Technology

Jul 1, 2016

O FUTURO DOS NANOROBOTS

Os nanorobots parecem algum tipo de criaturas fantásticas descritas nas páginas dos livros de ficção científica, no entanto, estão "na moda" nos laboratórios de nanotecnologia em todo o mundo.

<

Antes de mais, "Nano" significa a bilionésima parte (0.000000001 ou 10^9). As nanotecnologias são as bases em objectos "nano", de tamanho entre 1 e 100 nanómetros. Aliás, este é o tamanho das moléculas e dos átomos, e as nano-tecnologias operam com os materiais a este nível.

Os Humanos tendem a copiar a Natureza nas invenções, e os nanorobots têm protótipos na vida real também. De facto, nanorobots naturais, como os ribossomas, comumente chamados máquinas moleculares, encontram-se nas nossas células vivas. Elas constroem o nosso corpo pelo processo biológico de sintetização proteica, um milagre que está por detrás do processo de crescimento natural.

A diferença entre máquinas moleculares naturais e nanorobots é que os segundos podem ser controlados e programados para construir algo de acordo com a encomenda. Trabalhando ao nível atómico, os nanorobots podem desintegrar qualquer matéria-prima (resíduos, água, óleo) e construir uma estrutura completamente nova, átomo por átomo. Os nanorobots podem até construir outros nanorobots que podem trazer possibilidades inimagináveis.

Imagine só que os nanorobots conseguiam manipular átomos e construir novas estruturas da mesma forma que uma criança faz construções com blocos…

Embora algumas pessoas acreditem que tal utilização de nanorobots é apenas uma fantasia futurística, é oportuno recordar que o corpo está vivo graças aos triliões de nanorobots vivos naturais que existem dentro das nossas células e que trabalham de acordo com a programação no ADN e ARN.

Apresentamos em seguida, alguns exemplos de nanorobots, que já têm protótipos em laboratórios situados um pouco por todo o Mundo.

Em Mainz, Alemanha, um grupo de cientistas criaram um protótipo de um motor que consiste em apenas um átomo.  Este protótipo transforma energia de calor, transmitida por laser, em movimento, como um pistão de um motor.

Em Ohio, nos Estados Unidos da América, engenheiros mecânicos usaram nanorobots e tecnologia denominada "origami de AND" para dobrar ADN em formato 3D a uma escala nano. Tais formas tornar-se-ão partes de nanorobots ainda mais complexos, de tal forma que princípios semelhantes usados na construção de máquinas, podem ser usados por nanorobots para construírem outros nanorobots.

Em Zurique, Suíça, cientistas construíram nano-barbatanas que conseguem nadar pelos líquidos biológicos, como o sangue, a uma velocidade de 5cm/h. Algo deste género poderia ser agregado a um medicamento, por forma a levar a substância à localização exacta no corpo humano – por exemplo a células cancerígenas.

Em Cambridge, Inglaterra, o nano-motor "Ant" tem vindo a ser desenvolvido na Universidade de Cambridge. Consegue exercer força 100 vezes superior ao seu peso, similarmente à força das formigas, que conseguem carregar peso significativamente superior ao seu.

Esta é apenas uma pequena lista dos últimos avanços nos laboratórios de nano-tecnologia que podem mudar as nossas vidas de forma revolucionária, num futuro não muito distante.

A utilização de nanorobots é igualmente muito promissora nas seguintes situações:

No tratamento oncológico, pois os nanorobots poderão detectar e destruir células cancerígenas de forma extremamente eficaz.

Na entrega de medicamentos. Os médicos podem controlar o processo de transporte das substâncias directamente até às células afectadas.

Em exames e monitorização médica. Os nanorobots podem viajar pelo interior do corpo humano e providenciar inúmeras possibilidade de exames médicos e monitorização do corpo e dos órgãos, detectando e prevenindo várias doenças, como o cancro e a diabetes.

No armazenamento de informação. Engenheiros conseguiram testar armazenagem de informação usando ADN e nanorobots. Em Harvard, engenheiros provaram que em apenas uma grama de ADN pode-se armazenar cerca de 700 terabytes de informação, batendo o recorde do Mundo em armazenamento de informação.

