Culture & Art

Mar 1, 2017

UM HOMEM ESPECIAL

A entrada de um novo século traz sempre motivações adicionais para experimentar e explorar novos mundos e novas técnicas. Algumas acabam por se mostrar vãs e até fúteis. Outras, contudo, provocam verdadeiras revoluções na vida das pessoas e perduram por muitas décadas.

Sergei era um homem notável. Nasceu em 1863, em Funicova Gora, no Oblast de Vladimir (a leste de Moscovo), Rússia, e faleceu a 27 de Setembro de 1944, em Paris, França, depois do exílio a que se votou após a morte do Czar Nicolau II.

Formou-se como químico e estudou com os maiores nomes da época em São Petersburgo (Rússia), Berlim (Alemanha) e Paris (França). Não é tanto como químico que o seu nome ficou gravado na história do mundo, embora a disciplina tenha sido um forte auxiliar.

Produkin-Gosrky fica na história do mundo como um dos percutores e uma das mais importantes figuras no desenvolvimento da técnica de fotografia a cores. Como resultado dos seus trabalhos e estudos, surgiram imensas patentes de filmes positivos a cores e projecção de imagem com movimento.

O seu grande projecto de documentar, a cores, a imensa diversidade histórica, cultural e tecnológica do Império Russo surge em 1905. Era sua intenção que estes registos pudessem ser utilizados nas escolas por todo o império.

O processo que desenvolveu consistia em utilizar uma câmara que captava uma série de fotografias monocromáticas, numa sequência muito rápida. Cada imagem monocromática era captada em placas de vidro de 3x9 polegadas, com um filtro colorido diferente e, para isso, utilizou as cores vermelho, verde e azul. Posteriormente, as imagens eram reproduzidas individualmente com luz da cor adequada a cada uma delas. Era, assim, possível reproduzir a cena fotografada com as cores originais.

O engenhoso químico-fotógrafo não dispunha, contudo, de um mecanismo que lhe permitisse imprimir em tela as imagens obtidas através deste processo. Para esse efeito, Sergei obteve um poderoso aliado e mecenas: o próprio Czar Nicolau II que, tendo ouvido sobre as maravilhas desta notável figura, logo tomou a decisão de lhe atribuir a imensa responsabilidade de documentar a vastidão do império, os seus hábitos, culturas, pessoas e indústrias.

Colocou à disposição de Sergei um comboio vagão equipado com câmara escura e todos os acessórios e produtos que ele pudesse necessitar para a monumental tarefa. No mesmo gesto concedeu a Prokudin todas as autorizações necessárias para visitar todas as áreas do império, mesmo as mais restritas para que pudesse levar a cabo a tarefa.

Sergei Mikhailovich Prokudin-Gorsky percorreu todo o império entre os anos 1909 e 1915, criando um espólio de imagens documentais como nunca se tinha visto até então. Desta forma, dava a conhecer ao mundo, toda a magnitude do vasto território, a sua riqueza industrial, cultural, social e humana.

Após a morte do Czar, durante a revolução Socialista de 1918, Prokudin exilou-se em Paris, onde viria a falecer em 1944, um ano antes do final da Segunda Grande Guerra.

Em 1948, a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos da América comprou as imagens aos herdeiros do homem especial e, em 2001, a par da exposição "O Império que foi a Rússia", realizou a cópia digital de todas as imagens a partir dos três originais monocromáticos de Sergei.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 01 Glass

    Business & Industry

    Set 1, 2016

    PARA ALÉM DO VIDRO

    Actualmente, existe mais na indústria do vidro do que os olhos conseguem ver. Altamente versátil, o vidro pode ser utilizado em inúmeras necessidades diárias, combinando estética, limpeza fácil, conservação de energia ou soluções...

  • 04

    Business & Industry

    Set 1, 2016

    15 ANOS DE BANCA PARA DESENVOLVER ANGOLA

    Após 15 de existência, o Banco SOL atingiu uma dimensão que o torna uma referência entre os 27 bancos que operam em Angola. Porém, não é ser o maior que o motiva, mas estar entre os melhores que lhe abre caminho para a expansão...

  • AllPhotosBBS

    Business & Industry

    Jul 1, 2016

    RODAS DE SONHO

    A BBS, empresa fabricante de jantes, mantém este ano a sua posição de topo no mercado, tornando-se uma referência para outros fabricantes. Foi eleita 'Melhor Roda em 2016' pelos leitores das revistas auto alemãs, "Auto-Motor...


  • top-teaser-faszination

    Business & Industry

    Jun 1, 2016

    MEETING EXTREME DEMANDS

    Tungsten carbide components stand up to the highest industrial machinery requirements. Cutting tools and other instruments made of this material are highly wear-resistant, exceptionally durable, and individually applicable.

    ...

  • natural

    Home & Design

    Ago 1, 2016

    A MANEIRA NATURAL DE NADAR

    No Verão, procuramos um trabalho onde possamos aproveitar o Sol e refrescarmo-nos um pouco, quando o calor aperta. As piscinas são muitas vezes a opção para quem não gosta de ondas, ou não vive perto de água, seja rio ou mar....

  • palais-avenue-upholstered-bed-b_2

    Home & Design

    Ago 1, 2016

    QUARTOS LUXUOSOS E OUSADOS AO ESTILO FRANCÊS

    De uma necessidade pessoal, nasceu uma marca que se dedica a criar mobiliário chique, ousado e que transmite, simultaneamente, tranquilidade. A cama é o elemento principal de um quarto marcado pelo boudoir francês.

    ...


  • Technology

    Abr 1, 2015

    No More Flat Tires

    A punctured tire is the definition of a bad day, but Michelin is taking some of the sting out as it announces the opening of its newest North American plant, which the...

  • ©-GM-Corp

    Business & Industry

    Jul 1, 2015

    Australian icon

    Holden has been making cars for decades, always ensuring quality, safety and innovation in it's vehicles. The brand became na australian icon and a showcase for the country's growing auto industry.

  • Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio

    Luxury & Fashion

    Jan 31, 2016

    Conduza o Luxo

    Todos os anos, o mercado automóvel de luxo recebe novos modelos. Alguns dos maiores nomes da indústria têm sido o motor dos mercados, ao introduzir modelos que se tornaram icónicos e respeitados em todo o mundo. Mas aproxima-se nova...