Culture & Art

Fev 1, 2017

O RITMO CALIENTE QUE ESTÁ A ATRAIR O TURISMO

Elevado, recentemente, a Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO, o "Merengue Dominicano", nascido na República Dominicana, é uma expressão corporal e cultural enraízada na identidade do povo dominicano. Com ritmo veloz e malicioso, e influências espanholas, africanas e indígenas, atrai cada vez mais turistas. Dance connosco esta "melodia que pode ser de amor".

<

Diz-se que dançar faz bem à saúde e que é um excelente anti-depressivo, sobretudo se for ao som do alegre e contagiante "Merengue Dominicano". Desde Dezembro último, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) passou a integrar este ritmo, entre as tradições culturais a preservar para as gerações futuras em todo o mundo.

Para Leila Boasier Budecker, Directora Ibérica do Turismo da República Dominicana, «receber esta notícia é realmente uma conquista para a cultura dominicana já que o "Merengue" tem sido parte de nossa identidade há mais de um século».

Derivado de "merenque", o nome que os dominicanos davam aos invasores franceses no século XVII, esta dança pode ter tido origem nos escravos que, acorrentados uns aos outros, eram forçados a arrastar uma perna para poderem trabalhar nos campos de cana-de-açúcar. Outra versão, dá conta de que um dos grandes heróis da guerra da República Dominicana foi ferido numa perna, e quando regressou à terra natal, foi recebido em festa. Em respeito pelo que lhe tinha acontecido, todos dançaram a coxear e a arrastar uma perna. Há quem diga ainda que o "Merengue" foi buscar a sua designação ao doce com o mesmo nome (em português, "suspiros"), o qual é leve e doce, tal como a dança.

Seja qual for o caso, trata-se de uma dança caliente que alimenta a vida diária e social dos dominicanos, e que tem cada vez mais adeptos pelo mundo. Afinal, músicas como "Azur", de Cristian Castro, e "Suavemente", de Elvis Crespo, são reconhecidas em qualquer lugar.

O estilo mais popular do "Merengue" é habitualmente interpretado por um amplo conjunto de instrumentos que inclui saxofones, acordeões, trompetes e teclados.

Entre os anos 1838 e 1849, a dança "Upa Habanera", era popular em todo o Caribe. Um dos seus passos designava-se por "merengue", o que influenciou a instituição do nome como hoje o conhecemos. Porém, só conquistou definitivamente a popularidade nos anos 1850, destronando a Tumba, uma dança cubana.

Os jornais de Santo Domingo, a capital da República Dominicana, realizaram então uma campanha contra o "Merengue" em favor da Tumba, pois a alta sociedade não aceitava as letras vulgares deste estilo musical, a ausência de carácter religioso, e de a origem estar associada a negros africanos.

O auge da popularidade deu-se em 1930 quando o Ex-Presidente da República Dominicana, Rafael Trujilo, grande fã de "Merengue", utilizou este tipo de música na campanha presidencial. O músico, Luiz Alberti, escreveu o tema "Compadre Pedro Juan", que apresentava uma letra "decente", conseguindo assim que este estilo musical fosse aceite unanimemente pela sociedade, tornando-se a música simbólica da cultura nacional.

Durante as três décadas seguintes, o "Merengue" adoptou uma postura e um som mais sóbrios, para renascer em 1961, com influências do rock e R&B americano, bem como alguns elementos da salsa cubana. Uma paixão partilhada pelos povos de Porto Rico, Haiti, Venezuela e Colômbia. Actualmente, o "Merengue" tem influências norte-americanas, e embora os instrumentos tenham mudado, o ritmo continua inconfundível, e com passos que permitem aos dançarinos expressarem-se gingando.

