Culture & Art

Mai 1, 2017

PERSONALIZANDO A TECNOLOGIA COM ARTE

Roldanas, rodas dentadas, Zepelins, lentes e latão dourado. O SteamPunk propõe uma história alternativa onde a tecnologia se mistura com arte para ser mais humana. O movimento Arts and Crafts acabou finalmente por se fundir com a tecnologia da revolução industrial. 

Ciclicamente surgem nas sociedades movimentos culturais revivalistas. Dizem os sociólogos e antropólogos que isso se deve a crises existenciais colectivas, ou sócio existenciais. Podem ou não coincidir com crises económicas, mas quase sempre se devem a dificuldades em projectar um futuro comum. Há também quem diga que é normal e que são apenas momentos em que as sociedades reavaliam o seu passado, ou o reinventam para dar sentido e coerência ao percurso histórico; uma espécie de reflexão anacrónica.

O mundo vive hoje uma proliferação de movimentos revivalistas nos quais as pessoas para além de pertença e participação procuram a segurança e o conforto de valores do passado, seja através da estética ou do simbolismo. Comunidades Wicka com grande ligação à natureza e aos seus ciclos, à exploração comercial do retro e do vintage. A estética rockabilly ou os anos 80 são exemplos disso.

Muitas vezes, estes movimentos ou comunidades são vistos apenas como modas e, como tal, perspectivados sob um ângulo comercial e de marketing. No entanto, esta visão reducionista não pode ser aplicada a todas estas correntes e podemos encontrar em algumas delas aspectos que ultrapassam a mera "moda", isto porque a sua dimensão é transversal a várias áreas, desde o vestuário até à literatura, passando por filmes ou música e às vezes, até comportamentos ou rituais.

A História alternativa

O SteamPunk inspira-se na estética vitoriana e na revolução industrial e, embora possa ser visto como um movimento nostálgico, não pretende recriar o passado fielmente. A perspectiva é antes a de reflectir sobre o presente e propor uma história alternativa. Digamos que a nostalgia do que não se viveu acaba sempre por ser uma recriação ficcionada baseada em referências actuais e na ficção cientifica. Como diz o site DW: "a nostalgia encontra o futuro".

Embora o movimento tenha tido o seu impulso inicial num género de literatura de ficção cientifica, que incorporou as "promessas" da era das máquinas e tecnologia a vapor com a já referida estética vitoriana, ele depressa ultrapassou essa dimensão. Às grandes obras clássicas – onde se inclui por exemplo as "20 mil léguas submarinas" de Júlio Verne, as obras de H. G. Wells, "A Máquina do Tempo", O "Homem Invisível" ou "A Ilha do Doutor Moreau", ou ainda a obra prima de Mary Shelley, "Frankenstein" – foram-se juntando escritores como Michael Moorcock com a obra "The Warlord of the Air", de 1971 e o termo acaba por ser cunhado por K. W. Jeter, em 1980 quando procurava descrever o género literário do seu livro "Morlock Night", ou das obras de James Blaylock (Homunculus, 1986).

Da literatura ao cinema foi apenas um pequeno passo e começaram a surgir várias referências explícitas como, por exemplo, na série "Castle", nos filmes "Wild Wild West" (com Will Smith e Kevin Klein), "Van Helsing", "A Invenção de Hugo Cabret", ou "Sherlock Holmes: O Jogo de Sombras", ou implícitas como por exemplo no filme "Water World" ou "Mad Max".

Tecnologia mais humana

Progressivamente o estilo ultrapassou a mera estética literária ou cinematográfica. Talvez seja na arte SteamPunk que melhor se possa explicar esta corrente. Esta, propõe-se por um lado reaproveitar os materiais, em sintonia com a preocupação actual de reciclagem e, por outro lado, simbolizar o vapor como forma de energia limpa. Talvez, se ignorarmos que para o fazer é preciso queimar carvão.

Mas o aspecto mais revelador é a necessidade de tornar essa tecnologia em objectos utilitários menos impessoais, mais humanizados, mais personalizados através da arte e da decoração. Para além disso lança o desafio criativo do "faça você mesmo" uma peça de design não só ergonómica e utilitária, mas também decorada pessoalmente. É assim uma espécie de encontro e mistura entre arte decorativa, com ciência e tecnologia.

