Food & Beverage

Fev 29, 2016

A Especiaria de Luxo

A canela é usada desde tempos remotos, os Egípcios já a usavam em 2000 a.C. como agente perfumante durante o processo de embalsamamento. No entanto, a canela foi levada para a Europa por mercadores árabes, através de conspicuosas rotas terrestres, que carregavam quantidades limitadas e muito caras. A origem desta especiaria foi mantida em segredo até ao século XVI, através de histórias impressionantes e inacreditáveis acerca de como tinha sido adquirida, e assim manter o monopólio e o preço deste bem de luxo.

<

Foi em 1518 que comerciantes portugueses descobriram canela no Ceilão, actual Sri-Lanka, e assumiram o controlo do comércio de canela durante cerca de um século. Em 1638, o reino cingalês de Kandy e o exército holandês aliaram-se e derrubaram os ocupantes portugueses. Os holandeses mantiveram, no entanto, o Reino como pagamento pelos serviços militares. O monopólio da canela estava agora nas suas mãos, e assim continuou durante os 150 anos seguintes.

Em 1800, a canela já não era uma comodidade tão rara e dispendiosa, uma vez que o seu cultivo tinha chegado a outras partes do mundo, e outras iguarias como o chocolate e a cassia começaram a ganhar popularidade.

Cassia Co-op

A Cassia Co-op é a primeira empresa de processamento e exportação a estabelecer-se no coração das plantações de canela. Cerca de 85% da canela nos actuais mercados mundiais é originária da Indonésia, e a maior parte cresce numa só área, no centro da ilha de Sumatra, chamada Kerinci. Aqui está a maior plantação de cassias do mundo, conhecida pela alta qualidade das suas matérias-primas. O Monte Kerinci é o vulcão mais alto da Indonésia, e o pico mais alto da ilha de Sumatra, rodeado por árvores de canela e a viçosa floresta do Parque Nacional Kerinci Seblat, o maior habitat da espécie ameaçada Tigre de Sumatra. Os solos férteis das encostas dos altos vales de Kerinci são adequados para as árvores de canela, uma vez que estas crescem melhor entre 800 e 1500 metros de altitude.

Um dos objectivos da Cassia Co-op é exportar canela e derivados, e óleo de patchouli a partir da Indonésia, retirando os intermediários da cadeia de comércio, e ligar directamente o produtor ao consumidor e vice-versa, para assim criar transparência e interdependência. Para além disso, esforçam-se para criar uma cadeia de comércio justa e eficiente, que tenha simultaneamenteu impacto sustentável positivo em Sumatra.

Capacitar os Produtores

O Centro de Treinos da Cassia Co-op é um lugar onde os produtores podem aprender sobre agricultura sustentável, controlo de qualidade, certificações, produtos consumíveis e mercados internacionais.

Através deste Centro de Treino, a empresa trouxe aos agricultores um nível sem precedente de treino e transparência. Em troca de apoio na sustentabilidade e programa de rastreio, cada agricultor tem direito a preços especiais e recebe bónus pelas matérias-primas.

Foi implementado um Sistema de Controlo Interno (Internal Control System - ICS) robusto que deu à Rainforest Alliance a primeira certificação para canela. O programa beneficia os agricultores, a empresa e o ambiente local. Cada lote é cuidadosamente mapeado, através de GPS e auditado para assegurar que não se sobrepõe ao Parque Nacional de Kerinci.

Canela

Há centenas de variedades de canela, mas apenas quatro são usadas comercialmente: Canela do Ceilão, Canela Cassia, Canela de Saigão e Canela Korintje da Indonésia.

Esta última tem um sabor mais forte do que a Canela do Ceilão, que apresenta um travo amargo e intenso e é frequentemente chamada canela "normal". A Cassia é da espécie cinnamomum burmannii blum, o termo botânico é "cassia vera", localmente é conhecida como "kayu manis" (em indonésio), "madeira Doce" (em português). A Cassia, ou canela, é a casca da árvore.

