Luxury & Fashion

Nov 30, 2015

Melancolia sob a Chuva

A visão da Stutterheim é a de trazer bons acessórios e roupas para a chuva, recheados de habilidade, paixão e autenticidade, levados até si de uma forma verdadeira. A marca está sediada em Estocolmo e tem vendedores por todo o mundo.

Alexander Stutterheim tinha há pouco tempo descoberto a antiga gabardina do seu avô num celeiro abandonado. As memórias voltaram naquele momento, e sentiu uma vontade instantânea de a usar. Prática e espantosamente estilosa, era no entanto enorme, quase uma tenda. Com muito cuidado, levou-a para casa e imaginou-a numa versão contemporânea e actualizada. Uma homenagem ao seu avô.

Após a descoberta, foi comprar oleado, colocou-o no chão da cozinha e fez o corte usando o casaco antigo como molde. Após alguns aperfeiçoamentos, ali estava: a gabardina dos anos 1960, adaptada para o homem e a mulher modernos.

Alexander levou o protótipo à última fábrica têxtil na Suécia, na pequena terra de Borås. Assim que conheceu o gerente, Johan Käll, e as costureiras Birgitta e Lena, soube que eram as pessoas certas. Uma combinação perfeita. Com a sua perícia, habilidade e atenção aos detalhes e materiais, aperceberam-se de que estes casacos deveriam ser feitos à mão. Uma bela maneira de honrar a durável e prática gabardina do avô.

E eis que ela surge. Com todas as costuras cobertas e seladas, com a maior qualidade, feitas à mão, com um corte clássico e discreto. Os primeiros 200 casacos, Arholma Svart, foram feitos e vendidos a partir do apartamento de Alexander. Cada casaco foi assinado e numerado pelas costureiras, e ainda o são, para ter a certeza de que a qualidade supera os melhores standards.

Ao fim de dois meses, este negócio teve que ser relocalizado. A nova loja, sala de exposição e sede, tornou-se o local para experiencias dentro do âmbito da chuva e negrume. E, de hoje em diante, será onde toda e qualquer nova ideia e produto irá nascer.

Alexander conseguiu dar nova vida à velha gabardina do avô. Um casaco para usar no campo, no mar, ou só para dar um passeio pela cidade. Estar bem vestido, mesmo durante uma tempestade é agora possível.

Feitos à Mão

Todos os casacos da Stutterheim são integralmente feitos à mão, e com grande atenção ao detalhe. Os materiais são escolhidos após um cuidadoso processo e as costureiras investem a sua energia e amor em cada casaco que saí da fábrica. Porquê? Porque a qualidade importa, e faz-nos sentir melhor, mais belos e mais à vontade.

Algo ser feito à mão neste mundo digital e sempre interligado é algo raro. É o oposto polar daquilo a que estamos habituados, a velocidade a que tudo anda, e os curtos seis meses que passam entre modas levam a que o seu casaco favorito entre em saldo e desapareça antes que tenha tido oportunidade de o adquirir. Com a Stutterheim, o lento é apreciado, tal como a manufactura e a atenção ao detalhe.

O Casaco Stockholm é a gabardina perfeita, em diversas cores. Todas as costuras são isoladas duplamente, para assegurar a melhor protecção que há.

O Casaco Arholma vem em várias cores, todos feitos a partir do melhor algodão impermeabilizado que há. Cosido à mão e com cada costura é coberta também à mão, para asseguram protecção total durante a fuga da tempestade torrencial. A grande diferença entre os casacos Arholma e Stockholm e que o Arholma tem um bonito forro de algodão, com um bolso onde o seu telemóvel irá caber confortavelmente, e onde ficará protegido da chuva. Todos os casacos Arholma são numerados e assinados pelas costureiras como selo de qualidade perfeita.

O Casaco Mosebacke é a versão com corte em A da icónica gabardina. Este modelo feminino tem uma silhueta muito actual, com um corte bem espaçoso. Feito à mão com algodão impermeabilizado, vem sem forro e com as costuras seladas.

