Luxury & Fashion

Out 1, 2015

O suave toque da Seda

Originalmente fundado como Shakshambana Silks em 1984, a companhia foi renomeada Mulberry Silks Ltd em 2002. Começou como uma operação de três pessoas, mas hoje, a Mulberry emprega cerca de 400 pessoas, e tem negócios em mais de 30 países. Para além disso, serve mais de 50 marcas de decoração de interiores por todo o mundo.

A filosofia da marca baseia-se no princípio de se manter em contacto com os desejos e as necessidades dos clientes, e cumpri-los conforme vão surgindo. Esta satisfação é o principal objectivo da marca e segundo os próprios, não há limites para o que se propõem a fazer.

Responsabilidade social

A marca leva em consideração a vida dos funcionários e, como tal, fornecem seguro médico e fundo de previdência dos funcionários, e bónus e incentivos de desempenho. Para os empregados, há um fundo de emergência para cuidar de exigências inesperadas, um programa de educação gratuito para crianças até qualquer escolaridade, programas de treino no exterior para pessoal de design e produção, planeamento de carreira ligada à avaliação e um programa de assistência financeira.

Foi-lhes atribuído o prestigioso prémio Indian Silk Promotion Council Award – Conselho
para a Promoção da Seda Indiana – consecutivamente durante 10 anos, e são também reconhecidos como casa exportadora pelo Governo Indiano. A Mulberry não perdeu um único cliente nos últimos 20 anos.

Design

A filosofia de design da marca afirma que os melhores designs são os mais simples, aqueles que são mais facilmente entendidos e com os quais é fácil identificar-nos. Assim, desenvolveram recentemente programas com designers de renome, maioritariamente da União Europeia e dos EUA, com muito bons resultados, colaborando também com institutos de design na Índia e no estrangeiro, para colocação de estudantes em estágios.

Produção

Hoje, a Mulberry possui instalações de 1000m2 na sede da empresa, e colabora actualmente com dois designers principais - um da Alemanha e outro da França – ao mesmo tempo que se junta regularmente com um estúdio líder nos EUA e estúdios por toda a Europa para colaboração em projectos. Com instalações para torção e tingimento de 350t, 40 teares, 16 teares de pinças e
9 máquinas de bordar do Japão recentemente adquiridas, a marca está actualmente a trabalhar em conjunto com parceiros japoneses para expandir a dimensão da actual tecnologia de bordados. Têm também 10 molduras de bordados artesanais manuseados por aproximadamente 200 artesãos.

As fontes dos fios de seda são a China e o Brasil. Para as misturas, a lã é da Austrália e o linho da Bélgica. O fio de seda é apenas de categoria 5A e superior, e todos os fios são testados pelo Central Silk Board of India em estrita conformidade com rigorosos padrões internacionais. Enquanto o limite padrão de qualidade internacional de tecidos é de 6 defeitos por 50 jardas, o padrão interno de Mulberry é de 5 defeitos por 50 jardas. Mantêm registo de todos os defeitos e detalhes de lote para facilitar a rastreabilidade e verificar manualmente cada polegada do tecido. A embalagem é ecológica e o pouco plástico que é utilizado é reutilizável, cumprindo com o padrão americano e europeu de embalagens.

A história da Seda

No século III A.C., os tecidos de seda chineses estavam a começar a espalhar-se por toda a Ásia, transportadas por terra para o Ocidente, e por mar para o Japão, por longos itinerários, conhecidos como Rotas das Sedas. Foi na Ásia que os Romanos descobriram estes tecidos maravilhosos, mas sobre cuja origem nada sabiam

Em 552 D.C., o Imperador Justino enviou dois monges numa missão à Ásia, e voltaram para Bizâncio com ovos de bicho-da-seda escondidos dentro dos cajados de bambu. Daí, a sericultura espalhou-se pela Ásia Menor e pela Grécia.

A importância da sericultura e da indústria da Seda na Índia vem pelo menos do século II A.C.. De acordo com os historiadores, a seda crua era exportada durante o reino de Kanishka em 58 A.C.. Durante os séculos XVIII, XIX e princípios do século XX, a sericultura floresceu nos estados de Bengala, Mysore e Caxemira. A Índia é o único país no mundo que cultiva todas as variedades comercialmente úteis da seda.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 1.-FIFAs-World-Cup-Opens-The-Door

    Business & Industry

    Fev 1, 2018

    MUNDIAL DA FIFA ABRE PORTAS

    Curiosamente, para a realização dos dois últimos Campeonatos do Mundo de Futebol (2010 e 2014) e o que se realiza este ano, a FIFA escolheu pela primeira vez 3 países classificados como BRICS: África do Sul em 2010, o Brasil...

  • LG-rollable-OLED-display-flexible-rollable

    Technology

    Jun 1, 2017

    O SUPERMATERIAL

    Pode parecer incrível e surreal, mas os primeiros estudos deste novo material datam de 1947. O termo para definir o material é descrito pela primeira vez em 1962. A teoria de que esta substância poderia ser um condutor eléctrico...

  • filigree - the art of working metals (gold, silver, bronze), one of the most traditional Portuguese arts.

    Luxury & Fashion

    Fev 29, 2016

    Um Dia Havemos de ir a Viana

    País de seculares tradições na arte da joalharia, Portugal tem uma valiosa herança de jóias e de metais preciosos de beleza intemporal provenientes da época dos Descobrimentos, particularmente do Oriente, no séc. XV e do Brasil,...


  • 2014-10-20 14.14.49

    Home & Design

    Mai 1, 2017

    JARDINS DO FUTURO

    Se gosta de verde, prepare o coração, pois os jardins do futuro são de tirar o fôlego e vão estar por toda a parte. Do cantinho na varanda, à cozinha, sala de estar, área de serviço, quintal e, sobretudo, nas cidades e nos...

  • AdobeStock_112601508

    Research & Education

    Jun 1, 2017

    Ciclovias que brilham

    Até há relativamente pouco tempo os materiais que brilham no escuro não tinham funções que fossem muito além do prazer decorativo. Mas a luminescência foi conquistando aplicações mais utilitárias e hoje, literalmente, está...

  • 4897642457_ef0740e0eb_b

    Home & Design

    Mai 1, 2017

    NATURALMENTE INDUSTRIAL

    A vida não é fácil para os arquitectos e designers de interiores que gostam de usar materiais naturais na cobertura de grandes superfícies. Muitas vezes, a escolha certa, é o pior pesadelo quando procuram um fornecedor fiável...


  • Home & Design

    Mar 1, 2015

    Brilliant Ideas

    Since 1830, Christofle has mastered the art of working with silver, rendering that sublime and special material. Shiny without ostentation, intelligent without pretense, and versatile yet sincere. The silversmith's know-how concentrated...

  • img_0065

    Food & Beverage

    Mai 1, 2016

    DELICIOSA COMBINAÇÃO

    Seguramente que já ouviu falar de kefir. Biologicamente, kefir é um probiótico que se reproduz através da fermentação com leite. Explicado de forma simples, trata-se de uma colónia de micro-organismos vivos com o aspecto de...

  • Power Banks

    Technology

    Out 1, 2016

    SEMPRE DISPONÍVEL COM UM POWERBANK

    Nos últimos 25 anos, os telemóveis assumiram um papel de tal forma importante nas nossas vidas que, hoje, existe a necessidade de usá-los a toda a hora. Isto levou ao desenvolvimento de um dispositivo fundamental para satisfazer...