O SteamPunk é hoje um estilo de vida que incentiva a descoberta da ciência, da cultura, do estudo, da invenção e da experiência numa espécie de iluminismo vitoriano ou modernista.

É um mundo que acabou por ir da literatura e do cinema até a música (sim há música SteamPunk), passando por blogs, jornais e revistas, lojas de adereços, roupa e decoração e, claro, muitos festivais e feiras com teatro e performances SteamPunk. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • product_playfulbase_sl

    Technology

    Mai 1, 2017

    FAZER... O QUE QUISER!

    Portanto, já vimos de tudo! Tudo o que os olhos podem ver e o cérebro consegue arquivar, enquanto conhecimento... Mas vimos mesmo? É mesmo possível pensar que alguma coisa no mundo não possa evoluir?

  • 14279036_127247534397015_777594915_n

    Helthcare & Wellness

    Abr 1, 2017

    UMA LUVA QUE DEVOLVE A FORÇA À MÃO

    Depois de ter chegado à final do "Microsoft Imagine Cup", com o protótipo de uma luva que devolve a força à mão e que permite levantar objectos até 40 quilos, a NUADA, é uma das startups do momento.

  • architectureimg.com-medieval-neuschwanstein-castle-germany-photography-architecture-scenery-bavaria-landscape-wide-screen-image-gallery

    Culture & Art

    Jun 1, 2017

    OS CONTOS DE FADAS E O PAPEL ESTRATÉGICO

    Para além da construção e beleza intemporais, os castelos são cenários de histórias românticas e encerram em si inúmeros mistérios e períodos da História. Modernos ou medievais, são monumentos de visita obrigatória e...


  • dsc92181550c253

    Luxury & Fashion

    Mar 1, 2017

    CRIPTOMÉRIA - MALEÁVEL, LEVE E AROMÁTICA

    Do primeiro-ministro das Bermudas ao presidente da IBM Portugal, foram algumas das personalidades que encomendaram uma mala de senhora no mínimo inovadora e invulgar, para oferecer à esposa e ou a amigos. Trata-se de uma mala feita...

  • #Formato_Certo_para_Site_YVP_Imagens

    Home & Design

    Out 17, 2018

    LEGO PLANTS FROM PLANTS

    "No passado mês de Março, a Lego anunciou que irá produzir as peças da marca, usando plástico à base de plantas num movimento para usar materiais sustentáveis, ​​na maioria dos produtos e embalagens até 2030."

    ...

  • 42-160319-AFRIC-ESIA-070-credit-Deakin-University

    Science & Nature

    Ago 1, 2017

    OUÇA COM ATENÇÃO

    Técnicas revolucionárias estão a moldar o mundo em todas as áreas e todas as temáticas. Quando olhamos em volta, vemos todo o tipo de propostas e aparelhos para preencher necessidades que nem sabíamos que eram necessárias.

    ...


  • facas2

    Business & Industry

    Ago 1, 2016

    Portuguese Cutting Edge

    The pleasure we gain while in the process of cooking depends not only on the quality of products, but on the knives used for cutting, too. Everyone fond of cooking is sure to have a set of good kitchen knives in his/her kitchen.

    ...

  • CottonPlant

    Culture & Art

    Jul 1, 2015

    Weaves of cotton

    Pakistan is today one of the main producers of textiles in the world, accounting for about 9 % of the textile needs, producing several types of textile products: cotton spinning (yarn), cotton weaving (cloth), cotton fabric, home textiles,...

  • Indonesia

    Business & Industry

    Out 1, 2016

    INDONÉSIA NO RANKING DO BANCO MUNDIAL "DOING BUSINESS"

    No Sudeste da Ásia, entre o Índico e o Pacífico e entre a Malásia e a Papua Nova Guiné, fica a Indonésia, um país que de grande dimensão, ocupando o 15º lugar a nível mundial, com 260 milhões de habitantes espalhados por...