Food & Beverage

Ago 1, 2017

SEMENTES SEM COPYRIGHT

A impressionante senda legislativa mundial chegou ao mais trivial dos produtos: os alimentos. É a mais recente tentativa do Homem, de se apoderar e controlar elementos da natureza.

<

Os organismos geneticamente modificados (OGM) estão a tornar-se cada vez mais uma presença constante na nossa alimentação. O Instituto Europeu de Patentes, apenas para exemplificar, já aceitou em 2015 que a multinacional suíça Syngenta passasse a deter os direitos de propriedade dos pimentos, "como um produto fresco, produto fresco cortado, ou para processamento, como por exemplo, a conservação em lata". Desde então os produtores de pimento começaram a pagar uma taxa à multinacional, fazendo com que os preços do pimento subissem.

Pois bem, investigadores da Universidade de Göttingen e da Escola de Agricultura de Dottenfelderhof, ambas na Alemanha, que têm acompanhado a tendência para a alteração de alimentos e respectivo patenteamento de sementes, decidiram aplicar aos OGM o mesmo princípio do software livre e dos medicamentos genéricos: acabaram de lançar uma variedade de trigo e uma variedade de tomate 'open source', ou seja, livres de direitos de autor.

A ideia não é nova, já foi tentada nos Estados Unidos e na Índia, mas estas duas instituições criaram pela primeira vez uma protecção legal para a sua invenção. Isto significa que estes produtos podem ser utilizados livremente e inclusivamente alterados, mas só desde que não se criem quaisquer patentes sobre as novas variedades de plantas que possam vir a descender destas sementes.

Johannes Kotschi é quem está a gerir o licenciamento comercial desta invenção para a Agrecol e é também um dos cientistas agrícolas que auxiliou na redacção da licença de utilização destes OGM 'open source' e, em afirmações à revista estadunidense "Science", deixou claro que esta licença "defende que podem utilizar as sementes de múltiplos modos mas que não lhes é permitido patentear ou proteger quaisquer variedades de plantas obtidas a partir destas sementes ou quaisquer sementes alteradas a partir destas".

Mas a Agrecol, que trabalha em parceria com a Universidade de Göttingen e com a Escola de Agricultura de Dottenfelderhof desde o final de Abril, tornou público o interesse das três organizações em não se ficarem pelo trigo e pelo tomate e expandirem a sua pesquisa às batatas e ao lúpulo. Note-se que a Alemanha é uma das principais produtoras e consumidoras de cerveja do mundo, daí ser perfeitamente natural relevar a livre alteração e inovação das sementes de lúpulo, cruciais para a fermentação da cerveja.

O jornalista Lucas Larsen relata na "Science" que "há milénios que as pessoas tentam germinar plantas à procura de obter características mais favoráveis, como a resistência às secas e às infestações. Mas até 1930, quando os Estados Unidos começaram a aplicar a lei das patentes às plantas, os produtores pouco podiam fazer para consolidar a sua propriedade sobre uma nova variedade".

Desde então, contestam os criadores das variedades 'open source', essas patentes e protecções de propriedade intelectual sobre sementes e plantas na prática têm evitado que os investigadores possam tentar criar e melhorar as variedades das plantas já patenteadas. Uma vez que as grandes companhias praticam uma política de aquisição internacional, as patentes encontram-se cada vez menos dispersas, concentrando-se em alguns conglomerados e afectando as empresas de menor dimensão.

O modelo 'open source' servirá para complementar o mercado global de organismos geneticamente modificados já patenteados. Não se prevê que alguma vez os possam substituir ou tornar-se dominantes, uma vez que tal iria afectar não só as grandes empresas, mas também os vários laboratórios e universidades que investigam, aprimoram e criam novos OGM mais eficazes que os já existentes, pois esses laboratórios e universidades dependem em grande parte dos dividendos que obtêm dos direitos de autor para manter as suas investigações. O futuro passará certamente por um equilíbrio entre as duas opções, tendo em mente que alguns países ainda não legislam os direitos de autor para organismos vivos.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 2073dd46294295.584f22e2a1d29

    Culture & Art

    Abr 1, 2017

    REINVENTAR O DOMINÓ

    Todos os jogos têm, de alguma forma, a sua personalidade própria. Alguns jogos têm uma vida curta porque nascem numa certa época ou a partir de uma tecnologia. É o caso dos video-jogos, jogos de arcada ou de computador. Outros,...

  • dsc92181550c253

    Luxury & Fashion

    Mar 1, 2017

    CRIPTOMÉRIA - MALEÁVEL, LEVE E AROMÁTICA

    Do primeiro-ministro das Bermudas ao presidente da IBM Portugal, foram algumas das personalidades que encomendaram uma mala de senhora no mínimo inovadora e invulgar, para oferecer à esposa e ou a amigos. Trata-se de uma mala feita...

  • #Formato_Certo_para_Site_YVP_Imagens

    Home & Design

    Out 17, 2018

    LEGO PLANTS FROM PLANTS

    "No passado mês de Março, a Lego anunciou que irá produzir as peças da marca, usando plástico à base de plantas num movimento para usar materiais sustentáveis, ​​na maioria dos produtos e embalagens até 2030."

    ...


  • agua-de-coco-genuine-coconut-abrefacil

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    VÁ PELO ORIGINAL

    Apetecia-lhe um saltinho rápido até àquela praia tropical de que tanto gostou durante as férias do ano passado? E o sabor refrescante daquela água de coco que ainda sente na boca? Acha que estou a brincar consigo?

  • Depositphotos_8751638_xl-2015

    Science & Nature

    Mar 1, 2017

    DESCOBERTAS CIENTÍFICAS DE 2016 - UM UNIVERSO MAIS CLARO

    O passado ano foi fértil em descobertas e avanços científicos que, ainda há pouco tempo, pareciam miragens. Graças a algumas delas, detalhes sobre o passado, o presente e o futuro da Humanidade podem agora ser vistos de forma...

  • ApisCor_febr_03

    Technology

    Mai 1, 2017

    Como se fosse magia

    Pare uma expressão figurativa: "casas crescem como cogumelos", mas em breve será literal. EM Fevereiro de 2017, na Rússia, surgiu a primeira casa com 38 m2 de área. A casa cresceu em 24 horas na cidade de Stupino, na região de...


  • 1

    Business & Industry

    Out 31, 2015

    Elegância no Papel

    A Galgo Fine Papers é o fornecedor de papéis de luxo pioneiro por toda a Índia, especializando-se em providenciar os melhores papéis de todo o mundo para cumprir com os mais diversos e criativos requerimentos.

  • Bag of ground coffee

    Food & Beverage

    Out 1, 2015

    Uma Classe Única

    O café existe na cultura Turca desde há muito tempo, e tornou-se um dos símbolos  do país ao longo de vários séculos. Hoje, o Café Turco é uma bebida e uma marca, conhecido pelo mundo fora.

  • 1

    Home & Design

    Fev 1, 2015

    Swidish Culture

    Founded by Anders Färdig, Design House Stockholm started as a creative product development company for other brands in 1992. Using his vast knowledge in design management from prior experience managing companies such as Boda Nova and...