Nas energias renováveis. Cientistas estão a trabalhar em fontes de energia renovável usando nanorobots para aumentar a eficiência e diminuir a energia.

Em materiais superfortes. Cientistas da Universidade da Califórnia desenvolveram um novo nano-material que é construído por nanorobots, usando a mesma técnica que o engenheiro Gustave Eiffel usou na construção da sua famosa Torre, situada em Paris. Tal nano-material superforte tornou-se um dos mais fortes e, simultaneamente, um dos mais leves na História.

Este é apenas o início de um período em que os nanorobots poderão ser uma ajuda preciosa na resolução de alguns problemas que afectam a Humanidade. Estima-se que o mercado das nanotecnologias pode atingir 75,8 mil milhões de dólares em 2020, com tendência para continuar a crescer. Se vai acontecer, ou não, veremos muito brevemente.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Chipre1

    Lifestyle & Travel

    Abr 30, 2018

    SONHAR COM O VERÃO

    E se, em 2018, viajasse pelos cinco cantos do mundo? É difícil eleger os locais mais bonitos, mas preparámos uma lista com cinco destinos ricos em história, cultura e paisagens únicas que não vai querer perder!

  • 42-160319-AFRIC-ESIA-070-credit-Deakin-University

    Science & Nature

    Ago 1, 2017

    OUÇA COM ATENÇÃO

    Técnicas revolucionárias estão a moldar o mundo em todas as áreas e todas as temáticas. Quando olhamos em volta, vemos todo o tipo de propostas e aparelhos para preencher necessidades que nem sabíamos que eram necessárias.

    ...

  • dsc92181550c253

    Luxury & Fashion

    Mar 1, 2017

    CRIPTOMÉRIA - MALEÁVEL, LEVE E AROMÁTICA

    Do primeiro-ministro das Bermudas ao presidente da IBM Portugal, foram algumas das personalidades que encomendaram uma mala de senhora no mínimo inovadora e invulgar, para oferecer à esposa e ou a amigos. Trata-se de uma mala feita...


  • aula3

    Research & Education

    Mar 22, 2018

    NO TOPO DO MUNDO

    Aqui vão as más notícias: caso não tenha reparado, não existe um emprego com a designação "matemático". Portanto, não incomode os seus filhos com uma formação superior como matemático – ele, provavelmente não vai gostar...

  • 00202943

    Business & Industry

    Jul 1, 2017

    O «EL DORADO» DOS INVESTIDORES

    Terra de Pablo Neruda, Gabriela Mistral (a primeira mulher americana a receber um Prémio Nobel de Literatura, em 1945) e de Isabel Allende, a República do Chile está apostada em captar investimentos internacionais, como forma de...

  • 1

    Culture & Art

    Out 12, 2018

    OS MARRETAS

    Não importa a idade ou a geração, o que é facto é que todos nós conhecemos as marionetas de peluche que ganharam vida e encheram o imaginário de muitos fãs. Divertidos, diferentes e até um pouco inconvenientes, estes bonecos...


  • Photos: Baufritz

    Home & Design

    Mai 1, 2016

    ECOLOGICAMENTE AMIGÁVEIS

    "A qualidade de vida começa em casa" é o lema da Baufritz, uma empresa pioneira na construção de casas de madeira, fundada em 1896, e agraciada com vários prémios. Design superior, materiais sustentáveis e livres de substâncias...

  • Luxury-Cruises-Cradled-By-The-Seven-Seas-1

    Luxury & Fashion

    Jan 1, 2018

    EMBALADO PELOS SETE MARES

    Destinados a grupos selectos – da classe dos "estupidamente ricos" – com paragens em praias privativas e quase com um tripulante por passageiro, são algumas das vantagens oferecidas pelos navios de cruzeiros voltados para público...

  • Creme-de-espinafres-com-Requeijão

    Food & Beverage

    Ago 1, 2016

    NATURAL DESDE A ORIGEM

    A Montiqueijo, marca portuguesa produtora de queijos há 52 anos, e a única com produção desde a origem, registou um volume de negócios na ordem dos 5,2 milhões de euros em 2015. A marca de Lousa soube aliar tradição, saber...