Culture & Art

Mai 1, 2017

PERSONALIZANDO A TECNOLOGIA COM ARTE

Roldanas, rodas dentadas, Zepelins, lentes e latão dourado. O SteamPunk propõe uma história alternativa onde a tecnologia se mistura com arte para ser mais humana. O movimento Arts and Crafts acabou finalmente por se fundir com a tecnologia da revolução industrial. 

<

Ciclicamente surgem nas sociedades movimentos culturais revivalistas. Dizem os sociólogos e antropólogos que isso se deve a crises existenciais colectivas, ou sócio existenciais. Podem ou não coincidir com crises económicas, mas quase sempre se devem a dificuldades em projectar um futuro comum. Há também quem diga que é normal e que são apenas momentos em que as sociedades reavaliam o seu passado, ou o reinventam para dar sentido e coerência ao percurso histórico; uma espécie de reflexão anacrónica.

O mundo vive hoje uma proliferação de movimentos revivalistas nos quais as pessoas para além de pertença e participação procuram a segurança e o conforto de valores do passado, seja através da estética ou do simbolismo. Comunidades Wicka com grande ligação à natureza e aos seus ciclos, à exploração comercial do retro e do vintage. A estética rockabilly ou os anos 80 são exemplos disso.

Muitas vezes, estes movimentos ou comunidades são vistos apenas como modas e, como tal, perspectivados sob um ângulo comercial e de marketing. No entanto, esta visão reducionista não pode ser aplicada a todas estas correntes e podemos encontrar em algumas delas aspectos que ultrapassam a mera "moda", isto porque a sua dimensão é transversal a várias áreas, desde o vestuário até à literatura, passando por filmes ou música e às vezes, até comportamentos ou rituais.

A História alternativa

O SteamPunk inspira-se na estética vitoriana e na revolução industrial e, embora possa ser visto como um movimento nostálgico, não pretende recriar o passado fielmente. A perspectiva é antes a de reflectir sobre o presente e propor uma história alternativa. Digamos que a nostalgia do que não se viveu acaba sempre por ser uma recriação ficcionada baseada em referências actuais e na ficção cientifica. Como diz o site DW: "a nostalgia encontra o futuro".

Embora o movimento tenha tido o seu impulso inicial num género de literatura de ficção cientifica, que incorporou as "promessas" da era das máquinas e tecnologia a vapor com a já referida estética vitoriana, ele depressa ultrapassou essa dimensão. Às grandes obras clássicas – onde se inclui por exemplo as "20 mil léguas submarinas" de Júlio Verne, as obras de H. G. Wells, "A Máquina do Tempo", O "Homem Invisível" ou "A Ilha do Doutor Moreau", ou ainda a obra prima de Mary Shelley, "Frankenstein" – foram-se juntando escritores como Michael Moorcock com a obra "The Warlord of the Air", de 1971 e o termo acaba por ser cunhado por K. W. Jeter, em 1980 quando procurava descrever o género literário do seu livro "Morlock Night", ou das obras de James Blaylock (Homunculus, 1986).

Da literatura ao cinema foi apenas um pequeno passo e começaram a surgir várias referências explícitas como, por exemplo, na série "Castle", nos filmes "Wild Wild West" (com Will Smith e Kevin Klein), "Van Helsing", "A Invenção de Hugo Cabret", ou "Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras", ou implícitas como por exemplo no filme "Water World" ou "Mad Max".

Tecnologia mais humana

Progressivamente o estilo ultrapassou a mera estética literária ou cinematográfica. Talvez seja na arte SteamPunk que melhor se possa explicar esta corrente. Esta, propõe-se por um lado reaproveitar os materiais, em sintonia com a preocupação actual de reciclagem e, por outro lado, simbolizar o vapor como forma de energia limpa. Talvez, se ignorarmos que para o fazer é preciso queimar carvão.

Mas o aspecto mais revelador é a necessidade de tornar essa tecnologia em objectos utilitários menos impessoais, mais humanizados, mais personalizados através da arte e da decoração. Para além disso lança o desafio criativo do "faça você mesmo" uma peça de design não só ergonómica e utilitária, mas também decorada pessoalmente. É assim uma espécie de encontro e mistura entre arte decorativa, com ciência e tecnologia.

O SteamPunk é hoje um estilo de vida que incentiva a descoberta da ciência, da cultura, do estudo, da invenção e da experiência numa espécie de iluminismo vitoriano ou modernista.

É um mundo que acabou por ir da literatura e do cinema até a música (sim há música SteamPunk), passando por blogs, jornais e revistas, lojas de adereços, roupa e decoração e, claro, muitos festivais e feiras com teatro e performances SteamPunk. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 226c441149909061a3a62986fcadd917

    Sport

    Abr 1, 2017

    NAGINATA - A ARTE QUE FAZ O CARÁCTER

    Se há herança que o Oriente vai dando à Humanidade, é inegavelmente, uma diversidade de disciplinas que procuram a evolução do Ser e que conduzem à elevação física, mental e espiritual. Artes Marciais como o Karaté, incluído...

  • 0-1352400373-expo_spon_01

    Business & Industry

    Ago 1, 2017

    DEBATER O FUTURO DA ENERGIA

    É um dos maiores eventos do mundo e não acontece todos os anos. Essa é uma das razões porque são tão importantes. Mas há outra: os vastos debates que cada uma destas feiras mundiais (conhecidas como "Expos") trazem à luz e...

  • birk_pillow_1024x1024

    Home & Design

    Jun 1, 2017

    O baloiço que ajuda a manter o equilíbrio

    O equilíbrio do corpo humano é conseguido através da comunicação entre diferentes partes do corpo, os olhos, o sistema vestibular do ouvido e as articulações e músculos, quando cada parte funciona correctamente o sistema de...


  • 1

    Technology

    Nov 27, 2018

    LG SUITBOT

    "LG has created a robotic exoskeleton designed to support and enhance its wearer's legs to improve lower limb strength. The suit, named LG CLOi SuitBot, features "naturally-rotating joints" and sandal-like shoes, which LG claimed...

  • germans-ermics-salone-del-mobile-2017-milan-design-week-furniture-glass-chairs-_dezeen_hero-a

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    CORES TRIDIMENSIONAIS

    Para o designer letão Germans Ermičs, a importância da cor vai muito além do seu sentido decorativo. Um grande exemplo disso, são as suas peças de mobiliário translúcidas, formas perfeitas que se fundem no espaço.

    ...

  • DAK1xK3VoAEzFAG

    Helthcare & Wellness

    Ago 1, 2017

    CONTROLE O SEU SONO

    É de puro bom senso, que um bom e repousante sono é fundamental para o bem-estar da mente e do corpo. Monitorizar o sono, portanto, é fundamental para evitar disrupções negativas.


  • 1

    Home & Design

    Fev 1, 2015

    Luxury Real Estate Specialists

    Drawing upon their success as one of the world's oldest art auction houses, Christie's implemented an innovative real estate venture in 1995. Integrating centuries of experience with a hand-selected network of talented brokers, Christie's...

  • 3

    Food & Beverage

    Jul 1, 2015

    To tea or not to tea

    Sri Lanka has been a tea treasure for a long time. Almost two hundred years ago, the British brought one single tea plant from China, and planted it in the Royal Botanical Gardens. The plant spread, and now Sri Lanka is one of biggest...

  • Lifestyle & Travel

    Set 1, 2015

    Whistler is unique

    British Columbia has ten mountain ranges that push west from The Rockies in a crowded parade until they fall into the Pacific. Thousand year old trees that deftly divide the light falling on an impossibly green forest floor. Glacier-fed...