Lifestyle & Travel

Dez 31, 2015

Uma das Jóias de África

A Tanzânia é uma das jóias escondidas da África. Reservas e Santuários da Vida Selvagem renomeadas mundialmente são grandes atracções turísticas desta nação Africana, mas há muito mais para fazer na Tanzânia do que possa pensar.

Locais de Património Mundial

Entre os países africanos, a colecção de sete locais classificados pela UNESCO como Património Mundial é excedido apenas pela Etiópia e África do Sul. Destes, cinco locais - Ngorongoro, Kilimanjaro, Selous, Serengeti e a Cidade de Pedra em Zanzibar – são conhecidos, mas os outros dois não são tão famosos nesta lista de prestígio global, e merecem ser reconhecidos.

Kilwa Kisiwani, uma ilha costeira a Sul de Dar es Salaam é morada das assombrosas ruínas da mais importante das cidades-estado Swahili, que floresceram como resultado do comércio de ouro entre a África e a Arábia. De facto, o viajante do século XIV Ibn Buttata elogiou Kilwa como "uma das mais bonitas e mais bem contruídas cidades do mundo".

O Sítio de Arte Rupestre de Kondoa, classificado apenas em 2006, consiste de mais de 150 abrigos em rocha nas proximidades de Kolo, no Rif Valley central. Alguns destes painéis trabalhados pormenorizadamente têm milhares de anos, e há vários que podem ser visitados como uma extensão do circuito de safari no Norte do País.

Parques Nacionais

O Tanganyika National Parks Ordinance CAP [412] de 1959 fundou a organização hoje conhecida como Tanzania National Parks (TANAPA), e Serengeti foi o primeiro Parque Nacional. A conservação na Tanzânia é dirigida pela Lei da Conservação da Vida Selvagem de 1974, que permite ao governo definir áreas protegidas e determina como é que estas são organizadas e geridas.

Os Parques Nacionais representam o mais alto nível de protecção de recursos que pode haver. Em Fevereiro de 2008, os TANAPA aumentaram para 16 Parques, com planos para expandir os já existentes. A conservação dos ecossistemas em todas as áreas designadas como parques nacionais são o assunto central da organização.

Turismo da Natureza e Vida Selvagem é a principal fonte de rendimento direcionado para gestão, regulamentação, e cumprimento de todos os mandatos organizacionais nos parques nacionais,

O papel principal dos parques naturais na Tanzânia é a conservação. Os 16 Parques, muitos dos quais formam o cerne de um muito maior ecossistema protegido, foram isolados, para preservar o rico património natural do país, e permitir zonas de reprodução segura, onde a fauna e a flora podem prosperar, longe dos interesses conflituosos de uma população humana cada vez maior.

O sistema de parques existente protege uma série de internacionalmente reconhecidos bastiões de biodiversidade e locais de Património Mundial, assim reestabelecendo o equilíbrio de áreas nacionais afectadas pela deflorestação, agricultura e urbanização. A publicação em 2002 dos Parques Nacionais de Saadani e Kitulo expandiu esta rede, para incluir zonas costeiras e habitats montanheiros anteriormente atribuídos um nível inferior de protecção.

A rede Tanzania National Parks (TANAPA) está neste momento em processo de aquisição de mais terras para a expansão de determinados parques, e aumentar a abrangência de corredores tradicionais de migração que ligam áreas protegidas.

Ao visitar a Tanzânia, está a apoiar o extraordinário investimento futuro num país em desenvolvimento. Apesar da pressão populacional, a Tanzânia já dedicou mais de 46 348,9km2 aos seus parques. Incluindo outras reservas, áreas de conservação e parques marinhos, a Tanzânia conseguiu de certa forma um acordo que protege formalmente mais de um terço do seu território – uma proporção bem maior do que a maioria das nações mais saudáveis do mundo.

Lagos e Rios

Os lagos da Tanzânia são muito variados nas ofertas as potenciais visitantes. Nos lagos alcalinos como p Lago Manyara e o Lago Natron, a vida selvagem junta-se nas planícies de sal desoladas, e os lindos cenários lembram paisagens lunares que no Ocaso se pintam de variados tons pastel.

