principalmente em experimentações com vidro e suas qualidades cromáticas. De acordo com Ermičs: "o vidro é amplamente utilizado em arquitetura, interiores e design de mobiliário, muitas vezes é visto como frio, liso e desvalido. Eu quero desafiar essa percepção. O meu objetivo é conseguir a suavidade e a profundidade e adicionar detalhes subtis ao material."

Intitulado "Shaping Colour" (modelar a cor, em português), o mobiliário em vidro inclui um espelho púrpura, uma prateleira azul, uma mesa de apoio verde e uma mesa de consola amarela, cada uma com degradé da cor.

"A cor oferece diferentes significados ao objecto modelando-o. Em vez de acabar o objecto apenas com uma pintura, comecei pela cor, questionando como seria se esticasse, torcesse ou dobrasse a cor como se tivesse uma forma tridimensional", explica o artista.

O recurso ao realce das cores, na intersecção dos painéis de vidro, desvanece-se gradualmente para ir limpando até atingir as margens externas. O vidro é curvado de forma a acentuar a ideia de movimento dentro da mobília.

Para criar este efeito, Ermičs imprimiu cor sobre um filme transparente que depois é ensanduichado entre dois painéis de vidro e colados através do uso de calor.

O espelho é composto por duas partes que se unem para formar uma pequena prateleira, que tem a cor mais forte. A fina prateleira azul tem uma base semelhante fora do centro, onde a cor é mais escura.

A mesa de apoio apresenta uma maior concentração da cor verde no canto, onde três painéis de vidro se unem, enquanto a mesa de consola amarela tem uma tonalidade mais espalhada.

Foram usados diferentes tipos de vidro para criar diferentes acabamentos para cada peça de mobiliário. O espelho emparelha um painel de vidro fosco com vidro transparente, enquanto a prateleira usa um painel de vidro fosco com vidro espelhado. A mesa de apoio é composta por vidro liso, e a consola é em vidro fosco.

A colecção Ombré

A cadeira de vidro colorido é baseada num assento desenhado por Shiro Kuramata nos anos 1970. As cadeiras Ombré são montadas em painéis de vidro, unidos sem recurso a parafusos ou quaisquer outras fixações visíveis.

As cadeiras de vidro do japonês Shiro Kuramata de 1976, eram unidas com o recurso a cola para dar a aparência de estar a flutuar no ar.

Kuramata decidiu criar este mobiliário depois de ver o filme de Stanley Kubrick "2001: Odisseia no Espaço", e tendo achado desapontantes os cenários do filme – baseados em mobiliário já existente, em vez de desenhos novos. "Quase invisíveis, estes painéis, sem suportes visíveis, flutuam no ar", disse o designer.

A colecção Ombré completa-se com um par de painéis de vidro curvos. Uma versão mais alta é composta por um contraste de degradés rosa, laranja, azul e verde, enquanto o ecrã mais pequeno apresenta-se num rosa pastel que transita para laranja.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Depositphotos_96954074_xl-2015

    Lifestyle & Travel

    Mar 1, 2017

    SALZBURGO - PARA LÁ DE MOZART

    Salzburgo, cujo nome significa literalmente "fortaleza de sal", foi refundada no século VIII por São Ruperto de Salzburgo, é a actual capital do Estado de Salzburgo e a quarta maior cidade da Áustria.

  • 14279036_127247534397015_777594915_n

    Helthcare & Wellness

    Abr 1, 2017

    UMA LUVA QUE DEVOLVE A FORÇA À MÃO

    Depois de ter chegado à final do "Microsoft Imagine Cup", com o protótipo de uma luva que devolve a força à mão e que permite levantar objectos até 40 quilos, a NUADA, é uma das startups do momento.

  • Depositphotos_87744168_xl-2015

    Business & Industry

    Mai 26, 2018

    SOCIEDADE "CASHLESS"

    Embora sob formas e suportes diferentes, o dinheiro está na história do ser humano há mais de 3000 anos. Uma realidade incontornável para uma sociedade de consumo que vemos 'acelerar' a cada dia que passa


  • AdobeStock_112601508

    Research & Education

    Jun 1, 2017

    Ciclovias que brilham

    Até há relativamente pouco tempo os materiais que brilham no escuro não tinham funções que fossem muito além do prazer decorativo. Mas a luminescência foi conquistando aplicações mais utilitárias e hoje, literalmente, está...

  • _slc114_33093997

    Food & Beverage

    Abr 1, 2017

    PREPPER - REFEIÇÕES PARA O FIM DO MUNDO

    Graças ao popular programa do National Geographic Channel, "Preparados Para o Fim do Mundo", o fenómeno dos sobrevivencialistas passou de um mercado de nicho norte-americano centrado quase exclusivamente nos Estados Unidos da América...

  • C86tlqkWAAEasub

    Science & Nature

    Jul 1, 2017

    E O HOMEM CRIOU A APP

    Quem se lembra do filme Minority Report, de 2002, em que Tom Cruise ia passando a mão e os dedos num écran com informação para a organizar, ampliar ou descartar, percebe que entre aquele futuro e a realidade, o tempo foi muito...


  • 1

    Technology

    Jun 1, 2015

    Future tech

    Remotely operated control towers

    It's a fact that small airports don't have many flights, because they don't have a adequate control tower system, and they don't have a adequate tower because these facilities don't have many flights.

    Well,...

  • 1

    Food & Beverage

    Dez 31, 2015

    Ao Longo das Vinhas

    E assim chegamos ao Chile. O longo e estreito Chile, mas sempre maravilhoso. Este país, que mede uns espantosos 4300 km "de ponta a ponta", mas apenas 175 km de largura, tem o deserto mais seco da Terra a Norte, e campos glaciares gelados...

  • Culture & Art

    Abr 1, 2015

    The Forgotten Instrument

    Russian physicist and inventor Lev Termen created the Theremin, the first electronic musical instrument in history. Unknown to many people, its unique sound is embedded in the world's pop-culture.