Business & Industry

Fev 29, 2016

NOVAS GRANDES OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS NO IRÃO

Depois de vários anos de isolamento, devido às sanções impostas desde 2006 sob a égide das Nações Unidas, com a alegação de que o programa nuclear adoptado pela República Islâmica do Irão não tinha apenas fins civis para produzir energia, mas também finalidades militares. O Acordo muito completo, assinado em Julho de 2015 entre o Irão e os Estados Unidos da América, Rússia, China, Alemanha, França, Reino Unido e União Europeia veio retirar aquelas sanções e permitir ao Irão voltar à comunidade mundial de negócios.

Poucas semanas após a histórica visita do Presidente Hassan Rouhani a Itália e França e da visita de diversos ministros a outros países, o Irão assinou grandes acordos comerciais que ascendem a 40 mil milhões de Dólares. O maior foi a compra de 118 aviões Airbus, incluindo 12 A-380, o maior avião civil, um investimento de 22 mil milhões de Dólares. Outros grandes investimentos foram considerados, tais como a modernização de duas refinarias, o alargamento de dois terminais aeroportuários, a expansão da fábrica de automóveis Peugeot e outros projectos.

O Irão não é procurado apenas para grandes investimentos destinados a modernizar e recuperar a sua capacidade económica e a competitividade, que estavam limitadas por causa do impacto das sanções. Sendo um País com cerca de 82 milhões de habitantes e um PIB na ordem dos 420 mil milhões de Dólares, bem como um grande produtor de petróleo e gás, pois tem a 4ª maior reserva de petróleo e a 2ª maior reserva de gás natural (a seguir à Rússia), o Irão tem um enorme potencial para desenvolver outras áreas, como a agricultura, as indústrias transformadoras, as energias renováveis e o turismo, etc. Este país tem extensas áreas aráveis, pelo que é um bom destino para investir na produção de alimentos para o mercado interno e exportação, e procura activamente novos investimentos na produção de energias renováveis, centrais eólicas e solares, para substituírem as velhas e tradicionais centrais térmicas.

O turismo é um sector promissor no Irão. Apesar das restrições impostas por diversos países a visitas dos seus cidadãos ao Irão, assim como da falta de voos e de hotéis, mais de 4 milhões de turistas visitaram o Irão em 2014. Até 2015, considerando o levantamento das sanções, prevê-se que 20 milhões de turistas visitem o país, o que significa uma enorme oportunidade de negócios na construção, infraestruras e hotéis, avaliada em 30 mil milhões de Dólares nos próximos anos. Para além da procura de novas oportunidades de negócios, a principal razão para visitar o Irão não se prende só com as belezas naturais, como desertos, praias e estâncias de ski, mas também com o facto do Irão ter 19 sítios classificados pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, nomeadamente, Persépolis, Shiraz e Isfahan, cidades conhecidas há muitos séculos, pois a civilização Persa é uma das mais antigas (com cerca de 3.000 anos), durante muitas dinastias, antes e depois da Islamização no século VI. Muitas agências de viagens, inclusivé nos Estados Unidos da América, estão hoje muito ocupadas a organizar viagens para milhares de turistas que desejam ver estes locais históricos, milenares, e conhecerem mais profundamente esta cultura.

O Irão é um parceiro essencial no processo de paz no Médio Oriente, em virtude do papel histórico que a Pérsia, hoje denominado Irão, sempre desempenhou na região, mas é igualmente grande a sua importância em termos económicos. Actualmente, são muitos os países que organizam missões comerciais de investimento para contactarem Câmaras de Comércio e Indústria e para estabelecerem parcerias com empresários e empresas Iranianos, o que faz com que os hotéis deTeerão estejam normalmente cheios de visitantes de todo o mundo. Quem já esteve em Teerão, uma cidade com mais de 8,5 milhões, diz que a população é muito amigável para os estrangeiros, pelo que se espera que as diferentes culturas possam coexistir com respeito mútuo por diferentes convicções e comportamentos. Por isso, não será necessário esperar muito tempo para se assistir a um aumento substancial do investimento directo estrangeiro no Irão, apesar dos Estados Unidos ainda aplicarem algumas restrições aos bancos e seguradoras que não foram removidas.

O Irão importa mais de 65 mil milhões de Dólares de mercadorias, principalmente oriundos de países da União Europeia, China, Índia, Japão, Malásia e Rússia. Agora que grande parte da economia mundial está em abrandamento ou recessão, a recuperação e crescimento do Irão é uma boa notícia, mostrando mais uma alteração rápida no balanço tradicional de poder económico no mundo.

A YOUR VIP PARTNER está sempre atenta ao crescimento potencial de países que merecem mais atenção devido às oportunidades comerciais e de investimento que vão criando. Algumas pessoas ficaram surpreendidas pela forma como actuaram para atingirem o Acordo que conduziu à remoção das sanções e a abertura imediata do Irão a novos investidores e comerciantes de todo o mundo. As Autoridades e o povo Iraniano mostram que querem ser parte da solução para melhorar o crescimento e a qualidade de vida no Irão, e os povos e Autoridades no resto do mundo mostram estar também desejosos de responder a este desafio. O Irão precisa de melhorar as infraestruturas (energia e transportes), a agricultura e pescas, a habitação, o desenvolvimento urbano, mais educação e cuidados de saúde e novos hotéis, bem como aumentar a classe consumidora.

