Technology

Out 1, 2016

NÃO HÁ RAZÃO PARA TAPAR O SOL

Embora já existam invenções que nos permitem criar electricidade sustentável para uso próprio, como bicicletas, turbinas de água portáteis que geram energia através de correntes de água, nenhuma delas providencia electricidade suficiente para, por exemplo, sustentar uma casa.

<

Hoje em dia, a electricidade é gerada de diversas maneiras em centrais elétricas, com recurso a diferentes tecnologias e fontes primárias de energia, como o carvão, o gás natural e o petróleo. No entanto, estes recursos não só são extremamente poluentes, como também são finitos: cada vez mais escassos, mais caros, e um dia irão inevitavelmente acabar. É aqui que entram as energias renováveis - água, vento, sol, entre outros.

No solarengo Israel, está em marcha um projecto que visa precisamente aumentar o nível de energia renovável produzida nesse país. A Central Térmica Solar Ashalim de 121 MW já está em curso desde 2014, com conclusão prevista para finais de 2017, e situa-se no Deserto de Negev, em Israel. Trata-se de uma das maiores centrais deste tipo, para a idealização da qual foi criada uma empresa de propósito. A Megalim Solar Power Ltd está encarregue da construção e operação deste projecto. É uma empresa BOT (Build-Operate-Transfer), composta pelas americanas GE e BrightSource e pelo NOY – Fundo de Investimento para Energia e Infraestruturas, de Israel.

A estação irá funcionar por meio de milhares de espelhos controlados por computador, chamados helióstatos, dispostos numa área de 3,25km2, que seguem o Sol segundo dois eixos. A luz é reflectida numa espécie de caldeira especial, chamada Solar Receiver Steam Generator (SRSG), localizada no topo de uma torre de 240 m de altura.

Por se moverem em linha com o Sol, tal como um girassol, os helióstatos contam com algumas vantagens em relação aos painéis fotovoltaicos. Enquanto os segundos têm uma capacidade de produção que varia muito devido à sua imobilidade, que ainda por cima é menor em dias de pouco Sol, os helióstatos produzem de forma mais constante, aproveitam bem as horas de sol, e mesmo em dias mais enublados conseguem ter estabilidade. Para além disso, podem ser instalados em terrenos acidentados, algo que não é possível com os painéis fotovoltaicos.

Segundo informação da BrightSource, em Março último o projecto contava já com 1000 trabalhadores de construção no local, sendo que nessa altura já haviam sido montados e instalados 6.000 helióstatos e a construção da torre havia começado. As instalações vão incluir dois projectos térmicos solares, e um projecto fotovoltaico. Estima-se que, produzir-se-ão no total perto de 300 MW de energia.

Por acordo a longo prazo, parte da energia gerada pela Ashalim irá ser vendida ao governo israelita, suficiente para fornecer 120.000 casas com energia ecológica, ajudando assim o país a atingir o compromisso de ter 10% da produção de energias a partir de fontes renováveis até 2020. Espera-se com esta central eléctrica evitar cerca de 110.000 toneladas por ano de emissões de CO2.

Estamos a entrar numa nova Era. Sendo a energia eléctrica uma necessidade crescente, há que visar a sua produção e facilitar o acesso a ela. Com alguma dedicação, sorte e investimento, é possível produzir energia renovável suficiente para alimentar o Mundo. Fontes de energias renováveis há várias: as correntes dos rios e oceanos, o vento, o sol. Há muitos pontos por onde começar a expansão da energia renovável. Actualmente, as principais centrais eléctricas funcionam através de modos e meios extremamente poluentes, que reduzem diariamente a qualidade de vida no Planeta, mas é possível transitar para um modo de vida mais sustentável. Se há Sol para nos dar energia, não há razão para o tapar com poluição.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Diane-Van-Furstenberg-10099DVFSVABB_A1

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2017

    O MUNDO EM COLLANTS

    Lisos, com laços, bolas ou em renda, rasgados, de rede, brilhantes, opacos ou transparentes, com ou sem ligas, de descanso, push up ou especiais para grávidas, os collants são hoje uma peça de vestuário indispensável, que...

  • 1st-Sydney-TonerPave-Street-Sept14-3(1)

    Business & Industry

    Abr 28, 2018

    RECICLAR, REUTILIZAR, REPAVIMENTAR

    O e-lixo é um problema crónico e global de poluição. Relatórios da United Nations University demonstram que apenas 20 por cento do e-lixo gerado, é depois colocado em programas oficiais de reciclagem

  • 1

    Lifestyle & Travel

    Dez 11, 2018

    Hotéis de sete estrelas

    " Você deve ter notado que qualquer hotel em que você já se tenha hospedado orgulhosamente anuncia sua "classificação por estrelas". A maioria dos hotéis nos Estados Unidos opera num sistema cinco...


  • epo15_Jonkers-0322_9F0C9396E8DC4F75A713C3D05913F5AB

    Science & Nature

    Jun 1, 2017

    Um salto tecnológico

    Edifícios e estruturas que podem, por magia, regenerar por completo as rachas causadas pela pressão, mudanças de temperatura ou humidade? O que era um cenário de ficção científica apenas há alguns anos é já uma realidade...

  • nokia-3310-comparaison

    Technology

    Jun 1, 2017

    PARA OS NOSTÁLGICOS

    Se existe um telefone que desperta nostalgia, esse telefone é o Nokia 3301. É um dos telefones mais populares de sempre, relembrado por sua quase indestrutibilidade, bateria de longa duração e o lendário jogo Snake (bom, Snake...

  • 1.-FIFAs-World-Cup-Opens-The-Door

    Business & Industry

    Fev 1, 2018

    MUNDIAL DA FIFA ABRE PORTAS

    Curiosamente, para a realização dos dois últimos Campeonatos do Mundo de Futebol (2010 e 2014) e o que se realiza este ano, a FIFA escolheu pela primeira vez 3 países classificados como BRICS: África do Sul em 2010, o Brasil...


  • Metal solutions

    Business & Industry

    Dez 31, 2015

    Soluções de metal

    Jansa Metal foi fundada em 1982 por Don Josep Juanola Malirach, produzindo vigas, vigas soldadas, estruturas para construção e vigas personalizadas com formas especiais, bem com o outras estruturas de aço destinados a edifícios que...

  • Motorway-Of-The-Sea-Speed-Up-Globalization-1

    Business & Industry

    Jan 1, 2018

    ACELERAR A GLOBALIZAÇÃO

    Os oceanos são o principal suporte das redes de transporte intercontinental de mercadorias – nomeadamente entre a Ásia e a América do Norte, e a Ásia e a Europa Ocidental – contribuindo decisivamente para o fortalecimento...

  • alger_front_de_mer

    Business & Industry

    Abr 1, 2016

    Caminho Aberto a Novos Negócios na Argélia

    Detentor de uma das maiores reservas de petróleo e de gás natural do mundo, bem como de uma excelente localização, a Argélia tem desempenhado um papel fundamental para a estabilidade política no Magreb, Norte de África e na...