Sport

Mar 1, 2017

RUGBY EM CADEIRA-DE-RODAS - NUNCA DESISTIR

Poderíamos imaginar que o rugby é um jogo demasiado físico, para ser praticado por pessoas com deficiência. Bem, com crianças seria o mesmo, mas elas adoram. As pessoas com deficiência não são flores e, com a postura correcta perante a vida, podem ser pessoas perfeitamente normais e praticar qualquer desporto no mundo. E o rugby não é uma excepção.

Está bem! Pode parecer perigoso, pode parecer traumatizante, até pode parecer digno de gente doida. Mas devemos perguntar: como dizer a uma pessoa com deficiência que não pode fazer algo, devido à sua incapacidade? E outra pergunta: é justo colocar tal pergunta?

Rugby não é um desporto exclusivo para atletas sem deficiência. É um jogo robusto, muito físico, com regras muito claras, para homens e mulheres que utilizam cadeira-de-rodas. E alguns formatos do jogo exigem que os jogadores sejam quadriplégicos, enquanto outros formatos exigem o compromisso de, pelo menos, três membros.

A cada jogador é atribuída uma classificação, que reflete o grau de compromisso do jogador. As equipas devem ter um ponto de limite, o que significa que devem ser compostas por jogadores com diferentes graus de compromisso para poderem ser aceites num jogo.

Originalmente, o jogo chamava-se "murderball" (bola assassina, quando traduzido para português), ou rugby de quads, nos Estados Unidos. O rugby de cadeira-de-rodas inclui muitos aspectos do rugby normal, e também elementos dos basquetebol e do andebol; desportos em que homens e mulheres utilizam cadeiras manuais, jogados em pavilhão, e que podem competir juntos na mesma equipa.

A finalidade dos jogadores é levar a bola a passar a linha do adversário. E sem dissimulações: com o uso de força bruta, se necessário! O contacto físico entre jogadores, contudo, não é permitido. Em vez disso, os praticantes usam a cadeira para bloquear os adversários. Novamente: a sua percepção sobre as pessoas com deficiência, vai ser testado; este é um desporto duro e bruto, e não há tempo para que seja jogado com gentileza.

Os principiantes, podem praticar o jogo numa cadeira normal, mas se vir fotos ou catálogos de cadeiras especiais, verá que existem muitas diferenças. As cadeiras profissionais são mais leves, mais fáceis de manobrar e muito mais rápidas. E também, as rodas traseiras são abertas para permitir mais aderência e estabilidade no pavimento.

A bole é semelhante à uma bola de voleibol, embora haja casos em que é igual a uma bola normal de rugby. Tudo depende do nível do jogo. O campo é igual ao de um jogo de basquetebol. Piso em madeira, com linhas laterais, linhas de base, linha central, um círculo central e duas áreas de golo, perfeitamente demarcadas.

As equipas são compostas por quatro jogadores, mas podem ser compostas por 12 jogadores. Os jogos são jogados em quatro partes, de oito minutos cada, com intervalos entre dois a cinco minutos entre cada parte.

Os pontos são marcados de cada vez que um atleta tem controle firme sobre a bola e cruza a linha de ensaio do adversário com duas das quatro rodas.

O contacto entre as cadeiras, é um ponto fulcral do jogo. Atingir a cadeira do adversário na parte de trás das rodas traseiras, contudo, pode levar a um pião, e é falta. Por ser um confronto físico directo com o adversário. Esta penalidades são castigadas com um minuto de expulsão ou até desqualificar o jogo.

E há limites para a regra de posse de bola para um único atleta: dez segundos, após os quais, o árbitro toma posse da bola e oferece-a à outra equipa. Uma vez ganha a bola, a equipa tem 40 segundos para marcar.

A equipa pode reclamar "tempo" por 30 segundos, e os treinadores, podem pedir um minuto.

Se houver um empate no final dos quatro períodos, joga-se um tempo extra de três minutos. E, os tempos extra de três minutos serão repetidos, sempre com intervalos de dois a cinco minutos, até que uma das equipas vença o jogo.

O rugby em cadeira-de-rodas foi inventado no Canadá em 1977, como forma de integrar atletas quadriplégicos no âmbito do desporto. Do Canadá, espalhou-se pelos Estados Unidos e é agora um desporto Paralímpico, jogado em 26 países.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • AdobeStock_54112868

    Home & Design

    Mar 1, 2017

    BIOMIMÉTICA - CIÊNCIA DA IMITAÇÃO

    Muitos exemplos podem servir para ilustrar a aplicação da Biomimética, não só em tecnologia de vanguarda, mas também em objectos quotidianos. Hoje em dia a Biomimética é parte do design, da física, química, engenharias várias...

  • Depositphotos_4906403_xl-2015

    Business & Industry

    Dez 1, 2017

    UM NOVO PASSO PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO

    Angola é o 3º país do mundo que maior apoio financeiro tem recebido da China. A reconstrução e desenvolvimento de Angola a partir de 2003 beneficiou desse apoio, especialmente para a construção de novas infraestruturas e novas...

  • 2-crowdfunding

    Food & Beverage

    Jun 1, 2017

    Para lá das Garrafas

    Os laboratórios Skipping Rock, sedeados no Reino Unido, assumiram como missão erradicar o desperdício causado pelas garrafas e copos de água criando a Ooho!, o primeiro de muitos produtos que, prometem, irão revolucionar as coisas...


  • Real-Liga-Naval-Espanhola

    Culture & Art

    Mai 31, 2018

    HONRAR E PRESERVAR A HISTÓRIA

    Portugal e Espanha partilham uma das mais longas histórias do mundo no capítulo da tradição naval, sendo inclusivamente comum os casos de monarcas de ambos os países com formação académica nas escolas militares navais

    ...

  • #Formato_Certo_para_Site_YVP_Imagens

    Home & Design

    Out 17, 2018

    LEGO PLANTS FROM PLANTS

    "No passado mês de Março, a Lego anunciou que irá produzir as peças da marca, usando plástico à base de plantas num movimento para usar materiais sustentáveis, ​​na maioria dos produtos e embalagens até 2030."

    ...

  • 42-160319-AFRIC-ESIA-070-credit-Deakin-University

    Science & Nature

    Ago 1, 2017

    OUÇA COM ATENÇÃO

    Técnicas revolucionárias estão a moldar o mundo em todas as áreas e todas as temáticas. Quando olhamos em volta, vemos todo o tipo de propostas e aparelhos para preencher necessidades que nem sabíamos que eram necessárias.

    ...


  • Are you ready for 3D printing revolution?

    Technology

    Fev 29, 2016

    A Revolução da Impressão 3D

    A impressão 3D pode parecer uma coisa estranha. De facto, é semelhante a clicar no botão de "imprimir" no ecrã do computador e enviar um ficheiro digital como um texto para a impressora de jacto de tinta. A diferença está no tipo...

  • facas2

    Business & Industry

    Ago 1, 2016

    Portuguese Cutting Edge

    The pleasure we gain while in the process of cooking depends not only on the quality of products, but on the knives used for cutting, too. Everyone fond of cooking is sure to have a set of good kitchen knives in his/her kitchen.

    ...

  • Gaming Lounge

    Lifestyle & Travel

    Jan 1, 2015

    Design and Nature

    As the first and most iconic element of the Troia Resort Master Plan, the Hotel and Casino sets the standard for design. Sustainable features, ecological sensitivity and a close relationship with the beautiful natural surroundings define...