Culture & Art

Mai 1, 2017

ESCULPINDO A MÃE NATUREZA

Apaixonado pela história natural, fauna e flora dos lugares que lhe são mais queridos, África e Oceânia, Gordon Pembridge, é um mestre na arte de esculpir a Mãe Natureza. De troncos de madeira nascem verdadeiras obras de arte, acessíveis apenas aos bolsos mais abastados.

<

Gordon Pembridge é um artista com dupla nacionalidade, queniana – onde nasceu e viveu os primeiros dez anos de vida – e neozelandesa, onde reside actualmente. Durante o tempo em que viveu no Quénia, teve a sorte de poder usufruir, descobrir e aventurar-se no mato e nas selvas africanas, desenvolvendo uma grande paixão pela história natural desses locais mágicos.

Mais tarde, o artista passaria a viver com a família em Wanganui, na Nova Zelândia, onde frequentou uma escola de arte, fez vários cursos de design e escolheu seguir uma carreira dedicada à fotografia. Actualmente, a vida profissional levou-o a desenvolver outras competências, ligadas ao design gráfico, design 3D, belas-artes, ilustração, imagem digital e, claro, à fotografia.

Na Nova Zelândia, Gordon foi invadido pela beleza imensa da natureza local, da sensação ímpar de desfrutar de um ar literalmente livre, onde aproveitou para se dedicar a outro tipo de actividades, como a caça, a pesca e o mergulho. Durante o seu crescimento num local tão privilegiado, Gordon dizia «sinto-me como se tivesse nascido para amar cada arbusto da Nova Zelândia, a sua flora e fauna únicas».

Da mesma forma que apreciava a Mãe Natureza e as suas árvores, o artista pensava na madeira, no valor e na utilidade desta, tornando-se grande apreciador do woodturning – ou a arte de esculpir a madeira.

Resolveu então ligar as duas paixões, retratando cenas da natureza selvagem do Quénia que trouxe na memória e da Nova Zelândia, onde vive e que continua a explorar, dando assim vida a vasos impressionantes e únicos, elaborados em madeira esculpida que incorporam elementos da história natural destes lugares.

A maior parte da madeira que usa para esculpir os vasos é obtida a partir das árvores abatidas por tempestades, que depois molda com um torno. Todavia, a verdadeira magia acontece quando esculpe meticulosamente animais em cenas da vida selvagem incrivelmente detalhadas, usando apenas um gravador de madeiras de alta velocidade.

Um trabalho que se completa com a aplicação de cor. Gordon é especialista em composições e montagem de cores que aplica com um aerógrafo - um instrumento utilizado para elaborar pinturas e gravuras por meio da pulverização proveniente de uma fonte de ar comprimido.

A sua primeira aventura em woodturning aconteceu em 2004, na "South Auckland Woodturners Guild", a maior e mais conceituada Associação de Woodturners da Nova Zelândia, fundada em 1988. Foi lá que Gordon desenvolveu uma série de peças finas, construídas como que com uma fenda perfurada, com tamanho detalhe que se tornaram peças ímpares e, consequentemente na sua assinatura.

Explorar os limites do woodturning é um desafio para este artista, no mínimo singular. Depois de escolher e trabalhar a madeira, segue-se a escultura de desenhos intrincados feita manualmente na madeira, conferindo uma nova vida à Mãe Natureza, particularmente bela, nos locais onde teve e tem a sorte de nascer e crescer. «Assim, mesmo que algo aconteça a esta história natural, que merece todo o nosso respeito, pois tem uma vida própria que o Homem jamais conseguirá dominar, ela ficará para sempre esculpida na minha memória e nestes vasos, no caso de quem, como eu, a quiser guardar», explica Gordon.

