Technology

Mar 1, 2017

TELEVISÕES TRANSPARENTES - ESCONDIDAS À VISTA

Assim mesmo! O novo conceito de ter uma televisão mesmo no meio da sala sem que seja vista chegou e até é muito superior ao que seria de esperar. Mais transparência, melhor definição de imagem, muito mais qualidade.

<

Panasonic

O gigante tecnológico japonês já tinha mostrado o seu protótipo de uma televisão transparente, em Janeiro de 2016. Ainda apresentava apenas 10% de transparência, mas era já espantoso pensar que poderíamos ter uma televisão integrada no mobiliário, sem ser visível.

Apenas dez meses depois, no CEATEC (Combined Exhibition of Advanced Technologies), em Tóquio, no Japão, a marca apresentou o seu novo modelo, significativamente melhorado. A empresa actualizou o conceito de várias formas.

Tem um novo desenho, mais discreto, agradável e leve. O ecrã é agora muito mais brilhante e o incremento para 40% de transparência torna-o muito mais capaz de parecer translúcido como o vidro. Mas o objectivo da empresa é torná-lo tão transparente que possa ficar totalmente invisível no mobiliário da casa.

O novo protótipo é significativamente mais vivo e mais confortável na visualização. Ainda é um pouco esbatido, quando comparado com outras TV mas é mais perto do utilizável na maioria dos ambientes caseiros. O painel também é mais claro e de leitura mais fácil.

Por enquanto, a Panasonic avisa que um ambiente mais iluminado ainda pode causar alguns problemas de visualização. Opera a partir de uma tela de vidro que tem embebida uma malha fina, utilizando condutores OLED tão finos, que não são visíveis quando o painel é desligado. Uma vez ligado, a luz torna o painel visível e quando se baixa a intensidade da luz, exibe uma imagem limpa, suficientemente brilhante para se tornar indistinguível de outras televisões.

Vai ser possível operar o aparelho através de controlo remoto ou através de movimentos e controle de voz.

Para aquelas pessoas que não vêm TV com frequência e que não querem um ecrã enorme em casa, é a solução ideal. Ao toque de um simples botão, a malha OLED cria uma atraente peça, pouco provável de surgir em salas de estar normais.

Para já, a Panasonic declarou que esta tecnologia ainda vai ficar em desenvolvimento durante os próximos três anos.

Samsung

A primeira vez que a Samsung (Coreia do Sul) revelou os seus ecrãs OLED transparente e espelhado, foi em 2015, em Hong Kong, durante o Retail Asia Expo. E o público ficou deslumbrado. Que tipo de tecnologia é capaz de tornar uma televisão transparente?

O ecrã em que a Samsung está a trabalhar utiliza a tecnologia Intel Real Sense. Esta permite ao consumidor controlá-la por gestos ou voz e tem um sistema Full HD em 3D rotativo.

Comparadas a ecrãs de TV convencionais actualmente no mercado, este aparelho tem uma qualidade de cor substancialmente superior, uma transmissão acentuadamente mais rápida e mais claridade abrangendo mais ângulos de visualização. Tem um nível de transparência de 40 por cento, mais elevado que os dos concorrentes que utilizam a mesma tecnologia e atingem os 10 por cento, no máximo.

Quando ao ecrã OLED espelhado, partilha a mesma tecnologia, adicionando a possibilidade de trocar o seu tradicional espelho por este ecrã. Tem um nível de reflecção de 75 por cento, contra os habituais 50 de outras marcas no mercado.

Só neste caso, a tecnologia Intel conduz a interactividade humano-computador para um novo nível. Consegue criar uma "sala de prova virtual" que pode ajudar o utilizador a ver-se a si próprio com roupas, sapatos ou jóias diferentes, escolhidas a partir do armário de outras lojas à escolha.

O ecrã pode também fornecer informações de serviços, emitir canais de televisão, previsões de tempo, relatórios personalizados sobre a sua condição física e bem-estar.

A Samsung ainda não deu início à comercialização destas novas opções, nem sequer é expectável que cheguem ao consumir normal de TV, pelo menos de início, porque ainda serão bastante caras. Será o crescimento do mercado, e as ofertas de outras marcas que irá permitir que estas tecnologias desçam para o nível de banalidade num futuro próximo.

Estas são, sem dúvida, grandes opções para começar a pensar que o futuro está mais perto do que podíamos imaginar.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • epo15_Jonkers-0322_9F0C9396E8DC4F75A713C3D05913F5AB

    Science & Nature

    Jun 1, 2017

    Um salto tecnológico

    Edifícios e estruturas que podem, por magia, regenerar por completo as rachas causadas pela pressão, mudanças de temperatura ou humidade? O que era um cenário de ficção científica apenas há alguns anos é já uma realidade...

  • AdobeStock_54112868

    Home & Design

    Mar 1, 2017

    BIOMIMÉTICA - CIÊNCIA DA IMITAÇÃO

    Muitos exemplos podem servir para ilustrar a aplicação da Biomimética, não só em tecnologia de vanguarda, mas também em objectos quotidianos. Hoje em dia a Biomimética é parte do design, da física, química, engenharias várias...

  • 4wr3BQJ

    Home & Design

    Abr 1, 2017

    YOSEGI-ZAIKU - A ARTE YOSEGI

    Descobrimos a arte Yosegi, linda e curiosa, esta técnica japonesa de "parquet" consiste em dispor a madeira no chão, formando padrões. Para o conseguir, colam-se pedaços de madeira de diferentes cores num bloco compacto, que é depois...


  • 0-1352400373-expo_spon_01

    Business & Industry

    Ago 1, 2017

    DEBATER O FUTURO DA ENERGIA

    É um dos maiores eventos do mundo e não acontece todos os anos. Essa é uma das razões porque são tão importantes. Mas há outra: os vastos debates que cada uma destas feiras mundiais (conhecidas como "Expos") trazem à luz e...

  • aula3

    Research & Education

    Mar 22, 2018

    NO TOPO DO MUNDO

    Aqui vão as más notícias: caso não tenha reparado, não existe um emprego com a designação "matemático". Portanto, não incomode os seus filhos com uma formação superior como matemático – ele, provavelmente não vai gostar...

  • Li-HongBo-Klein-Sun-AM-41

    Culture & Art

    Abr 1, 2017

    LI HONGBO - BUSTOS FLEXÍVEIS

    Maleável como um dançarino de breakdance é assim que surge o busto de Michelangelo no trabalho intitulado "Tools of study", do artista chinês Li Hongbo, feito apenas com papel e cola. Tratam-se de esculturas de papel, mas...


  • SmartWatch 3

    Lifestyle & Travel

    Fev 1, 2015

    More Than Time

    Sony has an established history with smartwatches, but the new SmartWatch 3 is the first to use Google's Android Wear operating system, opening it up to more apps, and a wider audience.

  • AllPhotos-RobinsonLesBains (2)

    Luxury & Fashion

    Jul 1, 2016

    ESCOLHA DE CAVALHEIRO

    O Verão finalmente chegou, e com ele os dias quentes, que pedem um mergulho refrescante. Mas trás também o desejo de ver o pôr-do-sol ao sabor de uma bebida fresca, enquanto se espera pela noite quente. A "Robinson les Bains"...

  • GreengageJellycreditChrisTerryweb_1500_900_85

    Food & Beverage

    Abr 1, 2016

    A Rede Social por Excelência

    Imagine o aeroporto de Barajas feito, em grande escala, de gelatina. Agora imagine o que é possível fazer-se com gelatina usando centenas de moldes diferentes. É esse o trabalho que distingue Bompas & Parr, líderes em design...