Technology

Mai 1, 2016

UM INÍCIO VERDE

A Brite Solar anunciou que já tem seus primeiros contratos assinados, mas esta empresa inovadora ainda está a juntar os fundos necessários para um produto revolucionário feito de vidro com um revestimento especial que permite a passagem de 70% da luz visível, e que gera energia ao mesmo tempo: um painel solar transparente.

<

Os painéis desenvolvidos assemelham-se à janela traseira de um automóvel, mas em vez de desembaciar o vidro, as finas listas prateadas servem para gerar electricidade. O vidro tem uma transparência de pelo menos 70% em todo o espectro, e em comprimentos de onda cruciais na fotossíntese.

A Brite desenvolve tecnologia de "Terceira Geração" para painéis solares à base de novas células nano-estruturadas ultraleves, de composto orgânico/inorgânico, com o objectivo de atingir até oito por cento ou mais de eficiência, com custos inferiores aos dos actuais painéis de película fina à base de silício. Para isto, estão a trabalhar no desenvolvimento e estabelecimento desta tecnologia de produção à escala industrial, capaz de alcançar um painel de eficiência comercialmente desejável a um custo competitivo, para diferentes cores de módulos fotovoltaicos transparentes.

A produção da Brite diferencia-se da que é usada na construção das células solares foto-electroquímicas, onde os elementos são na sua maioria depositados por um processo puramente químico, e em condições ambientais normais. A empresa introduziu uma inovação que atinge a deposição da maioria dos elementos dos componentes com a tecnologia da impressão a tinta comum (jacto de tinta), com uma impressora especial, conferindo os 70% de permeabilidade que permitem a produção de energia.

Resultados Verificados

O empresário Nick Kanopoulos, da Brite Solar, é originário da Grécia, mas mudou a sua empresa para Eindhoven por causa da reputação internacional da Holanda como líder na inovação para estufas e horticultura. Na Brite são criados tecnologias e produtos que permitirão a produção em massa de painéis solares, que podem ser usados como janelas em estufas, casas e edifícios de escritórios. Estes painéis conseguem produzir energia usando tanto a luz solar, como a luz artificial, e esta é a primeira célula solar de referência com desempenho e custos competitivos.

Estufas equipadas com 100 m2 de vidro Brite Solar, inseridas num projecto piloto conduzido por um instituto de investigação agrícola, na Grécia, foram capazes de produzir tantos legumes como as estufas comuns, tendo ainda conseguido alcançar economias de energia até 5400kWh por ano.

De acordo com o empreendedor, o rendimento depende da localização da estufa, da área de superfície total coberta por vidro e dos preços locais de electricidade. A amortização dos vidros solares da Brite Solar - que também economizam energia - será entre três e seis anos.

Impacto Social e Ambiental

Os objectivos principais da empresa são: a produção de baixo custo, com os componentes produzidos em condições ambientais e sem necessidade de medidas especiais de pureza; estética, permitindo ao cliente escolher o corante fotossensível; e o aumento da eficiência energética, porque funciona com radiação difusa que pode incidir na superfície em qualquer direcção. Também reduz a necessidade de consumo de energia através de meios convencionais, contribuindo assim para a redução de emissões de gases. Todos os produtos são recicláveis no final de vida.

Espera-se que a introdução desta tecnologia no mercado tenha um impacto positivo sobre o emprego no sector da construção, e este impacto pode ser ainda maior, graças à tendência favorável à utilização de tecnologias verdes tanto em casas, como em edifícios de escritórios.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 8a646f742c77951a59ebabda7e074782

    Home & Design

    Jul 1, 2017

    PISCINAS ESCONDIDAS

    Você é o bem-sucedido proprietário de uma pequena, simpática e agradável casa, e o seu sonho é ter uma piscina para aqueles dias quentes, mas não tem o espaço que precisa no seu pátio?

  • 025

    Food & Beverage

    Mai 1, 2017

    TRATAR DA PELE NUNCA FOI TÃO… DELICIOSO

    Uma doce tentação que provoca sensações tais que nem os seus maiores admiradores conseguem explicar. Ele é motivo de atracção turística em países como a Suíça, Bélgica, França, entre outros. Há mesmo quem se torne Provador...

  • slide-1

    Food & Beverage

    Mai 28, 2018

    A ARTE DOS DOCES

    Girassol, amendoim ou sésamo de halva, com aditivos ou sem eles, amêndoa, nozes e outros frutos secos, o aromatizante de creme mais delicado, a mais deliciosa pasta turca – em qualquer um dos doces da marca irá encontrar uma...


  • dynamiq-gtt-115-porsche-inspired-yacht-1

    Mecanica e Locomoção

    Jul 1, 2017

    ULTRA LUXUOSO

    Tem design da Porsche, mas não se destina às estradas. Tem o conhecimento dos holandeses, mas não serve para cultivar tulipas. Está a ser construído em Itália, mas é uma criação monegasca. Confuso? Em vez disso, deslumbre-se.

    ...

  • langostino-gambon-austral-alta

    Science & Nature

    Mai 1, 2017

    DE CAMARÃO A PLÁSTICO

    Por algum tempo, durante o século XX, o plástico foi considerado uma das maiores invenções da Humanidade. Senhoras e senhores por todo o mundo, usavam como prémio, quando iam às compras. Depois tornou-se numa dor de cabeça, ainda...

  • 17916763_10154923732760860_1525008882_o

    Business & Industry

    Jun 1, 2017

    EXPORTAR O MELHOR

    Actualmente, quando falamos sobre o melhor que existe no mundo, não é possível evitar falar em Portugal. É agora, o país mais conhecido do mundo pelas suas maravilhas, segredos, história e gastronomia. Destaca-se como o melhor...


  • Chromosonic1

    Technology

    Mai 1, 2016

    TECIDOS QUE FAZEM

    Imagine um tecido que lhe diz se está doente, regula a temperatura corporal ou que ajuda a sua pele. Uma verdadeira revolução que já começou e que abre caminho a que design, imaginação e tecnologia trabalhem de mãos dadas...

  • 01 Ashlim

    Technology

    Out 1, 2016

    NÃO HÁ RAZÃO PARA TAPAR O SOL

    Embora já existam invenções que nos permitem criar electricidade sustentável para uso próprio, como bicicletas, turbinas de água portáteis que geram energia através de correntes de água, nenhuma delas providencia electricidade...

  • 2.7.11

    Lifestyle & Travel

    Jul 1, 2015

    Going deeper underwater

    Since its invention, by Jacques-Yves Custeau and Emile Gagnan, back in 1947, the activity of scuba diving became more than exploration. It became entertainment and leisure, allowing humanity to go deeper in the water than ever before....