Business & Industry

Mai 1, 2016

MALAIAS PREFEREM FORNECEDORES INTERNOS DE AÇO

A Malásia é, actualmente, o quarto maior importador de aço de todo o sudeste asiático, tendo a República Popular da China como principal fornecedor. A China é igualmente, seguida pelo Japão e pelos Estados Unidos da América (EUA) líder na produção de aço mundial. A Your VIP Partner foi perceber a evolução do mercado do aço na Malásia.

<

Apesar de ser um país produtor desta matéria-prima, o custo de produção de aço e seus derivados, pelas siderurgias malaias, continua a ser excessivamente alto, efeito da concorrência da China (o maior produtor mundial com cerca de 822 mil milhões de toneladas em 2014), que fez contrair os preços nos mercados internacionais. Mercados esses que sofrem de um fraco crescimento e até contracção, nalguns casos.

Actualmente, a produção de aço na Malásia encontra-se muito abaixo das suas reais capacidades, não só devido à fraca formação da mão-de-obra, mas também por conta do receio no desenvolvimento dos mercados, que acaba por desencorajar um maior esforço de produção. A MISIF - Federação Malaia da Indústria de Ferro e Aço (Malaysian Iron and Steel Industry Federation, em inglês) prevê, contudo, um crescimento na produção nacional na ordem dos 4% até 2018, o que não se coaduna com as previsões de organizações e federações empresariais do sector, que prevêem um crescimento da procura interna, até 2018, entre os 11 e os 31%, graças aos planos governamentais de investimento e desenvolvimento de grandes infra-estruturas no país.

Embora tenham em conta algumas das dificuldades enumeradas, é um dado concreto que os empresários malaios preferem adquirir esta matéria-prima junto de fornecedores internos, uma vez que assim conseguem evitar as flutuações nos valores dos mercados e das taxas de câmbio, nas transacções internacionais. O país conta também com vários acordos firmados para trocas comerciais com mais de metade dos países do mundo. Para além disso, encontra-se numa região especialmente privilegiada para as rotas de trânsito internacionais.

China, Japão e EUA Lideram Mercado

Os chineses foram os primeiros a combinar ferro e carbono para produzir aço, no século I a.C., contudo apenas durante os últimos 20 anos é que assumiu a posição de maior produtor mundial. O segundo maior produtor desta matéria-prima é o Japão, com mais de 110 mil milhões de toneladas em 2014. O interesse do Japão neste material surgiu em 1958, com a construção da torre de observação e comunicação - Tokyo Tower, em que um terço do aço utilizado foi sucata retirada a mais de 90 tanques americanos abatidos na guerra da Coreia. Em terceiro lugar, com mais de 88 mil milhões de toneladas, estão os EUA. Em 1943, dado o seu envolvimento na Segunda Guerra Mundial, os EUA produziram mais de mil milhões de moedas em aço, dado que o cobre era racionado e destinado em exclusivo à guerra.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Depositphotos_100938160_xl-2015

    Culture & Art

    Jun 23, 2018

    PRAZER CARIBENHO E DIVERTIDO

    Em todo o mundo existem duas formas de expressão que são transversais a todas as camadas da sociedade: música e dança popular. Curiosamente (ou não), ambas ambas resultam de um cruzamento de culturas. Não admira, por isso, encontrar...

  • dynamiq-gtt-115-porsche-inspired-yacht-1

    Mecanica e Locomoção

    Jul 1, 2017

    ULTRA LUXUOSO

    Tem design da Porsche, mas não se destina às estradas. Tem o conhecimento dos holandeses, mas não serve para cultivar tulipas. Está a ser construído em Itália, mas é uma criação monegasca. Confuso? Em vez disso, deslumbre-se.

    ...

  • germans-ermics-salone-del-mobile-2017-milan-design-week-furniture-glass-chairs-_dezeen_hero-a

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    CORES TRIDIMENSIONAIS

    Para o designer letão Germans Ermičs, a importância da cor vai muito além do seu sentido decorativo. Um grande exemplo disso, são as suas peças de mobiliário translúcidas, formas perfeitas que se fundem no espaço.

    ...


  • 1. Technology-Remarkable-Your Paper, Digital

    Technology

    Fev 1, 2018

    O SEU PAPEL, DIGITAL

    Todos nós nos habituamos, desde os tempos da escola e da faculdade, a tomar notas em papel. Seja em conferências, reuniões de trabalho ou workshops, era quase omnipresente a utilização de blocos de notas em vários formatos e...

  • Tim-Bengel-Schlossplatz-Stuttgart-2015

    Culture & Art

    Ago 1, 2017

    AREIAS DOURADAS

    Quando se atinge uma certa idade, começamos a pensar que já vimos de tudo na vida. Podemos até pensar que não existe mais nada para criar ou para realizar de forma diferente. E depois há estas súbitas surpresas. Belas surpresas.

    ...

  • c0b3fe9d8db2be5ec1c3b228963b0131_original

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    LIVRE PARA ANDAR

    O Verão está de volta ao hemisfério norte e isso significa menos roupas, mais tempo de lazer ao ar livre em praias e campo, libertar-se do sufocante vestuário de Inverno e do calçado pesado.


  • Business & Industry

    Ago 1, 2015

    Real Estate Investments in Turkey

    Turkey is the best link between Europe Asia and Africa, meaning 1,5 billion people and a GDP of USD25 trillion are within reach. 

  • 01

    Home & Design

    Fev 1, 2017

    AS CASAS VIVAS

    Já pensou no seguinte paradoxo: uma casa, mesmo uma que seja recente, quando não é habitada, degrada-se muito rapidamente, enquanto uma casa humilde e antiga, mas explorada pelas pessoas, mantém-se boa ao longo de décadas? Não...

  • Jaime-Spaniol

    Business & Industry

    Ago 1, 2016

    PAÍS DO CARNAVAL E DOS JOGOS OLÍMPICOS ATRAI CAPITAL

    A beleza e riqueza natural que caracterizam o Brasil, das inúmeras praias, à Floresta Amazónica, e a multiculturalidade que compõe os seus habitantes, faz com que, apesar das dificuldades e críticas enfrentadas nos últimos anos,...