Lifestyle & Travel

Mar 1, 2017

TRANS-CANADIANO - O GRANDE TRILHO QUE UNE O CANADÁ

Iniciado em 1992, o Trilha Trans-Canadiano tem como propósito unir os extremos do Canadá desde o oceano Atlântico ao Pacífico e ao Ártico, e estás prestes a ser concluído este Outono, precisamente no ano do 150º aniversário da fundação do país, num trajecto que totaliza 24.000 quilómetros.

<

Com um custo estimado em 75 milhões de dólares, foram necessários 25 anos de trabalho árduo para completar este ambicioso projeto. O trilho une pela primeira vez os trilhos urbanos às estradas rurais menos utilizadas, aos ribeiros e aos trilhos que cruzam as montanhas e as florestas canadianas, unindo cerca de 15.000 comunidades dispersas por todo o território e com app própria para facilitar a vida aos utentes.

A Fundação do Trilho Trans-Canadiano confirma que já se encontram completados e em utilização mais de 20.000 quilómetros do trajecto e que os restantes 4.000 quilómetros serão completados até Outono do corrente ano, realçando como principal atractivo o facto de qualquer uma das parcelas do trilho se encontrar a meros 30 minutos de distância dos lares de quatro em cada cinco canadianos.

A construção do trilho iniciou-se aquando do 125º aniversário da fundação do Canadá com cinco objectivos muito claros: deixar um legado nacional às futuras gerações; inspirar actividades saudáveis entre a população; preservar os amplos espaços verdes da nação; educar e criar uma maior sensibilidade para com a História, a cultura e o legado natural do Canadá e desenvolver a economia por via da estimulação do turismo, sendo o trilho uma diferenciação que irá atrair turistas de todo o mundo, criando novas oportunidades de investimento e criação de emprego.

O trilho surge de um esforço conjunto entre entidades privadas e públicas, sendo que a manutenção de cada secção do trilho se encontra a cargo de uma autarquia, de um município, de entidades governamentais de âmbito nacional ou até de empresas e associações privadas. Embora o governo canadiano tenha financiado uma boa parte do trilho (35 milhões de dólares), muitas empresas e fundações privadas contribuíram também a fundo perdido para a sua construção. Fora isto, a Fundação leva a cabo várias campanhas de donativos para que os cidadãos possam contribuir, sendo que, como incentivo extra, o governo já se comprometeu a financiar 50 cêntimos por cada dólar que for angariado. Ou seja, se uma campanha de donativos reunir 50.000 dólares, o governo doará mais 25.000 dólares e assim sucessivamente até à concretização da obra.

A construção demorou 25 anos devido, em grande parte, aos novos trilhos que foi necessário criar de raiz em zonas despovoadas e com terrenos bastante íngremes, ainda em estado selvagem. Os trilhos já existentes foram recuperados e ampliados, encontrando-se a maior extensão deste no Estado do Ontário. Note-se que é possível optar por várias secções do trilho de acordo com o nosso gosto pelas actividades ao ar livre, pois se a maior parte dele é ideal para corridas, caminhadas, prática de ski, equitação e passeios de bicicleta, já 26% do trilho terá que ser percorrido em barcos a remos. Os primeiros territórios a serem anexados pelo trilho foram os de Labrador e Terra Nova, por se encontrarem mais próximos de St. John's, o Quilómetro Zero.

Em 2016 foi lançada uma nova campanha de marketing que rebaptizou a iniciativa como O Grande Trilho, realçando que o mesmo foi "construído pelo Canadá" e realçando que "não importa a sua idade, as suas crenças ou as suas paixões, há uma ligação que nos une a todos (…) o Canadá é lar do maior trilho do mundo. O nosso épico trilho-dos-trilhos foi criado por milhares de sonhadores, optimistas, voluntários, amigos e parceiros que partilham o mesmo objectivo ambicioso de unir o nosso país. Embora o Canadá seja tão diverso como vasto, todos podemos encontrar algo em comum no trilho."

Uma boa parte do trilho foi possível graças ao reaproveitamento das antigas e históricas linhas de comboio que se encontravam ao abandono, pois com o passar do tempo, a migração do campo para as cidades e a generalização da utilização de automóveis, acabaram por se tornar insustentáveis e ganharam assim uma nova vida.


Contactos: www.thegreattrail.ca * info@tctrail.ca * Tel: +1800 465 3636 * Trans Canada Trail, 300-321 de la Commune W, Montreal, Quebec H2Y 2E1, Canada

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • ApisCor_febr_03

    Technology

    Mai 1, 2017

    Como se fosse magia

    Pare uma expressão figurativa: "casas crescem como cogumelos", mas em breve será literal. EM Fevereiro de 2017, na Rússia, surgiu a primeira casa com 38 m2 de área. A casa cresceu em 24 horas na cidade de Stupino, na região de...

  • cientista2

    Research & Education

    Set 21, 2018

    LUTA CONTRA O CANCRO

    Cientistas portugueses na Vanguarda

    São portugueses, estudam o cancro e tentam encontrar a cura para este 'bicho'. Trazem novas teorias e formas de olhar a ciência, contribuindo de forma significativa para o mundo. 


    ...

  • 91mRraW8AAL._SL1500_

    Helthcare & Wellness

    Abr 1, 2017

    ALÍVIO DAS ALERGIAS

    Abril significa Primavera, tempo bom, belos passeios pela praia ou pelo campo, flores e alergias. Para os que sofrem deste problema todos os anos, Primavera significa nariz congestionado, espirros, olhos vermelhos e até febres.

    ...


  • Sem-Título-1

    Business & Industry

    Abr 1, 2017

    ABAT TM - NOS BASTIDORES DA COZINHA

    Todos gostamos de ir a um restaurante para experimentar pratos difíceis ou impossíveis de cozinhar em casa. Mas haverá muita gente a questionar-se qual o segredo da sua confecção? Ingredientes frescos não são o problema, no...

  • 0-1352400373-expo_spon_01

    Business & Industry

    Ago 1, 2017

    DEBATER O FUTURO DA ENERGIA

    É um dos maiores eventos do mundo e não acontece todos os anos. Essa é uma das razões porque são tão importantes. Mas há outra: os vastos debates que cada uma destas feiras mundiais (conhecidas como "Expos") trazem à luz e...

  • dot-watch-8-1

    Technology

    Abr 1, 2017

    DOT WATCH - SENTIR AS HORAS

    Para quem está a ler, neste momento, esta revista, este é um exercício normal que, aparentemente, não exige nenhum esforço especial, para além de manter os olhos abertos e descodificar graficamente letras agregando-as em palavras.

    ...


  • 1

    Luxury & Fashion

    Jul 1, 2015

    Golden Sea of Amber

    Amber, the Gold of the North. It is the fossilized resin of pre-historic trees. These segregated the resin, the resin hardened, becoming more resistant, and when the Baltic Sea formed, it took them for a ride. Today they still wash up...

  • Technology

    Jun 1, 2015

    Warmth and comfort

    Ah, wood. So natural, beautiful, and so good looking on your garden porch. Wouldn't it be nice if you could floor your home, or get your walls cladded with specialized thermo-enhanced wood from Finland? If so, then your choice could...

  • 1. Roku-The-New-Generation

    Technology

    Nov 1, 2017

    A NOVA GERAÇÃO

    Desde 2008 que a Roku tem vindo a produzir boxes destinadas ao visionamento de conteúdos virtuais dado o crescimento, acessibilidade e popularidade de canais de televisão digitais como os Netflix, Acorn, Mubi, Crackle,...