O "Merengue" entrou para a lista de patrimónios dominicanos reconhecidos pela UNESCO, da qual fazem parte o "Espaço Cultural da Irmandade do Espírito Santo dos Congos de Villa Mella" e a "Tradição do Teatro Dançado Cocolo". Leila Boasier Budecker salienta ainda que, «esta declaração da UNESCO é uma demonstração de como o nosso ritmo transcendeu fronteiras e barreiras linguísticas, conseguindo chegar a todos os cantos do mundo». Com mais este reconhecimento, a República Dominicana, situada na América Central, e a segunda maior ilha caribenha, consolida-se como um destino turístico imperdível nas Caraíbas. Banhada a norte pelo Oceano Atlântico e a sul pelo Mar das Caraíbas, é um destino conhecido pelas praias maravilhosas, clima tropical ameno, temperaturas situadas entre os 25 e os 31 graus, paisagens irrepetíveis, riqueza cultural ímpar e pela hospitalidade e simpatia do povo.


Contactos * Turismo da República Dominicana em Portugal

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • c0b3fe9d8db2be5ec1c3b228963b0131_original

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    LIVRE PARA ANDAR

    O Verão está de volta ao hemisfério norte e isso significa menos roupas, mais tempo de lazer ao ar livre em praias e campo, libertar-se do sufocante vestuário de Inverno e do calçado pesado.

  • gal_01

    Lifestyle & Travel

    Jul 1, 2017

    VISTA PACÍFICA

    San José del Cabo, na ponta sul da Baja California, no México, é a anfitrião do mais recente trabalho do arquitecto mexicano Miguel Angel Aragonés. A região fica separada do continente pelo Mar de Cortez, uma faixa de mar que...

  • Depositphotos_96954074_xl-2015

    Lifestyle & Travel

    Mar 1, 2017

    SALZBURGO - PARA LÁ DE MOZART

    Salzburgo, cujo nome significa literalmente "fortaleza de sal", foi refundada no século VIII por São Ruperto de Salzburgo, é a actual capital do Estado de Salzburgo e a quarta maior cidade da Áustria.


  • 1

    Lifestyle & Travel

    Out 29, 2018

    AUBERGE CAFÉ DU SUD

    "Os tempos modernos tornaram populares o turismo de aventura em locais exóticos, mas no Sudeste de Marrocos há um pequeno oásis entre as dunas que fará as delícias até mesmo do turista mais ocioso e alheio a aventuras."

    ...

  • C86tlqkWAAEasub

    Science & Nature

    Jul 1, 2017

    E O HOMEM CRIOU A APP

    Quem se lembra do filme Minority Report, de 2002, em que Tom Cruise ia passando a mão e os dedos num écran com informação para a organizar, ampliar ou descartar, percebe que entre aquele futuro e a realidade, o tempo foi muito...

  • AdobeStock_29464033 b

    Business & Industry

    Mar 1, 2017

    MIRO FORESTRY COMPANY - MADEIRA, A RIQUEZA ECOLÓGICA

    A madeira como matéria-prima cuja extracção é passível de sustentabilidade através da renovação, e a relação entre custo, qualidade e aproveitamento, faz dela um recurso impar. O seu crescimento em florestas é a melhor...


  • _1090495

    Culture & Art

    Mai 1, 2016

    Rock in Rio

    Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio

    Conheça em detalhe a maior indústria de música do Mundo – o Rock in Rio (RiR), que tem lugar entre 19 e 29 de Maio, em Lisboa, Portugal. "O RiR fomenta...

  • 1. Culture-National Gallery-Accessible Art

    Culture & Art

    Fev 1, 2018

    ARTE ACESSÍVEL

    Não há nada mais elegante e atractivo que quadros originais de pintura a óleo sobre tela, quer seja nos corredores ou na sala lá de casa, ou para tornar mais aprazíveis os escritórios de qualquer empresa, tanto para os empregados...

  • BENETTI-PANTHERA-NAV-253_MOD_LG

    Lifestyle & Travel

    Ago 1, 2015

    Luxury afloat

    For Benetti, building yachts means carrying on the tradition of innovation, style and quality that has shaped the company's approach and culture. It means continuing to diversify production in order to satisfy the increasingly complex...