Business & Industry

Nov 1, 2017

ENERGIA PURA, NÃO LIXO

O uso de borras de café como fertilizante para jardins é uma prática popular, devido ao seu elevado teor de azoto. Recicladas desta forma, contribuem para um ambiente de gestão de resíduos. Mas há muito mais sobre as borras de café que nem sequer suspeitamos.

<

Por NAHAN SULEIMAN

Como parte do processo de produção de alimentos, a indústria alimentar Suíça produz cerca de meio milhão de toneladas de resíduos orgânicos por ano. E é por isso que a indústria de alimentos está muito interessada em reduzir a quantidade de resíduos bem como reciclar utilmente os inevitáveis resíduos sempre que possível. Actualmente, cerca de três quartos desses resíduos já são reutilizados para a produção de alimentos para animais. Um pouco mais de nove por cento é para adubos e menos 11,5% é usado na produção de energia.

Um novo processo desenvolvido no Paul Scherrer Institute (PSI), na Suíça, permite recolher o metano de alta qualidade que é formado a partir de borra de café. Pesquisadores do PSI envolvidos no projecto piloto realizado em cooperação com o produtor de comida Suíça Nestlé foram capazes de mostrar que o café moído que sobrou durante a produção de café instantâneo pode ser eficientemente reutilizado para outros fins.

Para realizar as experiências necessárias, as borras de café húmido que resta durante o processo de produção de café instantâneo foram disponibilizadas pela Nestlé. As borras de café foram aquecidas numa instalação experimental de PSI a uma temperatura de cerca de 450° C e submetida a uma pressão de cerca de 300 bar.

Durante este processo, a água contida na borra de café transitou para um estado em que não é líquido nem gás, conhecido como um estado supercrítico. Isto tem a vantagem de não se dissolverem os nutrientes minerais contidos nas borras de café, como se estivessem mergulhados em água, mas são facilmente separados. A próxima etapa do processo é transformar as borras de café restantes em metano com a ajuda de um catalisador.

Os primeiros resultados são muito promissores: cerca de sessenta por cento da energia contida nas borras de café foi convertida em metano durante o projeto piloto. "Isso permitiu-nos mostrar que é tecnicamente possível extrair metano de borras de café ", disse Frédéric Vogel, Chefe de Equipa do Catalytic Process Engineering, na PSI e Professor para Energias Renováveis na Universidade de Artes e Ciências Aplicadas Northwestern Switzerland.

O metano convertido pode ser usado de inúmeras maneiras. Pode alimentar a rede de gás ou usado para produzir eletricidade. A grande vantagem deste processo é que os resíduos dos produtos utilizados no procedimento são muitas vezes húmidos, mas não precisam ser submetidos a processos de secagem, a fim de serem convertidos em energia.

Isto significa que a energia pode ser aproveitada, reduzindo os custos implicados em outros processamentos tais como a incineração de resíduos. "O desafio que enfrentamos com este processamento encontra-se em diferentes elementos que compõem os resíduos orgânicos, para os quais o procedimento deve ser optimizado em uma base caso-a-caso", explica Frédéric Vogel.

É aqui que o catalisador utilizado no procedimento desempenha um papel importante, é por isso que o PSI continua a centrar-se no desenvolvimento do catalisador.

No entanto, é necessária uma instalação mais eficiente a fim de realizar um teste de campo mais confiável. "Só então poderemos extrapolar dados industrialmente relevantes a partir destes resultados de pesquisa", diz Vogel. Atualmente essa instalação está a ser construída no PSI. Um passo importante é estabelecer a viabilidade económica do procedimento.

Entretanto, pesquisadores do PSI já estão a pensar em mais usos para a borra de café. As suas pesquisas estão focadas na aplicação experimentação e testes como fertilizante.

O projecto piloto também mostrou que os sais minerais recolhidos durante a experiência — em especial o azoto dos sais — poderiam fornecer fertilizantes de alta qualidade. Os investigadores estão agora interessados em também a seguir os resultados destas experiências.

Contactos * www.psi.ch * Paul Scherrer Institute, 5232 Villigen PSI, Switzerland * Tel: +41 56 310 21 11 *

Fax: +41 56 310 21 99

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • jaeger-lecoultre-janek-deskiewicz

    Luxury & Fashion

    Jul 1, 2017

    O DESIGNER POR DETRÁS DO REVERSO

    A historia do polaco Janek Deleskiewicz é, actualmente, indissociável da história de um ícone internacional entre marcas de relógios: a Jaeger-LeCoultre; e, sobretudo do seu modelo de maior sucesso: o Reverso.

  • campeõeseuropa

    Sport

    Mai 11, 2018

    O PAÍS DO FUTEBOL

    Todos sabemos que o futebol é um fenómeno social, de paixão, quase tão irracional como ela, já que a paixão não se contabiliza, não se mede, não se avalia, nem se controla

  • NovaBateria01

    Technology

    Mai 1, 2017

    Chegaram as baterias do futuro

    Com 94 anos de idade seria de esperar que John Goodenough abrandasse o ritmo, contudo o inventor das baterias de lítio que têm permitido aumentar a longevidade da utilização dos telemóveis e o desenvolvimento de veículos eléctricos...


  • Prokudin-Gorskii-02

    Culture & Art

    Mar 1, 2017

    SERGEI MIKHAILOVICH PROKUDIN-GORSKY - UM HOMEM ESPECIAL

    A entrada de um novo século traz sempre motivações adicionais para experimentar e explorar novos mundos e novas técnicas. Algumas acabam por se mostrar vãs e até fúteis. Outras, contudo, provocam verdadeiras revoluções na...

  • cowrok

    Business & Industry

    Set 19, 2018

    Cowork

    Escritório onde e quando quiser


    Ao longo dos últimos 20 anos, o paradigma do trabalho tem vindo a sofrer imensas e radicais alterações, fruto de vários fenómenos estruturais, económicos, tecnológicos...

  • #Formato_Certo_para_Site_YVP_Imagens

    Lifestyle & Travel

    Out 15, 2018

    ANDORRA

    O Principado de Andorra é um dos países mais pequenos da Europa. É um território com apenas 468m2 revestidos por vales, montanhas, bosques, lagos e muita vida quer nos meses de verão quer nos de inverno, adaptando as ofertas...


  • Culture & Art

    Abr 1, 2015

    The Forgotten Instrument

    Russian physicist and inventor Lev Termen created the Theremin, the first electronic musical instrument in history. Unknown to many people, its unique sound is embedded in the world's pop-culture.

  • 1

    Food & Beverage

    Jun 1, 2015

    Softy, tasty, creamy

    Ben Cohen and Jerry Greenfield grew up in Long Island. They became friends in high school. After high school, Ben attended several colleges, but he would always end up being expelled.Jerry graduated from college, but could not go to...

  • 1

    Sport

    Ago 1, 2015

    Portable rehydration

    Running, biking, climbing, hiking. No matter what outdoor activity you're fond of, rehydration is a priority, but keeping a fresh and clean water source near isn't always possible. Camelbak has the solution, and the name says it all.

    ...