A aventura está-lhe no ADN, pelo que Gordon não pára de explorar novos caminhos, artes, influências e técnicas. Recentemente, começou a elaborar gravuras manualmente, mas em aço e metais preciosos. Pelo caminho arrecadou prémios como o "Supreme Exhibit, Royal Easter Show 1st Ornamental", em 2016 e o "Supreme Exhibit in Show, Royal Easter Show, Auckland, New Zeland", em 2014. Participa igualmente em exposições, a última foi em 2016, na "SOFA Chicago, World Art Dubai Gallerique, Roal Easter Show", com o tema: "Turned Sculpted Wood".

Se ficou curioso e quer adquirir uma peça de Gordon, pode fazê-lo através do endereço electrónico: gordon@gordonpembridge.com. Tenha presente que são peças únicas, cujo preço não é acessível a qualquer bolso, mas com valor incalculável.

Contacts – Contactos:

Gordon Pembridge Design Ltd

Waiuku 2123

New Zealand

Tel.: 021 129 4478

Email: gordon@gordonpembridge.com

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • parrilla

    Food & Beverage

    Mar 1, 2017

    GASTRONOMIA DO URUGUAI - UMA DELICIOSA SURPRESA

    Tido muitas vezes como um continente de desequilíbrios, a América do Sul guarda ainda muitas pequenas maravilhas quase inexploradas. É o caso do segundo menor país deste continente, o Uruguai. É um dos países mais desenvolvidos...

  • 1

    Business & Industry

    Dez 18, 2018

    AZERBAIJÃO

    O antigo, o novo e o futuro

    " O Azerbaijão é um país que impressiona em vários aspectos e é relativamente desconhecido nos países ocidentais. Partindo desde logo pelo facto de – ao contrário que muitos pensam...

  • Zinco03

    Business & Industry

    Ago 1, 2017

    Gronelândia: A Derradeira Jazida de Zinco

    A Ironbark está actualmente a desenvolver três projectos na Gronelândia, destacando-se de longe a prospecção da mina de zinco e chumbo em Citronen. A multinacional australiana começou a aprofundar o projecto para a exploração...


  • Sem-Título-1

    Business & Industry

    Abr 1, 2017

    ABAT TM - NOS BASTIDORES DA COZINHA

    Todos gostamos de ir a um restaurante para experimentar pratos difíceis ou impossíveis de cozinhar em casa. Mas haverá muita gente a questionar-se qual o segredo da sua confecção? Ingredientes frescos não são o problema, no...

  • product-alt-benefits-3pp

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    REFEIÇÃO FÁCIL PARA DIAS APRESSADOS

    Todos temos aqueles dias em que o tempo parece curto demais. Saímos a correr de uma reunião de negócios, já atrasados para a próxima. E não há tempo para tomar uma refeição decente entre reuniões.

  • product_playfulbase_sl

    Technology

    Mai 1, 2017

    FAZER... O QUE QUISER!

    Portanto, já vimos de tudo! Tudo o que os olhos podem ver e o cérebro consegue arquivar, enquanto conhecimento... Mas vimos mesmo? É mesmo possível pensar que alguma coisa no mundo não possa evoluir?


  • Business & Industry

    Out 31, 2015

    Escolha fácil

    A separação de produtos é obrigatória nas modernas unidades de processamento de artigos alimentares, tornando mais fácil e rápida a viagem de produtor até ao consumidor. A ASM fabrica alguns dos mais avançados sistemas de escolha...

  • Lifestyle & Travel

    Abr 1, 2015

    Falling in Love with Azerbaijan

    Gabala district is located at the foot of Great Caucasus mountain range. Ruins of the ancient town Kabala are 22 km from the city center. The abundance of attractions, beautiful nature and well developed infrastructure attract thousands...

  • Ink-Jet-System

    Business & Industry

    Dez 1, 2017

    PRÁTICA E ACESSÍVEL

    Já todos vimos aqueles códigos numéricos e alfabéticos aplicados nos produtos que adquirimos diariamente. Além dos códigos de barras, estes incluem um complexo código alfanumérico que dificilmente compreendemos.