Food & Beverage

Jan 1, 2018

UMA LOUCURA DESPORTIVA

Ninguém tem investido tanto em termos de tempo e originalidade na criação de alimentos deliciosos destinados a serem consumidos em estádios de futebol – por vezes até confeccionados e servidos nos parques de estacionamento – como os estadunidenses.

Por PABLO HERNANDEZ

Enquanto que na Europa e outras partes do mundo as pessoas se deslocam aos estádios pouco antes da hora do jogo e os estabelecimentos existentes servem pouco mais que algumas opções de sanduíches e cerveja gelada, nos Estados Unidos os adeptos chegam a antecipar a sua ida em várias horas para poderem socializar uns com os outros e saborear algumas das iguarias que só se encontram neste tipo de eventos, por norma deliciosas e carregadas de calorias.

É verdade que já começam a surgir alguns food trucks num ou noutro estádio, mas estes servem ali a comida que serviriam num concerto ou no dia-a-dia na esquina ou rua onde passam o resto da semana ou da temporada turística, portanto, bifanas, sandes de courato, pretos e cachorros quentes é muito provavelmente tudo o que conseguiremos encontrar na maior parte dos estádios americanos – enquanto que nos estádios europeus os adeptos quase só procuram cerveja, quanto maior e mais gelada, melhor.

Mas demos uma vista de olhos a alguns dos espécimes criados nos EUA. Por exemplo, no jogo entre os Washington Nationals e os Chicago Cubs de 6 de Outubro de 2017 assistimos ao nascimento do "Natitude", graças a um vendedor adepto dos Nationals que decidiu combinar o nome da sua equipa do coração com "atitude" e criar o "Natitude", um hambúrguer de salsicha fumada com caranguejo que inclui também macarrão com queijo e presunto crocante da Virgínia, uma delícia que deixou muitos adeptos, e certamente alguns jogadores, a salivar.

Outra das inovações que surgiram graças à necessidade da portabilidade da comida – uma vez que muitos adeptos a compram a caminho do seu lugar ou no regresso, a caminho do carro – e de nítida inspiração asiática é o "Palito de Bacon". Na prática trata-se de uma fatia de entremeada espessa devidamente fumada, cuidadosamente trespassada por um palito de espetadas de churrasco e grelhado sobre o fogo ou assado no forno com um glacê de especiarias. As opções vão desde o doce ao intoleravelmente picante, havendo quem o apode de "rebuçado de bacon" ou "chupa-chupa de bacon", só para paladares requintados.

No estádio dos Green Bay Packers encontramos uma especialidade com raízes de Leste, uma salsicha kielbasa, típica da Polónia e da Ucrânia, servida num pão em formato de fouganza como as utilizadas antigamente pelos cavalos que puxavam carroças. A salsicha é coberta de chucrute e queijo, assada e ainda coberta com batata frita e cebola confitada. É o pesadelo de qualquer cardiologista, mas conseguiu colocar o estádio dos Packers no roteiro gastronómico dos EUA.

Ainda outra criação muito pouco kosher, embora utilize massa de baguels judaicos nas suas baguetes, é o Bacon Blitz Bread também no estádio dos Packers: as baguetes são recheadas com três tipos de requeijão, envoltas em 16 fatias de bacon e depois fritas, sendo servidas com um nadinha de queijo derretido e um copo de mostarda onde o podemos mergulhar. Uma vez mais, algo calórico, delicioso e fácil de transportar.

No estádio dos San Diego Chargers, alguém tentou inspirar-se na culinária japonesa para criar um cachorro-quente. Além da tradicional salsicha de vaca (sim, nos EUA os cachorros são feitos com salsichas de vaca, ao contrário do tradicional porco nas terras europeias) foi-lhe adicionado algas, molho wasabi, molho teriyaki (utilizado em grelhados asiáticos), maionese, furikake (mistura de sementes, especiarias e peixe seco picado) e cebola, eis o Sumo Dog.

Já no lar dos Dallas Cowboys, cumpre-se o rito tradicional do Texas, criou-se um misto de burrito com hambúrguer que dá pelo nome de Pambazo, cujo recheio tex-mex inclui puré de feijão, batatas, chouriço, queijo de Oaxaca, tiras de alface e natas azedas com opção de molho de piri-piri. Ou seja, com um pouco de inovação e inspirando-se em pratos tradicionais de todo o mundo é sempre possível criar algo que faça sucesso a qualquer adepto que queira algo mais que saciar a sua sede.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 4

    Technology

    Out 31, 2018

    ECRÃS FLEXÍVEIS ROYOLE

    "Muitas vezes é o caso de avanços tecnológicos, que são de alguma forma interessantes, mas depois passam muito tempo na fase de protótipo. Os detalhes costumam ser complicados, mas a Royole mostrou algumas telas flexíveis...

  • ApisCor_febr_03

    Technology

    Mai 1, 2017

    Como se fosse magia

    Pare uma expressão figurativa: "casas crescem como cogumelos", mas em breve será literal. EM Fevereiro de 2017, na Rússia, surgiu a primeira casa com 38 m2 de área. A casa cresceu em 24 horas na cidade de Stupino, na região de...

  • 11c91a486542ec03_565A4641.xxxlarge_2x

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    VIDA MINIMALISTA

    Com certeza, já teve a sensação de que, durante a sua vida acumulou coisas demais. Algumas até, que usou muito raramente (ou vez nenhuma) e que apenas se foram empilhando e gerando confusão.


  • Depositphotos_8485784_xl-2015

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    SEMENTES SEM COPYRIGHT

    A impressionante senda legislativa mundial chegou ao mais trivial dos produtos: os alimentos. É a mais recente tentativa do Homem, de se apoderar e controlar elementos da natureza.

  • prototipo-de-drone-ambulancia_488971

    Technology

    Ago 1, 2017

    É um pássaro?... É um avião?... É um drone!

    Capazes de captar imagens dos locais e ângulos mais inacessíveis e inesperados, os drones estão cada vez mais acessíveis aos adeptos de novas tecnologias com gosto por vídeo e fotografia. 

  • Cogumelos01

    Food & Beverage

    Mai 1, 2017

    Do Mosto ao Gourmet

    Alex Villeneuve, com apenas 21 anos e prestes a tornar-se mestre cervejeiro pela Olds College, ao aperceber-se da quantidade de mosto (o que sobra dos cereais após a fermentação da cerveja) cujo único destino era o lixo, achou...


  • 01-Muskin

    Science & Nature

    Set 1, 2016

    CABEDAL FEITO A PARTIR DE COGUMELO

    O cabedal é um material que não desaponta. As suas qualidades tornam-no adequado para ser usado numa grande variedade de itens pessoais, de malas de mão, até sapatos e carteiras. Se houvesse um novo material que não fosse animal...

  • Business & Industry

    Out 1, 2015

    Marcas Globais para Necessidades Globais

    Henkel é um nome conhecido em todo o mundo. A companhia tornou-se reconhecida pelos seus produtos de limpeza para a casa e indústria, mas cresceu durante mais de um século até se tornar um fornecedor global e líder de marcas e tecnologias.

    ...

  • 151123-santamoney-stock

    Business & Industry

    Dez 1, 2017

    BILIÕES DE EUROS EM MOVIMENTO

    Bolas, estrelas, grinaldas cintilantes, anjos, sinos, bonecos de neve, fitas, pinhas, entre outros variadíssimos enfeites e luzes, fazem da árvore de Natal o elemento central de toda a decoração natalícia. Uma indústria que...