Technology

Out 31, 2018

ECRÃS FLEXÍVEIS ROYOLE

"Muitas vezes é o caso de avanços tecnológicos, que são de alguma forma interessantes, mas depois passam muito tempo na fase de protótipo. Os detalhes costumam ser complicados, mas a Royole mostrou algumas telas flexíveis que estão prontas para uso, e há algumas ótimas ideias."

<

No que está a ser aclamado como "um momento histórico", a empresa de ecrãs flexíveis Royole Corporation abriu uma fábrica em Shenzhen, abrangendo 1,1 milhão de metros quadrados e capaz de produzir em massa ecrãs totalmente flexíveis. Com a capacidade de produzir mais de 50 milhões de unidades de ecrãs flexíveis por ano, o Campus de Produção de Massa Quasi-G6 irá fornecer produtos eletrónicos de consumo, transporte, casas inteligentes, desportos, moda, escritórios, educação e mercados de robótica.

Com o primeiro nome, como a tela flexível AMOLED colorida mais fina do mundo, a Royole espera que a sua produção aumentada permita uma gama de produtos eletrónicos de última geração. A fábrica custou US $ 1,7 biliões de dólares (cerca de 1,5 biliões de euros) e pode produzir displays planos, curvos e totalmente flexíveis. 

A Royole tinha um conceito para um smartphone flexível e a empresa ainda está a lutar com os detalhes da construção flexível. No futuro, as novas telas podem estar em toda a parte, por exemplo, num chapéu. A Royole mostrou esse conceito principalmente com um chapéu, que é o destaque da marca. Um display Full-HD flexível, que mostra cores vivas e brilhantes o suficiente, mesmo em locais de exposição fortemente iluminada. A Royole pode produzir estes displays na sua própria fábrica - a produção em massa já começou e a empresa diz que é capaz de produzir até 50 milhões de unidades por ano.

Talvez ainda mais útil do que a tela do chapéu, seja a ideia de colocar uma tela flexível numa bolsa ou mala. Esta ideia também foi revelada recentemente pela marca. Claro, esta tecnologia é adequada para todos os tipos de objectos. Integrado em roupas, estes ecrãs podem ser usados para multimédia de informação ou publicidade. Os displays poderiam, portanto, ser instalados em qualquer superfície irregular no futuro. As possibilidades são quase ilimitadas.

As telas flexíveis Royole usam a tecnologia AMOLED, que tem a vantagem de ser fina, leve, dobrável, portátil, inquebrável, de alto contraste e baixo consumo de energia. A tecnologia de exibição é normalmente encontrada em smartwatches, dispositivos móveis, laptops e televisões. Os displays roláveis ​​da Samsung são baseados na tecnologia AMOLED. 

A Royole espera que o AMOLED flexível domine a próxima geração de monitores. A empresa já criou o primeiro cinema flexível 3D móvel do mundo (2015), o primeiro painel de instrumentos curvo do mundo, baseado em eletrónica flexível (2016) e o primeiro bloco de escrita inteligente, RoWrite, baseado em sensores flexíveis (2017). 

Além de displays, a Royole também desenvolveu sensores que permitem que praticamente qualquer superfície seja transformada para ser sensível ao toque. Com o trackpad RoWrite, o fabricante mostra o que é possível fazer. Esta é uma prancheta digital na qual você pode prender papel clássico. Com a caneta pode desenhar em papel e o RoWrite transfere isso directamente para um iPad ou tablet Android. Mais tarde, Macs e PCs com Windows também serão suportados. O RoWrite reconhece 2.048 níveis de pressão, o que é essencial para um desenho preciso.

O RoWrite será lançado em toda a Europa antes do final do ano. Na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, já está disponível via Amazon e custa £ 119 libras e $ 119 dólares, respectivamente.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Li-HongBo-Klein-Sun-AM-41

    Culture & Art

    Abr 1, 2017

    LI HONGBO - BUSTOS FLEXÍVEIS

    Maleável como um dançarino de breakdance é assim que surge o busto de Michelangelo no trabalho intitulado "Tools of study", do artista chinês Li Hongbo, feito apenas com papel e cola. Tratam-se de esculturas de papel, mas...

  • 348262_1_800

    Lifestyle & Travel

    Jul 1, 2017

    ACAMPAR (REALMENTE) JUNTOS

    Acontece a todos os amantes de campismo. Quando finalmente acabam de montar a mesma tenda que têm há mais de dez anos, acham-na demasiado pequena para arrumar todas as inutilidades que se lembraram de levar.

  • PrimarySchool5

    Culture & Art

    Jul 1, 2017

    ARQUITECTURA SUSTENTÁVEL

    Diz-se frequentemente que, depois de ir a África, nunca mais se é o mesmo. É o continente mais genuíno do mundo. É por isso que a sustentabilidade é tão importante.


  • _slc114_33093997

    Food & Beverage

    Abr 1, 2017

    PREPPER - REFEIÇÕES PARA O FIM DO MUNDO

    Graças ao popular programa do National Geographic Channel, "Preparados Para o Fim do Mundo", o fenómeno dos sobrevivencialistas passou de um mercado de nicho norte-americano centrado quase exclusivamente nos Estados Unidos da América...

  • 355260_1_800

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    CONSTRUÇÕES ORIGAMI

    Como num truque de magia, desembrulha-se o pacote e... UAU! É a estrutura que você precisa para as suas férias, festival de música, pavilhão de exibição, o seu... o que você precisar temporariamente.

  • levizen-water-levitation-4

    Home & Design

    Jul 7, 2018

    ÚTIL E INVULGARMENTE BONITO

    O LeviZen é uma peça de design com um 'look retro' e usa ondas de som com frequências altas para levitar água e luz. É financiado através da plataforma Kickstarter e já ultrapassou o valor de investimento inicial, partindo...


  • 3

    Lifestyle & Travel

    Jun 1, 2015

    Delightful San Marino

    Of the world's 193 independent countries, San Marino is the fifth smallest and – arguably – the most curious. How it exists at all is something of an enigma. A sole survivor of Italy's once powerful city-state network, this...

  •  Shoes that are History

    Luxury & Fashion

    Nov 30, 2015

    Sapatos que são História

    Salvatore Ferragamo iniciou a sua viagem há 100 anos atrás, quando era um adolescente visionário, e emigrou do Sul da Itália para a Califórnia, atraído pela inovação criativa, glamour e as possibilidades infinitas da emergente...

  • IMG_9192

    Business & Industry

    Mai 1, 2016

    "OFFSHORES FINANCEIROS" - SIM OU NÃO

    Ultimamente, muito se tem falado em "offshores financeiros", mas muitos dos depoimentos mediatizados são confusos e pouco objectivos, misturando conceitos e preconcebendo respostas que podem interessar a alguns lobbies. Como em tudo...