Technology

Ago 1, 2016

TECNOLOGIA SENSÍVEL AO ODOR

Ao sentirmos um cheiro, geralmente este remete-nos para algo, seja uma pessoa, uma situação, um local ou um objecto. De facto, pesquisas demonstram que o olfacto é um dos mais activos estimuladores de memórias, em comparação com outros sentidos. Cientistas replicaram este funcionamento tecnologicamente, criando aquilo que é chamado "nariz electrónico" ou eNose.

A ideia de um nariz electrónico surgiu nos anos 1970. Com a popularização dos computadores pessoais, tornou-se finalmente possível aplicar técnicas de reconhecimento de padrões a dados de medição complexos. Quer isto dizer que os padrões podiam ser registados e mais tarde usados como comparação. Como tal, foi proposto um sensor que conseguia medir dados a nível multi-dimensional, reconhecer e correspondê-los a padrões anteriormente registados, da mesma forma que funciona o olfacto.

A tecnologia baseia-se no reconhecimento de padrões em cheiros, ou seja, cada cheiro é como uma impressão digital de partículas. O e-nariz destina-se a detectar as partículas no ar e a reconhecê-las como padrão. Assim, para uma substância poder ser identificada, terá que ter sido previamente registada, como quando um cão-polícia cheira uma amostra para procurar algo ou alguém.

A eNose Company, uma empresa sedeada na Holanda, visa desenvolver narizes electrónicos para propósitos como diagnósticos médicos, ou controlo de qualidade, entre outros, mas tendo o primeiro como prioridade. No âmbito de diagnósticos médicos, encontramos o  Aeonose™, uma unidade de diagnóstico de análise de expiração, que pode ser usada para monitorizar tuberculose, asma, cancro da garganta, e provavelmente outras doenças. O paciente sopra para dentro da unidade, que indica a necessidade ou não de ser realizarem mais exames. Já o Aetholab™ é uma unidade de diagnóstico, que analisa os gases produzidos no processo metabólico de bactérias patogénicas no sangue e outros fluidos corporais. Investigações desenvolvidas demonstraram que muitas bactérias têm metabolismos específicos, e com base neste comportamento metabólico, é possível identificar as bactérias.

A empresa apresenta uma lista das suas investigações e protótipos fora do âmbito da medicina, na qual encontramos diversos exemplos: a monitorização do tempo de vida de filtros em aplicações navais e que foi testada na Marinha Real Holandesa. É também possível a detecção de gases tóxicos específicos, graças ao facto do e-nariz da empresa poder ser facilmente miniaturizado, tornando a protecção pessoal (aviso antecipado) possível; a detecção de gases de armas químicas, gases estes que têm características específicas que podem ser detectadas e identificadas, com a adição de que o e-nariz pode ser tanto uma protecção portátil, como fixa em locais-chave; a detecção de outros químicos, como a hidrazina, um químico usado para combustível de emergência (entre outros usos) de veículos como os F-16, que é extremamente tóxica, e quimicamente equiparada ao amoníaco – o nariz electrónico da eNose Company consegue distingui-los; detecção de etileno, ao nível de ppm (partes por milhão), um gás de grande importância no crescimento de vegetais, frutas e bolbos. Outra possibilidade é a verificação da qualidade do ar de cabine, por exemplo, ao aplicar múltiplas unidades num avião para uma avaliação detalhada da qualidade do ar, permitindo à tripulação localizar a anomalia e agir em conformidade.

A eNose Company

A eNose Company nasceu como uma divisão separada de uma empresa de tecnologias que havia sido fundada em 1997 – a C-it. Esse departamento começou a trabalhar em narizes electrónicos quando lhe foi pedido que detectasse substâncias voláteis em tintas. Esta aplicação tornou-se obsoleta devido a uma alteração nas regulamentações governamentais, que levaram a indústria a mudar para tintas de água.