Pós e Paus

Os produtos da Cassia Co-op incluem pós de canela do tipo padrão, (moagem 60), cortada e limpa (moagem 06), e corte para chá (moagem 18), que preenchem a maior parte das requisições, bem como paus de canela em tamanhos que vão de 6 cm até 7 cm, 8 cm, 12 cm e/ou 25 cm.

Óleo Essencial

Como parte da sua abordagem sustentável, a Cassia Co-op tenciona usar 100% da árvore cassia, pelo que começou a incluir no catálogo óleos essenciais de canela. O óleo pode ser extraído da casca, mas também da folha da caneleira. Ao produzir óleo em Kerinci, a Cassia Co-op consegue também acesso à madeira abundante derivada da colheita da cassia. Esta fonte de energia renovável e biológica vai de encontro à visão da Cassia Co-op. de usar a totalidade da árvore.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Depositphotos_4906403_xl-2015

    Business & Industry

    Dez 1, 2017

    UM NOVO PASSO PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO

    Angola é o 3º país do mundo que maior apoio financeiro tem recebido da China. A reconstrução e desenvolvimento de Angola a partir de 2003 beneficiou desse apoio, especialmente para a construção de novas infraestruturas e novas...

  • 1.-FIFAs-World-Cup-Opens-The-Door

    Business & Industry

    Fev 1, 2018

    MUNDIAL DA FIFA ABRE PORTAS

    Curiosamente, para a realização dos dois últimos Campeonatos do Mundo de Futebol (2010 e 2014) e o que se realiza este ano, a FIFA escolheu pela primeira vez 3 países classificados como BRICS: África do Sul em 2010, o Brasil...

  • dubrovnik_croatia-1_inpixbay

    Lifestyle & Travel

    Jun 28, 2018

    UM TESOURO BEM ESCONDIDO

    A Croácia é um país secular com uma rica história arquitetónica preservada até aos dias de hoje. Com paisagens de cortar a respiração, encanta pelo verde da natureza e o azul marinho que contrastam com os velhos monumentos. Vamos...


  • 2_10_17acapulco3

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2017

    ADIDAS ACAPULCO - WALK THIS WAY

    Quem se lembra de Run DMC? E de Stan Smith? E quem não conhece a Adidas? O que têm em comum a famosa marca das três faixas e os nomes acima mencionados? Os gloriosos anos 80.

  • mindfullness1

    Lifestyle & Travel

    Set 17, 2018

    Mindfullness

    Uma mantra de vida

    "Viver aqui e agora" é esta a regra do mindfulness. Oriundo da doutrina budista, o mindfulness é uma técnica que pratica a atenção plena e a conexão entre o corpo e a mente consigo, com os...

  • Depositphotos_96954074_xl-2015

    Lifestyle & Travel

    Mar 1, 2017

    SALZBURGO - PARA LÁ DE MOZART

    Salzburgo, cujo nome significa literalmente "fortaleza de sal", foi refundada no século VIII por São Ruperto de Salzburgo, é a actual capital do Estado de Salzburgo e a quarta maior cidade da Áustria.


  • From Sedan Chairs To Automobiles

    Business & Industry

    Nov 30, 2015

    De Liteiras a Automóveis

    A Saint-Gobain já está no negócio dos vidros há muito tempo. Há tanto tempo, aliás, que o primeiro veículo equipado pela empresa foi a liteira do arquitecto de Luís XIV de França, Jules Hardouin Mansart, em 1699.

  • Technology

    Out 1, 2015

    Tecnologias de Futuro - Preparar. Apontar. Disparar

    Todos os dias mais e mais pessoas usam os seus smartphones para... Bem, para tudo. Um dos primeiros usos dos modernos telefones - além de fazerem chamadas e gerir mensages de texto e emails - tem...

  • Business & Industry

    Out 1, 2015

    Marcas Globais para Necessidades Globais

    Henkel é um nome conhecido em todo o mundo. A companhia tornou-se reconhecida pelos seus produtos de limpeza para a casa e indústria, mas cresceu durante mais de um século até se tornar um fornecedor global e líder de marcas e tecnologias.

    ...