As cidades e indústrias tiram todo o partido dos lagos de água doce na região, o maior dos quais é o Lago Victoria no Noroeste do País. A pesca é há muito tempo o pilar dos residentes que vivem em redor dos recursos naturais, e o transporte pelas muitas fronteiras africanas da Tanzânia é também uma actividade economicamente lucrativo. Graças ao fácil fornecimento de irrigação de água doce, os Tanzanianos também cultivam extensivamente as terras à volta dos lagos de água potável, e tanto as plantações de subsistência como as de venda, crescem à volta das suas margens. Os visitantes dos lagos de água doce podem inscrever-se em viagens de pesca, caminhadas, nadar e desfrutar da rica variedade de aves e peixe que circundam a água. Em muitas áreas populadas, os programas de turismo cultural são também populares.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 1986661-eye_1024

    Helthcare & Wellness

    Jul 1, 2017

    SOLUÇÕES À VISTA

    Uma das maiores causas de cegueira no ser humano é a degeneração dos fotorreceptores da retina. Até agora, não existe um tratamento clínico eficaz para estes distúrbios na retina. Mas isto parece que vai mudar em breve.

    ...

  • cientista2

    Research & Education

    Set 21, 2018

    LUTA CONTRA O CANCRO

    Cientistas portugueses na Vanguarda

    São portugueses, estudam o cancro e tentam encontrar a cura para este 'bicho'. Trazem novas teorias e formas de olhar a ciência, contribuindo de forma significativa para o mundo. 


    ...

  • 19620901_739735632865157_1070968012579382532_o

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    ESTILO OCIDENTAL, SABEDORIA JAPONESA

    Não precisa ver o filme Kill Bill-Volume 2, ser uma grande chef ou um mestre de espada para saber que as melhores lâminas do mundo são japonesas. A sua tradição no fabrico de lâminas vem desde o século XIII.


  • 1

    Science & Nature

    Out 4, 2018

    CITY TREE

    "A poluição urbana é um enorme problema em muitas cidades do mundo, e a fraca qualidade do ar pode significar um aumento em condições de doença crónica como a asma, ao mesmo tempo que dificulta as pessoas a andar, andar de...

  • AdobeStock_112601508

    Research & Education

    Jun 1, 2017

    Ciclovias que brilham

    Até há relativamente pouco tempo os materiais que brilham no escuro não tinham funções que fossem muito além do prazer decorativo. Mas a luminescência foi conquistando aplicações mais utilitárias e hoje, literalmente, está...

  • african-safari-kenya

    Lifestyle & Travel

    Ago 1, 2017

    Novo Rosto do Turismo

    O Quénia tem vindo a destacar-se como destino de preferência para os multimilionários do mundo, sendo já o terceiro destino mais popular entre a elite mundial, ultrapassado apenas pelas Seicheles e pelas Maurícias. 

    ...


  • The Chocolate Victory

    Food & Beverage

    Dez 31, 2015

    Chocolate da Vitória

    A história da Ab Vilniaus Pergale começa com a confeitaria Pergale, fundada em 1952. Famosa pela qualidade dos produtos e receitas originais há mais de 60 anos, é hoje a fábrica líder nas Repúblicas Bálticas. Não é por acaso...

  • Sweden Yachts

    Lifestyle & Travel

    Jun 1, 2015

    Sailing in luxury

    It all started in 1976 with a yacht (Sverige) that was built for America's Cup. Since then, Sweden Yachts has developed into being one of the world's leading producers of luxurious, high quality sailing yachts, helping customers to find...

  • BENETTI-PANTHERA-NAV-253_MOD_LG

    Lifestyle & Travel

    Ago 1, 2015

    Luxury afloat

    For Benetti, building yachts means carrying on the tradition of innovation, style and quality that has shaped the company's approach and culture. It means continuing to diversify production in order to satisfy the increasingly complex...