Mecanica e Locomoção

Nov 1, 2017

BAIXA VOLTAGEM, ALTA RESISTÊNCIA

Mil quilómetros a uma velocidade média de 120 km/h, em pouco mais de oito horas, num veículo eléctrico. Se a proposta parece interessante, aqui apenas esperamos uma resposta na linha: "pára de sonhar, rapaz, e deixa os impossíveis para a ficção". Pois, guardem bem esta informação, foi a 4 de Agosto de 2017!

<

Por LUÍS RAMALHO

O dia 4 de Agosto de 2017 estabelece um marco no futuro da mobilidade eléctrica, dentro e fora das cidades e até em viagens longas através do país (seja qual for o país). O Quantino da Nanoflowcell, representa um passo de gigante num novo conceito de viagens de automóvel. E, desta vez, nem vem da Tesla…

Quase todos os veículos baseados em conceitos alternativos de alimentação, seguem os mesmos formatos ou ideias. Apesar de todas as indicações e conselhos dados por governos e pela sociedade, a indústria automóvel está relutante em acolhe-las e torna-las viáveis, preferindo seguir o seu próprio caminho, sem implantar qualquer alternativa tecnológica.

Na Alemanha, várias marcas já refutaram a lei de eliminar viaturas a diesel até 2020 e até o grupo PSA (francês) já se mostrou relutante em assumir qualquer espécie de compromisso, face a alterações nos seus planos a longo prazo. Aos olhos dos grandes construtores, as alternativas parecem "sempre" demasiado vagas ou implicam demasiado investimento.

A Nanoflowcell, contudo, propõe algo diferente.

Como empresa jovem na área de R&D (pesquisa e desenvolvimento), a aposta está centrada no desenvolvimento de novas opções tecnológicas, mais baratas e mais fiáveis, a custos bem mais baixos, tornando-as fiáveis e ajustáveis às exigências dos construtores já existentes.

O conceito do Quantino, nasce disso mesmo!

Esta empresa suíça recuperou um conceito em tempos desenvolvido (mas abandonado) pela NASA das chamadas "baterias líquidas", para que a electricidade produzida pelos motores fosse produzido dentro da própria viatura, sem ter de recolher a baterias de armazenagem.

Para esse fim, são necessários dois líquidos (sim, e é mesmo aqui que a ideia ganha interesse), um electrólito e um outro (desenvolvido pela Nanoflowcell) que recorre a nanotecnologia. Por efeito do contacto entre estes dois líquidos através de uma membrana porosa, ocorre uma reacção química que libertas iões (energia eléctrica) água e sais.

A água é expelida através do processo de evaporação, os sais ficam retidos num filtro e (aqui, a ideia adquire muito mais interesse), a electricidade gerada pelo processo é reencaminhada para alimentar cada um dos quatro motores colocados em cada uma das rodas.

Ao todo, os quatro motores eléctricos, geram os 136 cv que transformam este pequeno automóvel de dois lugares, num desportivo eléctrico que atinge os 100 km/h em 5 segundos e consegue atingir a velocidade máxima de 200 km/h!

Apesar de, há pouco mais de um ano, o mentor do projecto, Nunzio de la Vecchia, ter conseguido rodar 14 horas seguidas numa pista de testes sem ter de para reabastecer, faltava o teste em condições regulares de funcionamento urbano.

Esse, teve lugar no tal dia 4 de Agosto de 2017, em que foi cumprida uma viagem de 1400 km, de uma só vez, em 8 horas e 21 segundos. E isto, sem emissões, já que os líquidos exigidos para o processo não são tóxicos nem libertam quaisquer gases a não ser vapor de água.

Uma vantagem deste sistema, é a possibilidade de ter um automóvel eléctrico a funcionar a apenas 48 V, em vez das altas tensões dos modelos eléctricos já em comercialização o que, não só torna esta proposta muito melhor a nível de segurança, como permite utilizar cablagens mais finas, portanto, mais fáceis de arrumar no veículo.

Naturalmente, sendo uma proposta ainda em desenvolvimento, nem tudo são flores. O Quantino gastou 190 litros da solução desenvolvida pela Nanoflowcell para percorrer estes 1400 km. O que significa um consumo de 13,6 l por cada 100 km. Apesar desta média que pode parecer (e é) brutal, a Nanoflowcell adianta que o preço de produção desta solução é incrivelmente baixo, devendo rondar os 10 cêntimos por litro.

Contactos * www.nanoflowcell.com * Böndlerstrasse 10 * CH-8802 Kilchberg

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 4897642457_ef0740e0eb_b

    Home & Design

    Mai 1, 2017

    NATURALMENTE INDUSTRIAL

    A vida não é fácil para os arquitectos e designers de interiores que gostam de usar materiais naturais na cobertura de grandes superfícies. Muitas vezes, a escolha certa, é o pior pesadelo quando procuram um fornecedor fiável...

  • african-safari-kenya

    Lifestyle & Travel

    Ago 1, 2017

    Novo Rosto do Turismo

    O Quénia tem vindo a destacar-se como destino de preferência para os multimilionários do mundo, sendo já o terceiro destino mais popular entre a elite mundial, ultrapassado apenas pelas Seicheles e pelas Maurícias. 

    ...

  • Depositphotos_8485784_xl-2015

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    SEMENTES SEM COPYRIGHT

    A impressionante senda legislativa mundial chegou ao mais trivial dos produtos: os alimentos. É a mais recente tentativa do Homem, de se apoderar e controlar elementos da natureza.


  • 9de2447c-43cf-11e6-b22f-79eb4891c97d

    Business & Industry

    Ago 1, 2017

    A NOVA CORRIDA AO OURO

    O século XXI estabeleceu uma nova revolução na indústria de energia, com a crescente utilização de lítio para alimentar quase tudo no mundo. O que costumava ser um "pato feio" na mineração do metal é agora a estrela da última...

  • Gourmet01

    Lifestyle & Travel

    Jun 1, 2017

    Cruzeiros Gourmet

    A família Bhende decidiu inovar e, no passado mês de Abril, estreou o primeiro navio, hotel e restaurante de Bombaim, apostando em cruzeiros gourmet de luxo a bordo do AB Celestial. 

  • _slc114_33093997

    Food & Beverage

    Abr 1, 2017

    PREPPER - REFEIÇÕES PARA O FIM DO MUNDO

    Graças ao popular programa do National Geographic Channel, "Preparados Para o Fim do Mundo", o fenómeno dos sobrevivencialistas passou de um mercado de nicho norte-americano centrado quase exclusivamente nos Estados Unidos da América...


  • 1

    Science & Nature

    Mai 1, 2015

    Helping patients recover

    The Orthopedic Frame Company, precursor of Stryker Corporation, was formed on February 20, 1941 by Dr. Homer Stryker, a Kalamazoo, Michigan based orthopedist. Stryker developed the Turning Frame - a mobile hospital bed that allowed for...

  • Automotive Soul

    Business & Industry

    Dez 31, 2015

    Alma Automóvel

    NPP ITELMA é um grupo científico financeiramente estável, com um sistema de gestão eficiente, engenharia significativa e recursos técnicos, sedeada em Moscovo, Rússia, e que integra empresas especializadas na produção de uma...

  • TerraSkin

    Business & Industry

    Ago 1, 2016

    ESCRITO EM PEDRA

    Embora vivamos numa "Era" digital, onde os ecrãs tácteis se sobrepõem aos livros, e o papel se tornou incrivelmente poluente e dispendioso, não conseguimos imaginar as nossas vidas sem algum tipo de papel, ou pelo menos um suporte...