Food & Beverage

Nov 1, 2016

CARNE QUE SE DERRETE NA BOCA

O bife Kobe, tão aclamado mundialmente, resulta da raça bovina Wagyu. Originária do Japão, esta carne tem sido igualmente produzida na Austrália, e é utilizada por grandes chefs.

Imagine uma carne que, ao ser colocada na boca, se desfaz de tão tenra que é, e ainda lhe oferece um sabor inigualável. Ela existe, é considerada produto de luxo e, por isso, é a carne mais cara do mundo. O preço por quilo pode alcançar valores verdadeiramente altos.  

Esta carne resulta da raça Wagyu, que significa "bovino japonês". É, então, originária do Japão mais concretamente da província de Kobe, que deu nome ao famoso bife homónimo. Os bovinos Wagyu distinguem-se dos restantes por manterem a genética dos seus ancestrais. É deles que resulta o bife Kobe, famoso devido à grande quantidade de gordura entre fibras, habitualmente designado por marmoreio, e tão valorizado por quem aprecia carne gourmet. Quanto mais marmoreio, mais tenra, macia e saborosa é a carne. Devido à sua qualidade, esta carne é também utilizada em sushi. Além do Japão, também a Austrália se tem distinguido, internacionalmente, na criação e na comercialização da raça Wagyu.

Das particularidades associadas à raça Wagyu, diz-se que os animais recebem massagens para que a gordura se distribua uniformemente. Podem, mesmo, beber cerveja e vinho de arroz, assim como ouvir Mozart. Estes cuidados na sua criação apontam para a excelência do produto.

Mayura Station

Situada na Costa de Calcário, na Austrália do Sul, a Mayura Station é uma das produtoras de carne mais antigas e respeitadas do país. A marca foi fundada em 19 de Junho do ano 1845, e tem-se destacado pela produção da carne, sendo mundialmente conhecida como a mais saborosa de todas. A produção da raça Wagyu é feita desde 1997, em terrenos férteis e clima moderado, condições consideradas essenciais para a criação de gado com sangue 100% Wagyu.

Privilegia-se a alimentação lenta do gado, em colinas de pedra calcária para que receba o cálcio necessário ao seu desenvolvimento. A empresa construiu um celeiro com pó de serra para garantir o conforto dos animais que crescem lentamente, sem recurso a hormonas ou a medicamentos. A produtora aposta num programa de rotação de culturas, que permite uma dieta à base de cereais, trigo, legumes, favas ou milho, e valoriza o controlo de qualidade e a segurança alimentar.

A Mayura Station produz carne de textura incomparável, suculenta e de sabor amanteigado. Comercializa três selos: ouro, platina e assinatura. O selo ouro distingue-se pelo equilíbrio de níveis médios de marmoreio e pelo sabor rico e robusto. No selo platina destaca-se o equilíbrio entre marmoreio suave e sabores distintos, um marmoreio maior proporciona uma carne suculenta e macia. O selo assinatura refere-se a um marmoreio mais intenso, em que a carne parece saber a manteiga e noz e tem uma textura suave e suculenta. Esta empresa tem distribuidores em Singapura, Dubai, Hong-Kong, China, Nova Zelândia, Filipinas e, claro, na Austrália.

Blackmore Wagyu

Blackmore Wagyu é outro produtor australiano reconhecido internacionalmente. Trata-se de uma propriedade familiar que, há cerca de 25 anos, pensa ao pormenor o processo de produção. Aqui faz-se a monitorização da carne em todas as fases: desde a concepção ao prato. A finalidade é oferecer produtos consistentes e de qualidade, o que lhe tem valido várias distinções.

A empresa aposta em rastreios genéticos como forma de garantir qualidade. Os animais são criados em Alexandra, na zona de Vitória, Austrália, em ambiente natural e sustentável. A carne comercializada corresponde ao nível mais alto do padrão australiano. Blackmore privilegia a produção lenta que, segundo dizem, decorre ao longo de um período de quatro anos. Referindo-se à carne deste produtor, o famoso chef Heston Blumenthal, proprietário do restaurante "The Fat Duck", localizado em Berkshire, Reino Unido, disse que «a Austrália tem o melhor bife do mundo». A Blackmore Wagyu tem distribuidores na Austrália, Tailândia, Hong-Kong, Taiwan, Malásia, América do Norte, Singapura, Filipinas, Alemanha, Suíça, Emirados Árabes Unidos, China, França, Áustria e Bélgica.