O Casaco Skeppsbron é a aposta da Stutterheim num clássico casaco assertoado. Feito à mão, e também de algodão impermeabilizado, este casaco de abotoamento duplo vem sem forro, e com botões de mola escuros.

O casaco Arvid é feito com tecido de Limonta – o melhor produtor de algodão do mundo, fundado em 1893. Para este casaco, o algodão permite o melhor algodão protegido e impermeável. O processo de Limonta começa por tingir os fios à mão, e após secar integralmente é introduzido na tecelagem, antes de ser tratado entre camadas para um isolamento impermeável. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • cientista2

    Research & Education

    Set 21, 2018

    LUTA CONTRA O CANCRO

    Cientistas portugueses na Vanguarda

    São portugueses, estudam o cancro e tentam encontrar a cura para este 'bicho'. Trazem novas teorias e formas de olhar a ciência, contribuindo de forma significativa para o mundo. 


    ...

  • slide-1

    Food & Beverage

    Mai 28, 2018

    A ARTE DOS DOCES

    Girassol, amendoim ou sésamo de halva, com aditivos ou sem eles, amêndoa, nozes e outros frutos secos, o aromatizante de creme mais delicado, a mais deliciosa pasta turca – em qualquer um dos doces da marca irá encontrar uma...

  • germans-ermics-salone-del-mobile-2017-milan-design-week-furniture-glass-chairs-_dezeen_hero-a

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    CORES TRIDIMENSIONAIS

    Para o designer letão Germans Ermičs, a importância da cor vai muito além do seu sentido decorativo. Um grande exemplo disso, são as suas peças de mobiliário translúcidas, formas perfeitas que se fundem no espaço.

    ...


  • african-safari-kenya

    Lifestyle & Travel

    Ago 1, 2017

    Novo Rosto do Turismo

    O Quénia tem vindo a destacar-se como destino de preferência para os multimilionários do mundo, sendo já o terceiro destino mais popular entre a elite mundial, ultrapassado apenas pelas Seicheles e pelas Maurícias. 

    ...

  • Depositphotos_100938160_xl-2015

    Culture & Art

    Jun 23, 2018

    PRAZER CARIBENHO E DIVERTIDO

    Em todo o mundo existem duas formas de expressão que são transversais a todas as camadas da sociedade: música e dança popular. Curiosamente (ou não), ambas ambas resultam de um cruzamento de culturas. Não admira, por isso, encontrar...

  • Yara Birkeland 2

    Technology

    Jul 1, 2017

    AUTOMATIZAR, AUTONOMIZAR

    Está planeado que inicie actividade no final de 2018. A ideia é cumprir pequenos trajectos, ligando três portos, por entre os fiordes a Sul de Oslo, na Noruega.


  • Stadium-Foods-One-Mad-Sport-1

    Food & Beverage

    Jan 1, 2018

    UMA LOUCURA DESPORTIVA

    Ninguém tem investido tanto em termos de tempo e originalidade na criação de alimentos deliciosos destinados a serem consumidos em estádios de futebol – por vezes até confeccionados e servidos nos parques de estacionamento...

  • _MG_0221

    Food & Beverage

    Mai 1, 2016

    Ligando Lisboa ao Mundo

    A funcionar há um ano, a Lisbon Business Connections – LBC é uma plataforma de promoção empresarial da cidade de Lisboa, que tem na figura dos Conectores os principais embaixadores. A importância destes funde-se com a da LBC,...

  • Competir-Internacional-Highlight-Over-Portugal-1

    Business & Industry

    Jan 1, 2018

    COLOCAR PORTUGAL EM DESTAQUE

    Fiel ao seu objectivo de colocar Portugal em destaque no mapa mundial da indústria agro-alimentar, a Competir Internacional avança com segurança para mercados, ainda pouco explorados.