A YOUR VIP PARTNER está particularmente interessada em seguir as tendências do desenvolvimento do Irão, chamando a atenção de investidores dinâmicos de outras áreas do mundo para o potencial de crescimento no mais atractivo país do Médio Oriente.

O Irão é um dos principais produtores de petróleo da OPEP, tendo produzido mais de 3,2 milhões de barris por dia em 2014 (o 7º maior do mundo), principalmente para refinação no mercado interno. De salientar que, só em 2014, as Nações Unidas começaram a reduzir as sanções autorizando a exportação de 1,000,000 barris por dia e libertando parte dos fundos bloqueados em contas no exterior. Apesar das sanções, o Irão acumulou cerca de 100 mil milhões de Dólares de reservas cambiais e, agora que as sanções foram retiradas, o Irão está a retomar a exportação de petróleo para a Europa, o que em conjunto com os compradores tradicionais, Índia, China, Japão, Coreia do Sul e Turquia, lhe confere maior capacidade para importar e acumular reservas cambiais.

 Após muitos anos de sanções que isolaram o Irão, a maior atracção para o investimento directo estrangeiro são as novas oportunidades que a diversificação da economia traz, principalmente na expansão e modernização das infraestruturas, centros comerciais, hotéis, edifícios de escritórios, etc., nas cidades principais, especialmente na capital Teerão.

Para uma análise objectiva da situação actual e apreciar as novas oportunidades, a revista YOUR VIP PARTNER recomenda a potenciais investidores que recorram ao serviço de consultores especializados com conhecimento profundo do Irão, mais concretamente sobre como fazer negócios neste país que é um novo desafio.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • parrilla

    Food & Beverage

    Mar 1, 2017

    GASTRONOMIA DO URUGUAI - UMA DELICIOSA SURPRESA

    Tido muitas vezes como um continente de desequilíbrios, a América do Sul guarda ainda muitas pequenas maravilhas quase inexploradas. É o caso do segundo menor país deste continente, o Uruguai. É um dos países mais desenvolvidos...

  • NovaBateria01

    Technology

    Mai 1, 2017

    Chegaram as baterias do futuro

    Com 94 anos de idade seria de esperar que John Goodenough abrandasse o ritmo, contudo o inventor das baterias de lítio que têm permitido aumentar a longevidade da utilização dos telemóveis e o desenvolvimento de veículos eléctricos...

  • Gourmet01

    Lifestyle & Travel

    Jun 1, 2017

    Cruzeiros Gourmet

    A família Bhende decidiu inovar e, no passado mês de Abril, estreou o primeiro navio, hotel e restaurante de Bombaim, apostando em cruzeiros gourmet de luxo a bordo do AB Celestial. 


  • enko-running-shoes-7

    Sport

    Ago 1, 2017

    EM FORMA SEM LESÕES

    Praticar vários desportos, com a intenção de estar em forma e saudável, é quase obrigatório, por estes dias. As pessoas parecem ter muitos cuidados e preocupam-se bastante com a sua qualidade diária de vida e também a do futuro.

    ...

  • AdobeStock_54112868

    Home & Design

    Mar 1, 2017

    BIOMIMÉTICA - CIÊNCIA DA IMITAÇÃO

    Muitos exemplos podem servir para ilustrar a aplicação da Biomimética, não só em tecnologia de vanguarda, mas também em objectos quotidianos. Hoje em dia a Biomimética é parte do design, da física, química, engenharias várias...

  • 1

    Business & Industry

    Dez 18, 2018

    AZERBAIJÃO

    O antigo, o novo e o futuro

    " O Azerbaijão é um país que impressiona em vários aspectos e é relativamente desconhecido nos países ocidentais. Partindo desde logo pelo facto de – ao contrário que muitos pensam...


  • 1

    Food & Beverage

    Jun 1, 2015

    Organic Matters

    Grocery industry was one of the first to adhere to organic product trend, around 20 years ago, making it possible for Denmark's organic production growth until today, to become proporcionally one of the countries with the highest rate...

  • panoramica

    Lifestyle & Travel

    Dez 1, 2017

    UM PARAÍSO PRIVADO

    O castelo de Monsaraz - aldeia medieval por onde passaram diferentes povos e culturas ao longo da história – lança o seu olhar atávico sobre esta extraordinária propriedade, aninhada no seu sopé.

  • 11-1

    Business & Industry

    Dez 1, 2017

    SONHOS DE PRINCESA

    Será rara a menina que não cresceu a desejar querer ser uma princesa da Disney – os filmes, livros e revistas de banda desenhada da gigante norte-americana entraram no imaginário popular mundial ao longo das suas décadas de...