Business & Industry

Nov 30, 2015

A Experiência do Banco Sol no Lançamento do Microcredito para Desenvolver Angola

O Microcrédito é um instrumento financeiro que estimula o desenvolvimento, pois permite o acesso de pessoas pobres, com escassos recursos e sem activos que possam servir de garantias aceder a empréstimos de pequenos montantes que lhes permitam iniciar um negócio ou criar uma pequena empresa, aumentando assim o seu rendimento e melhorando a sua inclusão na sociedade.

Num país africano, como Angola, que atravessou um longo período de conflitos terminados em 2002, mas que dispõe de amplos recursos provenientes da exportação de petróleo (o 2º produtor na África subsahariana) e diamantes, é importante que o Estado e os bancos desempenhem um papel activo de orientação de recursos para apoio à inserção social dos mais desfavorecidos através do uso do microcrédito como dinamizador das classes de menores rendimentos.

Pode dizer-se que esta filosofia do Microcrédito moderno começou em 1983 no Bangladesh, com o Grameen Bank, criado pelo Professor Muhammed Yunes e, a partir daí, espalhou-se por todo o mundo, em especial na Ásia, em África e na América Latina, especialmente em países com elevado peso de populações pobres. Apesar das limitações o Microcrédito passou a ser reconhecido como um instrumento financeiro importante para lutar contra a pobreza e melhorar a inclusão social.

Em Angola, o Microcrédito foi uma inovação introduzida pelo Banco Sol, constituído em 2001, e que desde o seu arranque sempre deu uma grande importância a esta modalidade de crédito para apoio a jovens empreendedores com vontade e capacidade para criar novas micro e pequenas empresas que aumentem a produção e criem empregos. Aliás, a metodologia criada e aperfeiçoada pelo Banco SOL permitiu-lhe atingir um grau de eficiência na concessão e recuperação deste tipo de crédito que mereceu o reconhecimento de muitas entidades governamentais e de empresas, inclusive diversas multinacionais que operam em Angola, para ser o seu agente para aplicar fundos especiais dedicados a programas específicos de concessão de Microcrédito.

Após 14 anos de actividade, o Banco SOL orgulha-se de que mais de 100.000 clientes beneficiaram de empréstimos de Microcrédito, totalizando mais de 116 milhões de Dólares, o que representa um valor médio de 1.320 de Dólares por cliente e significa atualmente cerca de 5 % do total de crédito concedido, o que demonstra que a dedicação do Banco Sol ao Microcrédito não tem sido uma figura de retórica sem conteúdo. Mas, disse-nos o Presidente Coutinho Nobre Miguel, o Banco SOL tem tido sempre a preocupação de conciliar esta vertente de crédito de interesse eminentemente social com os seus compromissos com os seus acionistas e com a prioridade de apoio ao desenvolvimento económico em Angola. Hoje, com mais de 600.000 clientes e um volume total de crédito de cerca de 900 milhões de Dólares, o Banco SOL posiciona-se já entre os grandes bancos angolanos e gerando mais de 41 milhões de Dólares em 2014, seguindo uma política de crescimento do crédito muito prudente, evitando o risco de deteriorar o seu nível de solvabilidade e rendibilidade, atingindo níveis muito sólidos segundo qualquer critério e mantendo uma qualidade reconhecida nos serviços prestados aos seus clientes, de acordo com as melhores práticas e padrões internacionais.

O exemplo do Banco Sol demonstra que é possível a um Banco gerido por rigorosos critérios inerentes à actividade bancária normal ter uma actuação ética e eficaz de apoio solidário à inclusão social de pessoas com fracos recursos e património, mas que revelam vontade, iniciativa e empreendedorismo para lançar microprojectos geradores de rendimentos familiares ou empresariais, o que ajuda a aumentar a produção nacional e traz cada vez mais pessoas ao sistema bancário, aumenta a cobrança de receitas fiscais e reduz a informalidade na economia.

Perante a quebra do preço do petróleo, que atualmente afecta as economias dos países, como Angola, muito dependentes da exportação de commodities, a prioridade fundamental é o fomento da diversificação da produção nacional. Tal opção abre espaço ao aumento do recurso ao Microcrédito, e o Banco SOL espera continuar a ser uma referência, pois espera que as empresas nacionais de todas as dimensões, a par com o investimento estrangeiro, desempenhem um importante papel na diversificação da economia e na criação de novas empresas e mais emprego, para que continue a verificar-se um nível aceitável de crescimento económico em Angola e noutros países africanos. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 4

    Research & Education

    Nov 2, 2018

    SISTEMA EDUCATIVO FINLANDÊS

    "Aqui vão as más notícias: caso não tenha reparado, não existe um emprego com a designação "matemático". Portanto, não incomode os seus filhos com uma formação superior como matemático – ele, provavelmente não vai gostar...

  • 295bda17-c5e4-458f-995f-62c4ac1da40e

    Food & Beverage

    Jul 1, 2017

    Comer inteligentemente

    O foodpairing é um método científico moderno que tem servido para saber quais os sabores que combinam melhor uns com os outros. Este método tem por base o princípio de que os alimentos combinam melhor quando têm determinadas...

  • Tim-Bengel-Schlossplatz-Stuttgart-2015

    Culture & Art

    Ago 1, 2017

    AREIAS DOURADAS

    Quando se atinge uma certa idade, começamos a pensar que já vimos de tudo na vida. Podemos até pensar que não existe mais nada para criar ou para realizar de forma diferente. E depois há estas súbitas surpresas. Belas surpresas.

    ...


  • product-alt-benefits-3pp

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    REFEIÇÃO FÁCIL PARA DIAS APRESSADOS

    Todos temos aqueles dias em que o tempo parece curto demais. Saímos a correr de uma reunião de negócios, já atrasados para a próxima. E não há tempo para tomar uma refeição decente entre reuniões.

  • Depositphotos_100938160_xl-2015

    Culture & Art

    Jun 23, 2018

    PRAZER CARIBENHO E DIVERTIDO

    Em todo o mundo existem duas formas de expressão que são transversais a todas as camadas da sociedade: música e dança popular. Curiosamente (ou não), ambas ambas resultam de um cruzamento de culturas. Não admira, por isso, encontrar...

  • 7ca7cf5fff31dbb91763cd309e05c8a6

    Business & Industry

    Mai 1, 2017

    ROLHAS QUE FAZEM BONS VINHOS

    Um bom vinho cai bem em qualquer ocasião. Porém, os cuidados necessários para que o gosto seja perfeito, como a escolha de uma boa rolha de cortiça, são detalhes tidos em conta apenas pelos consumidores mais exigentes. Em Itália...


  • cocoa

    Business & Industry

    Dez 1, 2017

    O MELHOR DO MUNDO

    O arquipélago de S. Tomé e Príncipe tem das melhores condições do mundo para a produção de cacau. Após um longo período de fraca produção, começaram a surgir em São Tomé e Príncipe, há pouco mais de cinco anos, algumas...

  • 1

    Business & Industry

    Jul 1, 2015

    Heavy lifting anywhere

    After the invention of the first rough-terrain masted forklift, in 1958, the brand founded by Andree Braud and Henry Faucheux never stopped growing. Today, the french company is one of the leading forklift manufacturers and supplies...

  • meat-vending-machine

    Food & Beverage

    Dez 1, 2017

    CARNE 'GOURMET' A QUALQUER HORA

    Um talho basco, localizado em Paris, há um ano decidiu apostar em máquinas de venda automática para disponibilizar os seus cortes gourmet fora de horas.