Sport

Nov 1, 2016

CORRER PARA O ENSAIO - "GET INTO RUGBY"

Muitos pais ficam preocupados quando os filhos querem praticar rugby. Normalmente, pensam que o rugby é um desporto muito duro e ficam incomodados com a possibilidade de lesões como partir algum osso ou mesmo situações mais graves. Já os miúdos, após o primeiro treino, costumam ficar entusiasmados e querem repetir uma e outra vez.

<

É certo que o rugby é um desporto muito físico, duro e exigente no que diz respeito a táticas, agilidade, velocidade e, sobretudo, no respeito pelo adversário. Provavelmente, é por isso comum dizer-se que "o futebol (ou soccer, se preferir) é um desporto de senhores praticado por ogres, e que o rugby é um desporto de ogres, praticado por senhores".

Considerando, porém, a preocupação dos pais relativamente a lesões, é importante referir que nos treinos das camadas mais jovens, o rugby é treinado na vertente Tag Rugby - o que significa que o contacto é quase inexistente. Esta vertente utiliza um cinto Tag, e o principal objetivo é tirar a Tag do cinto do adversário. Uma vez "roubada" a Tag, o jogador deve passar a bola a outro elemento da equipa, reduzindo assim a necessidade do contacto físico e a realização de embastes ou placagens. Isto permite aos mais jovens familiarizarem-se com os movimentos que utilizarão mais tarde no jogo.

O rugby tornou-se um desporto popular no século XVIII (reconhecido desde 1880), e é apresentado na História como tendo derivado do futebol. Contudo, existem relatos de um desporto muito idêntico na Roma antiga, e também, em Itália, por volta dos anos 1580, há referências a um jogo que chamavam "Calcio", sendo este uma evolução da versão romana do mesmo jogo que deu origem ao rugby como hoje o conhecemos.

"Get Into Rugby"

A World Rugby Association é a federação internacional de todas as associações de rugby. Reúne seis associações regionais (África, Ásia, América do Norte, Europa, Oceânia e América do Sul) envolvendo 118 países.

Com a intenção de fazer crescer a prática de rugby em todo o mundo, a World Rugby Association criou o programa "Get Into Rugby", destinado aos mais jovens. A ideia principal é encorajar miúdos a praticar rugby de forma mais segura e, ao mesmo tempo, fazer com que cresçam respeitando os valores do jogo. O programa divide-se em três etapas: experimentar, jogar e ficar. Estas etapas são especificamente pensadas para levar o jogador desde o nível iniciado até se tornar num jogador bem preparado, capaz de apreciar todos os aspetos do jogo. Só treinadores, professores e monitores preparados podem dirigir os treinos de forma a haver o mínimo possível de lesões. Cada país é livre de escolher a abordagem mais indicada, tendo em consideração as características do seu próprio povo e o caminho para o desenvolvimento do desporto.

Valores do jogo

O objetivo central deste programa mundial é passar os valores do jogo às gerações mais novas, que são: jogar pelo prazer, conhecer as leis do jogo e reger-se por elas, nunca discutir as decisões do árbitro, ajudar outros a corrigirem os erros, jogar como uma equipa, saudar o adversário por uma boa jogada, felicitar e cumprimentar a equipa adversária e os árbitros no final de cada jogo. O programa incentiva ainda todos os envolvidos a respeitarem as leis e a integridade física do adversário, tirando assim mais prazer no jogo. O respeito pelos direitos de todos os participantes, o incentivo ao relacionamento entre jogadores e sentido de responsabilidade e profissionalismo são um benefício que permite a maximização desses benefícios e a minimização de riscos para os jogadores.

Estes valores ensinam todos os intervenientes a acolherem a coragem, lealdade, desportivismo, disciplina e trabalho de equipa. Sem dúvida, valores importantes para o jogo e também para a vida.

Dado o confronto físico durante o jogo, é também muito importante que todos os elementos da equipa estejam bem preparados, incluindo, treinadores, administradores, monitores e pessoal médico. Segundo os praticantes desta modalidade, e apenas a título de curiosidade, «os jogadores de futebol sofrem mais lesões do que os praticantes de rugby, dado que os jogadores de rugby são mais bem preparados fisicamente e não necessitam tanto das pernas para dominar e controlar a bola».

Contacts - Contactos:

http://getintorugby.worldrugby.org

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • quinoa

    Helthcare & Wellness

    Abr 1, 2017

    QUINOA - O OURO DOS INCAS

    O Império Inca foi o mais amplo e mais longo da América do Sul da era pré-hispânica, estendendo-se pela costa do Oceano Pacífico desde o sudoeste da Colômbia, Equador, Perú, Bolívia, Chile e Argentina, entre o ano 1438 e até...

  • RedClay003

    Culture & Art

    Mar 1, 2017

    RED CLAY - REINVENTAR O BARRO

    Em 2010 nascia a marca que, pouco a pouco, se tem tornado cada vez mais procurada por alguns dos melhores percussionistas a nível mundial e que tem a particularidade de ser produzida num produto considerado ultrapassado pelos tempos...

  • 74578418-4108-11e8-ab09-36e8e67fb996_1320x770_081421

    Research & Education

    Mai 31, 2018

    A MULHER POR TRÁS DO HOMEM

    Mulher e mãe de dois presidentes dos Estados Unidos, Barbara Bush teve um papel fundamental na sua família, na América e no mundo


  • TransCanadaTrail002

    Lifestyle & Travel

    Mar 1, 2017

    TRANS-CANADIANO - O GRANDE TRILHO QUE UNE O CANADÁ

    Iniciado em 1992, o Trilha Trans-Canadiano tem como propósito unir os extremos do Canadá desde o oceano Atlântico ao Pacífico e ao Ártico, e estás prestes a ser concluído este Outono, precisamente no ano do 150º aniversário...

  • 978x0

    Culture & Art

    Jun 1, 2017

    O ETERNO CAPITÃO

    Os franceses consideram-no uma das mais importantes figuras da sua história. Se tal não fosse redutor, até poderia ser verdade. A verdade, porém, é que este senhor, cuja imagem associamos de imediato ao gorro vermelho, foi uma...

  • 2

    Science & Nature

    Jul 1, 2017

    O FUTURO INTELIGENTE

    A era das coisas "smart" ameaça transformar muitas coisas em "smart"-qualquer-coisa. E, um dos aspectos importantes destas transformações, é que o tamanho das "smart"-coisas já não é uma limitação. 


  • Reef of Colours

    Lifestyle & Travel

    Jan 31, 2016

    O Recife das Cores

    A Grande Barreira de Coral é uma das sete maravilhas do Mundo Natural e ao observarmos de longe compreende-se porquê. É mais extensa que a Grande Muralha da China e o único organismo vivo visível do espaço.

  • 1. Ocean-Cleanup-Delete-the-Plastic-Islands-for-Good

    Science & Nature

    Nov 1, 2017

    ELIMINAR DE VEZ AS ILHAS DE PLÁSTICO

    Em 2014, com apenas 19 anos, o holandês Boyan Slat encontrou uma possível solução para limpar metade do oceano Pacífico em 10 anos. O plano de Slat consiste numa barreira flutuante que aproveita as correntes oceânicas fazendo...

  • 1

    Business & Industry

    Mai 1, 2015

    Global mining for global needs

    Rio Tinto is a leading global mining group that focuses on finding, mining and processing the Earth's mineral resources. Since 1883, the company has expanded from a open-pit mine in Spain to a worldwide consortium of companies wich help...