Food & Beverage

Mai 1, 2017

Do Mosto ao Gourmet

Alex Villeneuve, com apenas 21 anos e prestes a tornar-se mestre cervejeiro pela Olds College, ao aperceber-se da quantidade de mosto (o que sobra dos cereais após a fermentação da cerveja) cujo único destino era o lixo, achou que devia intervir.

E, o mais rapidamente possível, uma vez que após a fermentação, não só não lhe encontram qualquer utilidade, como o cheiro rapidamente se pode tornar incomodativo.

Como entusiasta da permacultura achou que podia arranjar uma solução eficaz para tamanho desperdício, uma vez que cada litro de cerveja resulta em cerca de 150 gramas de desperdício de cereais fermentados. No total, a cerveja absorve apenas 15 porcento dos cereais fermentados, os restantes 85 porcento vão para o lixo.

A experiência, iniciada no quarto do seu dormitório universitário, já se trasladou para um armazém e promete vir a crescer ainda mais, abastecendo os restaurantes e mercearias do Estado de Alberta, no Canadá.

Reciclando o mosto de cevada, enchouriçando-o em altura de modo a assemelhar-se o mais possível ao tronco de uma árvore, encontrou o habitat natural das variedades de cogumelos que cria: ostra (Pleurotus Ostreatus) e juba de leão (Hericium Erinaceus).

Primeiro, pasteuriza o mosto para eliminar todas as bactérias, seguidamente injecta-o com os fungos que darão origem aos cogumelos de alta qualidade. Como bónus, o sistema que utiliza não só dá origem a cogumelos gourmet que, secos, se vendem já a mais de 100€ o quilo, como o fungo altera a composição do mosto e lhe dá uma nova vida, tornando-o em ração com um alto valor proteico que pode ser utilizada para alimentar gado sem qualquer desperdício.

Alex Villeneuve conseguiu transformar um produto considerado inútil e incomodo num produto com duas finalidades distintas!

A sua inovação granjeou-lhe o Prémio de Inovação e Empreendedorismo Estudantil de Alberta, no valor de 20.000 dólares, o qual utilizou para investir em equipamento que lhe permite controlar e regular a temperatura, a humidade, a circulação do ar, a luz e a água necessárias para aumentar a produtividade e a qualidade dos cogumelos que produz, bem como para aprimorar o processo de secagem; o que lhe permitiu fundar também a sua própria empresa, a Ceres, em homenagem à Deusa romana da agricultura.

Estando prestes a concluir a sua especialização como mestre cervejeiro, Villeneuve irá em breve concluir os seus estudos como chef de cozinha, embora não tenha quaisquer planos para abrir nem uma cervejeira nem um restaurante.

Nesta altura já todas as cervejeiras da província de Alberta, oito no total, manifestaram querer associar-se à sua empresa para escoar o mosto de desperdício que produzem diariamente, o que o obrigará a expandir as instalações e a produção.

Trata-se de um processo inovador de aproveitamento de subprodutos criados pela indústria cervejeira que, até ver, não está a ser desenvolvido por mais nenhuma empresa a nível mundial, mas que irá certamente contribuir para transformar a produção de cerveja, tanto industrial como artesanal, tornando-a mais ecológica e passível de contribuir para reduzir a escassez de alimentos num futuro distante, pois além de da produção de cogumelos gourmet o mosto pode ser utilizado ainda uma terceira vez como ração para gado.

Estando nos seus primeiros passos e tendo já captado o interesse das indústrias da restauração e do comércio de produtos gourmet, além da indústria cervejeira, esta startup canadiana promete vir a dar que falar e poderá ficar conhecida pelo seu pioneirismo e pelo empreendedorismo do seu fundador que já provara as suas capacidades como cervejeiro (tendo inventado uma cerveja de gengibre e alecrim vencedora do Festival de Inverno de Edmonton) e como empresário (utilizando os seus fins-de-semana durante o curso de aprendiz de chef para criar restaurantes pop up de grande sucesso).

Contacto * www.ceres-ab.com * alex.villeneuve@ceres-ab.com * twitter.com/alexvilleneuve7

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Depositphotos_4906403_xl-2015

    Business & Industry

    Dez 1, 2017

    UM NOVO PASSO PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO

    Angola é o 3º país do mundo que maior apoio financeiro tem recebido da China. A reconstrução e desenvolvimento de Angola a partir de 2003 beneficiou desse apoio, especialmente para a construção de novas infraestruturas e novas...

  • mindfullness1

    Lifestyle & Travel

    Set 17, 2018

    Mindfullness

    Uma mantra de vida

    "Viver aqui e agora" é esta a regra do mindfulness. Oriundo da doutrina budista, o mindfulness é uma técnica que pratica a atenção plena e a conexão entre o corpo e a mente consigo, com os...

  • Gourmet01

    Lifestyle & Travel

    Jun 1, 2017

    Cruzeiros Gourmet

    A família Bhende decidiu inovar e, no passado mês de Abril, estreou o primeiro navio, hotel e restaurante de Bombaim, apostando em cruzeiros gourmet de luxo a bordo do AB Celestial. 


  • the-cicret-bracelet-a-bracelet-t

    Technology

    Mai 1, 2017

    UM SMARTPHONE À FLOR DA PELE

    Ver emails ou assistir a um filme são gestos cada vez mais fáceis de executar. Que dependam de um simples toque na pele é que custa a acreditar. Tal é possível com a "Cicret", uma pulseira inteligente que transmite o visor do...

  • Depositphotos_87744168_xl-2015

    Business & Industry

    Mai 26, 2018

    SOCIEDADE "CASHLESS"

    Embora sob formas e suportes diferentes, o dinheiro está na história do ser humano há mais de 3000 anos. Uma realidade incontornável para uma sociedade de consumo que vemos 'acelerar' a cada dia que passa

  • as-lentes-de-um-genio.html

    Culture & Art

    Abr 1, 2017

    O FOTÓGRAFO SEM MEDO

    Ousado, chocante, vibrante, sem medo, sem a preocupação de ser aceite ou rejeitado, mas sempre com o desejo de nos deixar sem palavras perante a sua arte. Assim é este americano, nascido em 11 de Março de 1963, em Hartford, Connecticut,...


  • 3

    Business & Industry

    Ago 1, 2015

    Helping you build the world

    Ever since the construction of the Portland Eldorado cement plant in the town of Apiaí in the state of Sao Paulo, Brazil, in 1968, InterCement has been on the road to growth and success, investing heavily in new plants, acquisitions...

  • 2

    Business & Industry

    Out 1, 2015

    A casa de banho reinventada

    O Grupo Armatura é a companhia líder no ramo sanitário e de aquecimento na Polónia. As várias empresas do Grupo são especializadas na construção de torneiras para casas de banho e cozinhas, radiadores de alumínio e uma vasta...

  • 1. Culture-National Gallery-Accessible Art

    Culture & Art

    Fev 1, 2018

    ARTE ACESSÍVEL

    Não há nada mais elegante e atractivo que quadros originais de pintura a óleo sobre tela, quer seja nos corredores ou na sala lá de casa, ou para tornar mais aprazíveis os escritórios de qualquer empresa, tanto para os empregados...