Lifestyle & Travel

Mar 1, 2017

TRANS-CANADIANO - O GRANDE TRILHO QUE UNE O CANADÁ

Iniciado em 1992, o Trilha Trans-Canadiano tem como propósito unir os extremos do Canadá desde o oceano Atlântico ao Pacífico e ao Ártico, e estás prestes a ser concluído este Outono, precisamente no ano do 150º aniversário da fundação do país, num trajecto que totaliza 24.000 quilómetros.

<

Com um custo estimado em 75 milhões de dólares, foram necessários 25 anos de trabalho árduo para completar este ambicioso projeto. O trilho une pela primeira vez os trilhos urbanos às estradas rurais menos utilizadas, aos ribeiros e aos trilhos que cruzam as montanhas e as florestas canadianas, unindo cerca de 15.000 comunidades dispersas por todo o território e com app própria para facilitar a vida aos utentes.

A Fundação do Trilho Trans-Canadiano confirma que já se encontram completados e em utilização mais de 20.000 quilómetros do trajecto e que os restantes 4.000 quilómetros serão completados até Outono do corrente ano, realçando como principal atractivo o facto de qualquer uma das parcelas do trilho se encontrar a meros 30 minutos de distância dos lares de quatro em cada cinco canadianos.

A construção do trilho iniciou-se aquando do 125º aniversário da fundação do Canadá com cinco objectivos muito claros: deixar um legado nacional às futuras gerações; inspirar actividades saudáveis entre a população; preservar os amplos espaços verdes da nação; educar e criar uma maior sensibilidade para com a História, a cultura e o legado natural do Canadá e desenvolver a economia por via da estimulação do turismo, sendo o trilho uma diferenciação que irá atrair turistas de todo o mundo, criando novas oportunidades de investimento e criação de emprego.

O trilho surge de um esforço conjunto entre entidades privadas e públicas, sendo que a manutenção de cada secção do trilho se encontra a cargo de uma autarquia, de um município, de entidades governamentais de âmbito nacional ou até de empresas e associações privadas. Embora o governo canadiano tenha financiado uma boa parte do trilho (35 milhões de dólares), muitas empresas e fundações privadas contribuíram também a fundo perdido para a sua construção. Fora isto, a Fundação leva a cabo várias campanhas de donativos para que os cidadãos possam contribuir, sendo que, como incentivo extra, o governo já se comprometeu a financiar 50 cêntimos por cada dólar que for angariado. Ou seja, se uma campanha de donativos reunir 50.000 dólares, o governo doará mais 25.000 dólares e assim sucessivamente até à concretização da obra.

A construção demorou 25 anos devido, em grande parte, aos novos trilhos que foi necessário criar de raiz em zonas despovoadas e com terrenos bastante íngremes, ainda em estado selvagem. Os trilhos já existentes foram recuperados e ampliados, encontrando-se a maior extensão deste no Estado do Ontário. Note-se que é possível optar por várias secções do trilho de acordo com o nosso gosto pelas actividades ao ar livre, pois se a maior parte dele é ideal para corridas, caminhadas, prática de ski, equitação e passeios de bicicleta, já 26% do trilho terá que ser percorrido em barcos a remos. Os primeiros territórios a serem anexados pelo trilho foram os de Labrador e Terra Nova, por se encontrarem mais próximos de St. John's, o Quilómetro Zero.

Em 2016 foi lançada uma nova campanha de marketing que rebaptizou a iniciativa como O Grande Trilho, realçando que o mesmo foi "construído pelo Canadá" e realçando que "não importa a sua idade, as suas crenças ou as suas paixões, há uma ligação que nos une a todos (…) o Canadá é lar do maior trilho do mundo. O nosso épico trilho-dos-trilhos foi criado por milhares de sonhadores, optimistas, voluntários, amigos e parceiros que partilham o mesmo objectivo ambicioso de unir o nosso país. Embora o Canadá seja tão diverso como vasto, todos podemos encontrar algo em comum no trilho."

Uma boa parte do trilho foi possível graças ao reaproveitamento das antigas e históricas linhas de comboio que se encontravam ao abandono, pois com o passar do tempo, a migração do campo para as cidades e a generalização da utilização de automóveis, acabaram por se tornar insustentáveis e ganharam assim uma nova vida.


Contactos: www.thegreattrail.ca * info@tctrail.ca * Tel: +1800 465 3636 * Trans Canada Trail, 300-321 de la Commune W, Montreal, Quebec H2Y 2E1, Canada

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • quinoa

    Helthcare & Wellness

    Abr 1, 2017

    QUINOA - O OURO DOS INCAS

    O Império Inca foi o mais amplo e mais longo da América do Sul da era pré-hispânica, estendendo-se pela costa do Oceano Pacífico desde o sudoeste da Colômbia, Equador, Perú, Bolívia, Chile e Argentina, entre o ano 1438 e até...

  • Tim-Bengel-Schlossplatz-Stuttgart-2015

    Culture & Art

    Ago 1, 2017

    AREIAS DOURADAS

    Quando se atinge uma certa idade, começamos a pensar que já vimos de tudo na vida. Podemos até pensar que não existe mais nada para criar ou para realizar de forma diferente. E depois há estas súbitas surpresas. Belas surpresas.

    ...

  • DSC00353

    Food & Beverage

    Jun 1, 2017

    DELICADA DOÇURA

    Apesar das suas vastas potencialidades terapêuticas, a fruta pinha ou fruta-do-conde, do Lobito, Angola, continua a ser subestimada e "tratada" como um produto de terceira qualidade. 


  • Viagem marco

    Lifestyle & Travel

    Mar 3, 2018

    AVENTURA SEM TURISMO

    O turismo de aventura tornou-se extramente popular na última década, mas perdeu também boa parte do seu realismo, afinal com visitas guiadas e resorts à porta fechada em hotéis de luxo pouco tem sobrado do espírito de aventura...

  • Sony005

    Technology

    Abr 1, 2017

    LENTES DE CONTACTO SONY - GRAVAR NUM PISCAR DE OLHOS

    Ainda se recorda de quando os óculos que gravam e transmitem imagens ao vivo eram uma novidade? Já pode esquecer essa tecnologia obsoleta. A Sony patenteou uma lente de contacto capaz de gravar vídeos que pode ser controlada por...

  • campeõeseuropa

    Sport

    Mai 11, 2018

    O PAÍS DO FUTEBOL

    Todos sabemos que o futebol é um fenómeno social, de paixão, quase tão irracional como ela, já que a paixão não se contabiliza, não se mede, não se avalia, nem se controla


  • 06

    Home & Design

    Jan 1, 2017

    NO ESCRITÓIRO COM CONFORTO DE CASA

    Considerados estrelas em ascensão do design europeu, os franceses Bouroullec desenvolveram para a Vitra uma gama de mobiliário que permite sentir o ambiente acolhedor do lar no escritório.

  • Chanel

    Luxury & Fashion

    Fev 1, 2015

    Ladies Best Friend

    Chanel S.A. is a French, privately held company owned by Alain and Gerard Wertheimer, grandsons of Pierre Wertheimer, who was an early business partner of the couturière Gabrielle Bonheur Chanel. Chanel S.A. is a high fashion house...

  • 1. Technology-Tomra Sentinel II-From The Farm To The Fork

    Technology

    Fev 1, 2018

    DA QUINTA PARA O GARFO

    Ao olhar para a máquina, vai sentir a necessidade de esfregar os olhos, uma vez que simplesmente não vai acreditar. No entanto, é "apenas" sonho de qualquer agricultor. Mas o fabricante Norueguês Tomra, não está apenas focado...