Contacts – Contactos:

Mayura Station
http://www.mayurastation.com/ - sales@mayurastation.com
Telephone +61 8 8733 4333 - PO Box 52, Mount Gambier
South Australia 5290

Blackmore Wagyu
http://www.blackmorewagyu.com/
PO Box 117, Alexandra, - Victoria, 3714
Australia

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • AdobeStock_89316902_Preview

    Science & Nature

    Jul 1, 2017

    SOBRE OS OMBROS DE GIGANTES

    O mundo vive hoje tempos conturbados e a história da humanidade tem mostrado que as crises económicas reflectem crises civilizacionais mais profundas, de valores. Processos e conhecimentos que já tínhamos dado por adquiridos são...

  • food_salad_pexels

    Food & Beverage

    Abr 27, 2018

    PARADIGMA ALIMENTAR INOVADOR

    A nova tendência de alimentação chegou para ficar. As taças coloridas, as flores comestíveis e plantas saudáveis são a escolha para este ano! 

  • 11c91a486542ec03_565A4641.xxxlarge_2x

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    VIDA MINIMALISTA

    Com certeza, já teve a sensação de que, durante a sua vida acumulou coisas demais. Algumas até, que usou muito raramente (ou vez nenhuma) e que apenas se foram empilhando e gerando confusão.


  • 6120ee_380c3a7c8b5b4d3db31ca50125ff7f7b~mv2_d_4657_3264_s_4_2.jpg_srz_1081_758_85_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srz

    Sport

    Mar 1, 2017

    RUGBY EM CADEIRA-DE-RODAS - NUNCA DESISTIR

    Poderíamos imaginar que o rugby é um jogo demasiado físico, para ser praticado por pessoas com deficiência. Bem, com crianças seria o mesmo, mas elas adoram. As pessoas com deficiência não são flores e, com a postura correcta...

  • 2014-10-20 14.14.49

    Home & Design

    Mai 1, 2017

    JARDINS DO FUTURO

    Se gosta de verde, prepare o coração, pois os jardins do futuro são de tirar o fôlego e vão estar por toda a parte. Do cantinho na varanda, à cozinha, sala de estar, área de serviço, quintal e, sobretudo, nas cidades e nos...

  • 1st-Sydney-TonerPave-Street-Sept14-3(1)

    Business & Industry

    Abr 28, 2018

    RECICLAR, REUTILIZAR, REPAVIMENTAR

    O e-lixo é um problema crónico e global de poluição. Relatórios da United Nations University demonstram que apenas 20 por cento do e-lixo gerado, é depois colocado em programas oficiais de reciclagem


  • GreengageJellycreditChrisTerryweb_1500_900_85

    Food & Beverage

    Abr 1, 2016

    A Rede Social por Excelência

    Imagine o aeroporto de Barajas feito, em grande escala, de gelatina. Agora imagine o que é possível fazer-se com gelatina usando centenas de moldes diferentes. É esse o trabalho que distingue Bompas & Parr, líderes em design...

  • The Colours in Life

    Business & Industry

    Fev 29, 2016

    Pigmentando o Mundo

    Hoje em dia, quase todos os objectos são de alguma forma coloridos. Muitas das vezes, nem sequer nos lembramos de perguntar como é que determinados objectos obtêm a sua côr. É aqui que entra a Ferro, especialista em colorir o mundo....

  • AllPhotosAlbinoVieira e Filhos (1)

    Culture & Art

    Jul 1, 2016

    O ALAMBIQUE E A ARTE SECULAR DO COBRE

    Foi em 1910 que Albino Vieira dos Santos começou a trabalhar o cobre na construção de equipamentos para adegas e destilarias. Ao longo de três gerações, a família tem vindo a servir o mercado de produção agrícola e de vinho...