Business & Industry

Dez 1, 2017

O MELHOR DO MUNDO

O arquipélago de S. Tomé e Príncipe tem das melhores condições do mundo para a produção de cacau. Após um longo período de fraca produção, começaram a surgir em São Tomé e Príncipe, há pouco mais de cinco anos, algumas iniciativas com o objectivo de relançar a cultura de cacau no arquipélago. 

<

Por ALFREDO MIRANDA

Até 2020, o país espera alcançar uma produção de, pelo menos, 10 mil toneladas por ano.

Após a nacionalização das "roças" (quintas) de cacau, em 1975, a produção diminuiu. Hoje, essas unidades de produção foram privatizadas e estão a contribuir para o desenvolvimento do país. Actualmente, a produção do país, que chegou a ser de 12 mil toneladas por ano, ronda as três mil toneladas.

O país foi em tempos o maior produtor mundial de cacau, diz António Dias, director da CECAB, Cooperativa de Produção e Exportação de Cacau Biológico e ex-ministro da Agricultura de S. Tomé.

Mas se o volume já não é tão grande, a qualidade pode compensar. São Tomé produz um chocolate, reconhecido internacionalmente como um dos melhores do mundo. Um dos responsáveis é o italiano Cláudio Corallo que investe na produção artesanal do chocolate que leva seu nome que, desde 2002, fabrica e vende chocolate de luxo, feito com o cacau de suas plantações e reconhecido internacionalmente.

Ainda hoje o cacau representa cerca de 90% ou mais do valor total das exportações. Segundo o economista Adelino Castelo David, ex-ministro e ex-governador do Banco Central, "o valor do cacau exportado foi sempre superior ao de serviços até 1992, período em que a situação começou a inverter-se até o aumento dos serviços, que compreende também viagens e turismo, que vêm crescendo gradualmente". Hoje a grande fatia do emprego no sector agrícola é no cacau.

Poderia ter sido feita uma "certa negociação da parte económica da independência", mas as plantações foram abandonadas, "então teve que se fazer uma tomada à força", comenta o economista Jorge Coelho, 56 anos, ex-candidato à Presidente da República. "Com a estatização da economia, toda a produção de cacau ficou na mão do Estado. Mas o Estado tentou gerir a produção de cacau de forma centralizada e foi ineficiente", considera.

O cacau era e poderá voltar a ser o petróleo de São Tomé, a sua maior fonte de riqueza, mas ao longo destes 40 anos a produção quase que morreu, sublinha o artista plástico Kwame de Souza. "Esqueceu-se que se criou uma sociedade à volta do cacau" e que as comunidades que viviam da agricultura empobreceram, empobrecendo assim o país, que passou a depender da ajuda externa.

Em 2014, a venda de cacau rendeu nove milhões de dólares, representando 93,9% das exportações de produtos agrícolas. Contudo, ainda é necessário apostar na qualidade e não na quantidade.

São Tomé representa uma «gota no oceano» da produção de cacau (a Costa do Marfim produz acima de um 1,5 milhões de toneladas) e, por isso, tem de apostar na qualidade. "É essa aposta que se tem vindo a fazer para que seja o primeiro produtor na qualidade do cacau; mesmo ao nível dos mercados internacionais existem nichos e fazendo apostas estou convencido que pode contribuir um pouco mais para economia", salienta Adelino Castelo.

"De facto é preciso que o governo faça apostas, por exemplo no cacau de qualidade, evitando-se a super-produção, e investindo na criação de estruturas fabris que transformasse o cacau em chocolate. Falta trabalho de casa", resume.

HÁ PROCURA DE INVESTIMENTO

O Governo são-tomense está a mobilizar meios financeiros para projectos estruturantes, particularmente nas áreas de porto e aeroporto, turismo, prestação de serviços e transportes.

"Somos um país extremamente dependente da ajuda internacional, vamos tentar reorientar alguns projectos e procurar que se aumente o volume da ajuda", explica o Primeiro-Ministro são-tomense, Patrice Trovoada.

O responsável são-tomense quer uma espécie de casamento entre o investimento privado em parcerias público-privada nessas áreas e o apoio da comunidade internacional na superação daquilo que considera de "fraquezas do país", nomeadamente a luta contra a pobreza extrema, a corrupção, melhorar a justiça, saúde pública e qualidade de educação.

Entre os projectos estruturantes, está o alargamento da pista e a modernização do aeroporto internacional de São Tomé e o porto de águas profundas.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • as-lentes-de-um-genio.html

    Culture & Art

    Abr 1, 2017

    O FOTÓGRAFO SEM MEDO

    Ousado, chocante, vibrante, sem medo, sem a preocupação de ser aceite ou rejeitado, mas sempre com o desejo de nos deixar sem palavras perante a sua arte. Assim é este americano, nascido em 11 de Março de 1963, em Hartford, Connecticut,...

  • LesMills01

    Helthcare & Wellness

    Jun 1, 2017

    A mexer há 49 Anos

    Nascido em 1934, Leslie Roy "Les" Mills foi um atleta profissional de renome, chegando a representar a Nova Zelândia nos Jogos Olímpicos em quatro ocasiões e nos Jogos da Commonwealth do Império Britânico ao longo de duas décadas,...

  • Easy-Quorn-Stir-Fry-4-with-text

    Food & Beverage

    Mai 1, 2017

    CARNE SEM CARNE

    Alguma vez questionou como vai o mundo fazer face ao expectável crescimento da população, o qual levará à escassez de alimentos e à fome generalizada? Bom, e alguma vez se questionou como é que os vegetarianos obtêm a sua...


  • product-alt-benefits-3pp

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    REFEIÇÃO FÁCIL PARA DIAS APRESSADOS

    Todos temos aqueles dias em que o tempo parece curto demais. Saímos a correr de uma reunião de negócios, já atrasados para a próxima. E não há tempo para tomar uma refeição decente entre reuniões.

  • 01

    Culture & Art

    Jun 1, 2017

    FAÇA CHUVA OU FAÇA SOL

    São guardas chuvas, mas de papel. Parecem resultar de uma técnica avançada de origami, mas na verdade é uma técnica bem diferente, também proveniente do Japão. 

  • IMG_4878_1950x

    Helthcare & Wellness

    Abr 21, 2018

    MÁS VIBES, BOAS VIBES

    Claro! Andar de bicicleta em vez do carro e até mesmo um transporte público, é uma boa atitude para a sua saúde pessoal e comum. Certifique-se apenas que o faz da forma certa


  • Bugatti Veyron

    Lifestyle & Travel

    Dez 1, 2014

    Only eight left for sale

    Combining unique and amazing techniques, the Bugatti Veyron is one of the most exclusive car models around the world, as the production reaches it's final, ten years after it's launch.

  • A Love for Gowns

    Luxury & Fashion

    Jan 31, 2016

    Amor por Vestidos

    A 24 de Março de 2002, Elie Saab acordou, literalmente, famoso. A sua noite importante foi de entrega de Oscars em Los Angeles. Para aparecer na passadeira vermelha, a actriz Halle Berry escolheu o vestido de um designer libanês desconhecido....

  • Technology

    Out 1, 2015

    Energia solar acessível

    A Yingli Solar torna a energia solar acessível a comunidades em qualquer local, ao usar a sua rede global de fabrico e experiência logística para enfrentar desafios energéticos únicos. Sendo um dos maiores fabricantes mundiais de...