Science & Nature

Out 3, 2018

SPROUT PENCIL

O que acontece com um lápis de madeira depois de ser usado? Normalmente, é deitado ao lixo. Mas, e se fosse possível aumentar o seu tempo de vida, mesmo após já não restar nada que permita ser utilizado?

<

É o que a empresa dinamarquesa, Sprout World se dedicou a fazer com o seu lápis, que permite ser plantado após a sua utilização, dando lugar a uma das plantas possíveis à escolha.

"São 15 biliões de lápis fabricados anualmente, e três milhões deles apenas nos Estados Unidos. São muitos pedaços de lápis descartados no fim de vida", disse Michael Stausholm, CEO da Sprout World. A empresa, com sede na Dinamarca, quer diminuir esse desperdício. A startup produz lápis que se podem plantar e ​​que se transformam em vegetais, ervas ou plantas com flores após a sua utilização.

Stausholm afirmou que os lápis, feitos de cedro em Pine City, no Minnesota, Estados Unidos, são o produto sustentável perfeito porque um "produto que está a morrer, está literalmente a dar uma nova vida a um novo produto". No local onde tipicamente estaria uma borracha, na ponta oposta à carga de carvão, estes lápis de madeira têm uma cápsula feita de material biodegradável que contém uma pequena mistura de sementes e turfa.

Após o tempo de vida de utilização do lápis, é possível plantar a cápsula num pequeno vaso e usar a ponta do lápis como marcador. A cápsula é então dissolvida e as sementes crescem, dando lugar a uma planta. Os lápis vêm em 14 variedades que incluem tomate, lavanda, manjericão, girassol e pimenta verde.

Os lápis foram desenvolvidos por três estudantes do MIT em 2012. "Na época, eu morava na Dinamarca e trabalhava muito com empresas sustentáveis" (...) "Mas a sustentabilidade é difícil de ilustrar para os consumidores. Eu estava à procura de um produto que pudesse facilmente fazer isso". Um ano depois, encontrou a Sprout Pencils quando era apenas uma campanha do Kickstarter.

"Adorei a ideia. Foi uma maneira perfeita de explicar o que é a sustentabilidade", disse Stausholm.

Stausholm fez uma parceria com os estudantes e convenceu-os a deixá-lo vender os lápis na Dinamarca. "Vendemos 70 mil lápis na primavera de 2013. Percebemos que definitivamente havia procura para eles", afirmou.

Em 2014, a startup havia vendido um milhão de lápis em toda a Europa.

Mais tarde nesse ano, Stausholm adquiriu as patentes e direitos da marca e tornou-se CEO da Sprout World. Admitiu ainda que a Sprout World agora vende uma média de 450.000 lápis por mês e registou mais de três milhões de dólares em receitas.

O próximo passo seria conquistar o mercado dos EUA. Stausholm abriu um pequeno escritório em Boston para aproveitar o momento. Nele trabalham dois funcionários e quinze na Europa. "A América está um par de anos atrás da Europa em termos de abraçar a eco-amizade". Mas, acha que é um mercado perfeito para os lápis da Sprout World porque os seus criadores e fabricantes são baseados nos EUA. Os lápis são vendidos nas lojas Amazon e Whole Foods.

Stausholm também está focado em reduzir o preço. Em última análise, ele quer que todos os estudantes ao redor do mundo usem os lápis do Sprout World.

A startup pretende lançar novos produtos, incluindo cartões plantáveis ​​e lápis de cor. "Sabemos que não podemos salvar o planeta apenas com nossos produtos" (...) "A nossa missão é, pelo menos, educar as pessoas sobre como ser mais conscientes no que compram e procurar produtos que sejam reutilizáveis".

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Muji-humidifier-kazushige-miyake-1

    Helthcare & Wellness

    Jul 1, 2017

    MELHORAR A QUALIDADE DO AR

    Em 1876, Willis Haviland Carrier, foi contratado por uma indústria gráfica para resolver os problemas de mudança de temperatura da fábrica. O engenheiro e inventor americano desenvolveu um projecto que viria a dar origem ao primeiro...

  • iReviews-gravity-blanket_4

    Home & Design

    Jun 1, 2017

    MAIS PESO, MENOS STRESS

    E se o peso pudesse reduzir os seus níveis de stress e ansiedade? Não, não é nenhuma espécie de cultura japonesa antiga. Antes pelo contrário. Já é uma técnica terapêutica utilizada em hospitais para o tratamento de distúrbio...

  • 01

    Business & Industry

    Fev 1, 2017

    UMA REGIÃO DE EXCELÊNCIA

    O "Alentejo 2020" – Programa Operacional Regional do Alentejo para o período 2014-2020 (programa de financiamento europeu para o desenvolvimento regional, neste caso, a região alentejana, em Portugal), é o resultado do trabalho...


  • Zinco03

    Business & Industry

    Ago 1, 2017

    Gronelândia: A Derradeira Jazida de Zinco

    A Ironbark está actualmente a desenvolver três projectos na Gronelândia, destacando-se de longe a prospecção da mina de zinco e chumbo em Citronen. A multinacional australiana começou a aprofundar o projecto para a exploração...

  • nokia-3310-comparaison

    Technology

    Jun 1, 2017

    PARA OS NOSTÁLGICOS

    Se existe um telefone que desperta nostalgia, esse telefone é o Nokia 3301. É um dos telefones mais populares de sempre, relembrado por sua quase indestrutibilidade, bateria de longa duração e o lendário jogo Snake (bom, Snake...

  • langostino-gambon-austral-alta

    Science & Nature

    Mai 1, 2017

    DE CAMARÃO A PLÁSTICO

    Por algum tempo, durante o século XX, o plástico foi considerado uma das maiores invenções da Humanidade. Senhoras e senhores por todo o mundo, usavam como prémio, quando iam às compras. Depois tornou-se numa dor de cabeça, ainda...


  • _DSC7717_dictionary

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2016

    Caminhe com Estilo e Elegância

    Usadas ancestralmente pelos caçadores, as bengalas são indispensáveis para quem precisa de um apoio diário ou numa caminhada, mas são igualmente úteis para autores, poetas, escritores ou simplesmente para completar o guarda roupa...

  • porqueTec

    Business & Industry

    Out 1, 2015

    Extracção Sustentável

    A Embu S.A. Engenharia e Comércio é uma empresa com 100% de capital nacional e que se destaca no sector pelo fornecimento de agregados da mais alta qualidade para a indústria de construção. Adoptou a filosofia de...

  • R6.4-apt-cam-A-12.07-HR1-1024x576

    Culture & Art

    Nov 1, 2017

    TORRE ROTHSCHILD ABRE EM TEL AVIV

    A Richard Meier & Partners completou o seu primeiro projecto arquitectónico em Israel no passado mês de Setembro. Trata-se de uma torre residencial construída na zona da Cidade Branca, em Tel Aviv, e já foi baptizada de Torre...