Business & Industry

Nov 1, 2017

ENERGIA PURA, NÃO LIXO

O uso de borras de café como fertilizante para jardins é uma prática popular, devido ao seu elevado teor de azoto. Recicladas desta forma, contribuem para um ambiente de gestão de resíduos. Mas há muito mais sobre as borras de café que nem sequer suspeitamos.

Por NAHAN SULEIMAN

Como parte do processo de produção de alimentos, a indústria alimentar Suíça produz cerca de meio milhão de toneladas de resíduos orgânicos por ano. E é por isso que a indústria de alimentos está muito interessada em reduzir a quantidade de resíduos bem como reciclar utilmente os inevitáveis resíduos sempre que possível. Actualmente, cerca de três quartos desses resíduos já são reutilizados para a produção de alimentos para animais. Um pouco mais de nove por cento é para adubos e menos 11,5% é usado na produção de energia.

Um novo processo desenvolvido no Paul Scherrer Institute (PSI), na Suíça, permite recolher o metano de alta qualidade que é formado a partir de borra de café. Pesquisadores do PSI envolvidos no projecto piloto realizado em cooperação com o produtor de comida Suíça Nestlé foram capazes de mostrar que o café moído que sobrou durante a produção de café instantâneo pode ser eficientemente reutilizado para outros fins.

Para realizar as experiências necessárias, as borras de café húmido que resta durante o processo de produção de café instantâneo foram disponibilizadas pela Nestlé. As borras de café foram aquecidas numa instalação experimental de PSI a uma temperatura de cerca de 450° C e submetida a uma pressão de cerca de 300 bar.

Durante este processo, a água contida na borra de café transitou para um estado em que não é líquido nem gás, conhecido como um estado supercrítico. Isto tem a vantagem de não se dissolverem os nutrientes minerais contidos nas borras de café, como se estivessem mergulhados em água, mas são facilmente separados. A próxima etapa do processo é transformar as borras de café restantes em metano com a ajuda de um catalisador.

Os primeiros resultados são muito promissores: cerca de sessenta por cento da energia contida nas borras de café foi convertida em metano durante o projeto piloto. "Isso permitiu-nos mostrar que é tecnicamente possível extrair metano de borras de café ", disse Frédéric Vogel, Chefe de Equipa do Catalytic Process Engineering, na PSI e Professor para Energias Renováveis na Universidade de Artes e Ciências Aplicadas Northwestern Switzerland.

O metano convertido pode ser usado de inúmeras maneiras. Pode alimentar a rede de gás ou usado para produzir eletricidade. A grande vantagem deste processo é que os resíduos dos produtos utilizados no procedimento são muitas vezes húmidos, mas não precisam ser submetidos a processos de secagem, a fim de serem convertidos em energia.

Isto significa que a energia pode ser aproveitada, reduzindo os custos implicados em outros processamentos tais como a incineração de resíduos. "O desafio que enfrentamos com este processamento encontra-se em diferentes elementos que compõem os resíduos orgânicos, para os quais o procedimento deve ser optimizado em uma base caso-a-caso", explica Frédéric Vogel.

É aqui que o catalisador utilizado no procedimento desempenha um papel importante, é por isso que o PSI continua a centrar-se no desenvolvimento do catalisador.

No entanto, é necessária uma instalação mais eficiente a fim de realizar um teste de campo mais confiável. "Só então poderemos extrapolar dados industrialmente relevantes a partir destes resultados de pesquisa", diz Vogel. Atualmente essa instalação está a ser construída no PSI. Um passo importante é estabelecer a viabilidade económica do procedimento.

Entretanto, pesquisadores do PSI já estão a pensar em mais usos para a borra de café. As suas pesquisas estão focadas na aplicação experimentação e testes como fertilizante.

O projecto piloto também mostrou que os sais minerais recolhidos durante a experiência — em especial o azoto dos sais — poderiam fornecer fertilizantes de alta qualidade. Os investigadores estão agora interessados em também a seguir os resultados destas experiências.

Contactos * www.psi.ch * Paul Scherrer Institute, 5232 Villigen PSI, Switzerland * Tel: +41 56 310 21 11 *

Fax: +41 56 310 21 99

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Depositphotos_28058841_xl-2015

    Business & Industry

    Mai 1, 2017

    O CAMINHO DO SUCESSO

    Em pleno século XXI e com todos os avanços científicos e tecnológicos a ocorrer quase a ritmo diário, torna-se imperiosa uma actualização regular de conhecimentos, procedimentos e técnicas envolvidas na função essencial...

  • tv2016-10-03-15-33-28hifile1400-1

    Technology

    Mar 1, 2017

    TELEVISÕES TRANSPARENTES - ESCONDIDAS À VISTA

    Assim mesmo! O novo conceito de ter uma televisão mesmo no meio da sala sem que seja vista chegou e até é muito superior ao que seria de esperar. Mais transparência, melhor definição de imagem, muito mais qualidade.

  • 7ca7cf5fff31dbb91763cd309e05c8a6

    Business & Industry

    Mai 1, 2017

    ROLHAS QUE FAZEM BONS VINHOS

    Um bom vinho cai bem em qualquer ocasião. Porém, os cuidados necessários para que o gosto seja perfeito, como a escolha de uma boa rolha de cortiça, são detalhes tidos em conta apenas pelos consumidores mais exigentes. Em Itália...


  • c0b3fe9d8db2be5ec1c3b228963b0131_original

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    LIVRE PARA ANDAR

    O Verão está de volta ao hemisfério norte e isso significa menos roupas, mais tempo de lazer ao ar livre em praias e campo, libertar-se do sufocante vestuário de Inverno e do calçado pesado.

  • 8a646f742c77951a59ebabda7e074782

    Home & Design

    Jul 1, 2017

    PISCINAS ESCONDIDAS

    Você é o bem-sucedido proprietário de uma pequena, simpática e agradável casa, e o seu sonho é ter uma piscina para aqueles dias quentes, mas não tem o espaço que precisa no seu pátio?

  • ApisCor_febr_03

    Technology

    Mai 1, 2017

    Como se fosse magia

    Pare uma expressão figurativa: "casas crescem como cogumelos", mas em breve será literal. EM Fevereiro de 2017, na Rússia, surgiu a primeira casa com 38 m2 de área. A casa cresceu em 24 horas na cidade de Stupino, na região de...


  • Technology

    Jun 1, 2015

    Warmth and comfort

    Ah, wood. So natural, beautiful, and so good looking on your garden porch. Wouldn't it be nice if you could floor your home, or get your walls cladded with specialized thermo-enhanced wood from Finland? If so, then your choice could...

  • New real estate project in Malaysia

    Lifestyle & Travel

    Nov 30, 2015

    Novo projecto imobiliário na Malásia

    Nada melhor que um grande empreendimento residencial para potenciar a economia e cultura locais. Um novo projecto residencial e comercial está a nascer na Malásia e muitas das unidades já estão vendidas.

  • 1

    Science & Nature

    Mai 1, 2015

    Feeding your pets the right way

    When kitty meows for his chow, Purina PetCare listens. The world's largest pet food producer products are sold internationally by mass merchandisers, supermarkets, pet supply stores, and online retailers. Besides pet supplies, the company...