Helthcare & Wellness

Jul 1, 2017

SOLUÇÕES À VISTA

Uma das maiores causas de cegueira no ser humano é a degeneração dos fotorreceptores da retina. Até agora, não existe um tratamento clínico eficaz para estes distúrbios na retina. Mas isto parece que vai mudar em breve.

Cientistas e oftalmologistas do Instituo Italiano de Tecnologia desenvolveram um implante de retina que pode restaurar a visão perdida. O método mostrou ser eficaz em ratos a ainda este ano vai começar a ser testado em humanos.

Vamos começar pela retina. Fica localizada na parte de trás do olho e é composta por milhões de fotorreceptores sensíveis à luz. O ser humano tem o sentido da visão graças a estes fotorreceptores.

Mutações ou lesões em qualquer um dos 240 genes identificados, podem levar à degeneração da retina, em que as estas células morrem, mesmo quando os neurónios à volta não são afectados.

Pesquisas anteriores focaram o tratamento para a retinite pigmentosa a partir de aparelhos biónicos que estimulam os nervos remanescentes, intactos e funcionais, com luzes. Outras abordagens focaram-se mais nas alterações dos genes para reparar as mutações que causam cegueira.

A nova abordagem liderada pela equipa italiana, propõe o implante de uma prótese no globo ocular, que serve como substituto funcional da retina afectada.

O implante é composto por uma fina camada de um polímero condutor, colocado sobre uma base sedosa e coberto por outro polímero semicondutor.

O polímero semicondutor absorve os fotões quando a luz penetra nas lentes do olho e actua como um material fotovoltaico. E quando isto acontece, a electricidade estimula os neurónios retinais, preenchendo o espaço deixado vazio pelos fotorreceptores naturais danificados.

Os investigadores implantaram a retina artificial em olhos de ratos, com o objectivo de testar o método e tirar conclusões. Trinta dias após a operação, os olhos dos ratos tiram sarado e os testes tiveram início. Os investigadores pretendiam testar o nível de sensibilidade que tinham em exposição à luz – chamado reflexo pupilar – e comparar saudáveis e não operados com estes ratos operados.

Inicialmente expuseram estes animais a luz de baixa intensidade (um lux, não mais que o equivalente à luz de uma lua cheia) e os ratos operados não ofereceram maior resposta que os ratos não tratados.

Mas enquanto a luz se ia intensificando para quatro ou cinco lux (muito semelhante à de um pôr-do-sol escuro) a resposta pupilar dos ratos tratados era indistinta da dos ratos saudáveis. Seis a dez meses após a cirurgia, os ratos foram testados novamente e o implante mostrou estar ainda activo.

O cérebro dos ratos também foi monitorizado durante os testes de sensibilidade à luz, através de tomografia por emissão de positrões, e os investigadores viram um aumento da actividade do córtex visual primário, que processa a informação visual.

Puderam então concluir que o implante activa directamente os circuitos neuronais residuais na retina degenerada. Contudo, a forma como a estimulação funciona a nível biológico ficou ainda por explicar.

E os investigadores esperam que os resultados obtidos com os ratos possam ser transferidos para as pessoas, algo que ainda não têm certeza. "Esperamos replicar em humanos os excelentes dados obtidos com os modelos animais", disse a oftalmologista Grazia Pertile, uma das investigadoras. "Planeamos levar a cabo os primeiros ensaios em humanos na segunda metade deste ano e reunir informação preliminar desses resultados em 2018. Este pode ser o ponto de viragem no tratamento de doenças retinais extremas", concluíu.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Depositphotos_59323415_xl-2015

    Research & Education

    Mar 1, 2017

    LIVROS ESCOLARES EM TABLETS - MENOS PESO, MENOS CONHECIMENTO?

    Um pouco por todo o mundo, os pais estão preocupados com o peso que as mochilas escolares dos seus filhos têm de comportar todos os dias. Isto prende-se com o volume e número de manuais escolares que os alunos carregam, muitas...

  • NovaBateria01

    Technology

    Mai 1, 2017

    Chegaram as baterias do futuro

    Com 94 anos de idade seria de esperar que John Goodenough abrandasse o ritmo, contudo o inventor das baterias de lítio que têm permitido aumentar a longevidade da utilização dos telemóveis e o desenvolvimento de veículos eléctricos...

  • C8b--OIXgAA2KZb

    Luxury & Fashion

    Jun 1, 2017

    T-shirts de Plástico Reciclado

    A produção destas t-shirts, que podem elas próprias também ser recicladas, foi planeada de modo a eliminar ao máximo a poluição causada pela utilização de combustíveis fósseis e pelo próprio plástico que, após a sua...


  • cientista2

    Research & Education

    Set 21, 2018

    LUTA CONTRA O CANCRO

    Cientistas portugueses na Vanguarda

    São portugueses, estudam o cancro e tentam encontrar a cura para este 'bicho'. Trazem novas teorias e formas de olhar a ciência, contribuindo de forma significativa para o mundo. 


    ...

  • 355260_1_800

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    CONSTRUÇÕES ORIGAMI

    Como num truque de magia, desembrulha-se o pacote e... UAU! É a estrutura que você precisa para as suas férias, festival de música, pavilhão de exibição, o seu... o que você precisar temporariamente.

  • epo15_Jonkers-0322_9F0C9396E8DC4F75A713C3D05913F5AB

    Science & Nature

    Jun 1, 2017

    Um salto tecnológico

    Edifícios e estruturas que podem, por magia, regenerar por completo as rachas causadas pela pressão, mudanças de temperatura ou humidade? O que era um cenário de ficção científica apenas há alguns anos é já uma realidade...


  • Booster-Fuels-09

    Business & Industry

    Ago 1, 2016

    COMBUSTÍVEL ONDE QUISER

    Abastecer um veículo nem sempre é célere, e na maioria das vezes é aborrecido. Para além do desvio que é necessário efectuar com a viatura até ao posto de venda, há que enfrentar filas na bomba e na caixa de pagamento. A...

  • main

    Food & Beverage

    Jun 1, 2015

    Russia's number One

    Beer is one of the oldest drinks known to man. In Russia, beer is synonim of Baltyka, the country's best-seller since 1996. One of the most valuable brands in Russia, the company is a part of Carlsberg Group and exports beer and goods...

  • 1

    Science & Nature

    Mai 1, 2015

    Helping patients recover

    The Orthopedic Frame Company, precursor of Stryker Corporation, was formed on February 20, 1941 by Dr. Homer Stryker, a Kalamazoo, Michigan based orthopedist. Stryker developed the Turning Frame - a mobile hospital bed that allowed for...