Este era o "empurrão" que a então C-it precisava, por isso, a empresa decidiu continuar a investigação e o desenvolvimento em narizes electrónicos, e procurar novas áreas de aplicação. Sendo uma empresa de IT, conseguiu desenvolver tecnologia própria para o fabrico de narizes electrónicos, e aquilo que era apenas um departamento da C-it, acabou por dar origem a eNose Company, em 2013. Hoje, criam novas tecnologias de diagnóstico não invasivas, reduzindo grande parte do desconforto da vida dos pacientes.

Contacts – Contactos:
The eNose Company
'Hof van Zutphen'
Industrieweg 85
7202 CA  Zutphen - The Netherlands

+31 885 585 266

info@eNose.nl

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • PrimarySchool5

    Culture & Art

    Jul 1, 2017

    ARQUITECTURA SUSTENTÁVEL

    Diz-se frequentemente que, depois de ir a África, nunca mais se é o mesmo. É o continente mais genuíno do mundo. É por isso que a sustentabilidade é tão importante.

  • ApisCor_febr_03

    Technology

    Mai 1, 2017

    Como se fosse magia

    Pare uma expressão figurativa: "casas crescem como cogumelos", mas em breve será literal. EM Fevereiro de 2017, na Rússia, surgiu a primeira casa com 38 m2 de área. A casa cresceu em 24 horas na cidade de Stupino, na região de...

  • Doha-Skyline-3

    Business & Industry

    Abr 13, 2018

    UMA NOVA ETAPA PARA O MÉDIO ORIENTE

    Infelizmente, falar de Médio Oriente traz muitas vezes associada a ideia de guerra e conflitos, pois esta região charneira entre o Ocidente e o Oriente ainda não encontrou uma situação completamente estável desde o fim do Império...


  • AdobeStock_89316902_Preview

    Science & Nature

    Jul 1, 2017

    SOBRE OS OMBROS DE GIGANTES

    O mundo vive hoje tempos conturbados e a história da humanidade tem mostrado que as crises económicas reflectem crises civilizacionais mais profundas, de valores. Processos e conhecimentos que já tínhamos dado por adquiridos são...

  • 01

    Business & Industry

    Fev 1, 2017

    UMA REGIÃO DE EXCELÊNCIA

    O "Alentejo 2020" – Programa Operacional Regional do Alentejo para o período 2014-2020 (programa de financiamento europeu para o desenvolvimento regional, neste caso, a região alentejana, em Portugal), é o resultado do trabalho...

  • #Formato_Certo_para_Site_YVP_Imagens

    Lifestyle & Travel

    Out 15, 2018

    ANDORRA

    O Principado de Andorra é um dos países mais pequenos da Europa. É um território com apenas 468m2 revestidos por vales, montanhas, bosques, lagos e muita vida quer nos meses de verão quer nos de inverno, adaptando as ofertas...


  •  Shoes that are History

    Luxury & Fashion

    Nov 30, 2015

    Sapatos que são História

    Salvatore Ferragamo iniciou a sua viagem há 100 anos atrás, quando era um adolescente visionário, e emigrou do Sul da Itália para a Califórnia, atraído pela inovação criativa, glamour e as possibilidades infinitas da emergente...

  • Dubai Chamber of Commerce

    Business & Industry

    Out 1, 2015

    Câmaras de Comércio: Negócios Unidos

    As Câmaras de Comércio existem desde o final do século XVI, quando a primeira começou a operar em Marselha, França. Após esta, o estabelecimento de novas Câmaras de Comércio à volta do globo ajudaram mercadores a chegar a novos...

  • 01-Muskin

    Science & Nature

    Set 1, 2016

    CABEDAL FEITO A PARTIR DE COGUMELO

    O cabedal é um material que não desaponta. As suas qualidades tornam-no adequado para ser usado numa grande variedade de itens pessoais, de malas de mão, até sapatos e carteiras. Se houvesse um novo material que não fosse animal...