Science & Nature

Abr 1, 2017

CERVEJEIRA DB - DA AREIA AO VIDRO À AREIA

As cervejeiras DB da Nova Zelândia, que em 2015 já se tinham tornado conhecidas graças ao reaproveitamento que faziam das leveduras que sobravam após a fermentação da cerveja para criar biodiesel, voltam à carga com uma inovação ecológica com a intenção de salvar as praias do mundo, com destaque para as praias da sua terra natal.

<

A utilização industrial da areia tem muitas aplicações e, embora seja fácil produzi-la a partir de pedra em bruto, o modo mais fácil e barato é o de a retirar onde ela existe em maior abundância, as praias.

A DB engarrafa ainda as suas cervejas em vidro, criado a partir de areia e decidiu criar uma máquina que permite aos seus consumidores reciclar essas garrafas de cerveja, transformando-as novamente em areia.

Apostando numa campanha de sensibilização marcada pelo bom humor, graças ao slogan "salve o mundo, beba mais cerveja", criou uma frota de máquinas de reciclagem de garrafas de cerveja distribuídas gratuitamente aos bares e restaurantes da Nova Zelândia incentivando os clientes destes a reciclar as garrafas. Ao contrário do que sucede com as campanhas e os caixotes convencionais para reciclagem de vidro (que têm que ser recolhidos, levados para uma fábrica e transformados), as máquinas de reciclagem da DB reciclam as garrafas ao vivo, mal o cliente as insere na máquina!

As estatísticas demonstram que dois terços das praias do mundo estão a desaparecer graças à utilização intensiva da sua areia para criar betão, janelas e, claro está, garrafas de cerveja. As cervejeiras DB anunciaram que o seu objectivo é entregar a areia criada pelas suas máquinas de reciclagem às empresas de construção e outros parceiros comerciais de modo a reduzir a dependência da areia das pristinas praias do país.

As máquinas funcionam do seguinte modo: quando alguém insere uma garrafa, em meros cinco segundos, um laser activa um mecanismo composto de pequenos martelos de aço que rodam a 2.800 rotações por minuto; mal estes pulverizam a garrafa, um sistema de aspiração separa o pó de silício e a etiqueta de papel da garrafa, deixando para recolha 200 gramas de areia artificial.

Parte da máquina de reciclagem é transparente, pelo que os clientes podem mesmo ver a garrafa que inserirem transformar-se em areia à frente dos seus olhos!

A cervejeira já conseguiu assegurar um contrato de dois anos com a DryMix, o maior produtor de cimento seco da nação, além de ter conseguido acordos para que a areia artificial criada com as garrafas das suas cervejas seja também utilizada para pavimentar estradas, campos de golfe e construção residencial.

A empresa estima que irá conseguir criar aproximadamente 100 toneladas de areia artificial nos primeiros meses, o equivalente a 500.000 garrafas da marca DB Export.

Em declarações à imprensa Sean O'Donnell, director de marketing da DB Breweries, referiu que os neo-zelandeses "adoram as suas praias e adoram cerveja", acrescentando, "não seria formidável se pudéssemos beber uma cerveja e ao mesmo tempo estar a contribuir para salvar o ambiente?"

As marcas de cerveja da DB incluem agora uma etiqueta com os dizeres "Beba DB Export, salve as nossas praias" para incentivar os seus consumidores a reciclarem a garrafa. "Sozinhos não conseguimos resolver o problema", acrescentou ainda O'Donnell, "mas sabíamos que alguma coisa podíamos fazer para ajudar. Temos orgulho de lançar uma iniciativa que nos vai ajudar a proteger as praias para as próximas gerações."

A indústria cervejeira é uma das grandes consumidoras de areia, crucial para o fabrico das suas garrafas. A necessidade de se tornar numa indústria sustentável, num mundo global tornado cada vez mais bem informado graças às redes sociais e à Internet, começa a fazer com que as cervejeiras mais conscientes se destaquem pela inovação.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 4

    Research & Education

    Nov 2, 2018

    SISTEMA EDUCATIVO FINLANDÊS

    "Aqui vão as más notícias: caso não tenha reparado, não existe um emprego com a designação "matemático". Portanto, não incomode os seus filhos com uma formação superior como matemático – ele, provavelmente não vai gostar...

  • Depositphotos_96937952_xl-2015

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2017

    LÃ DE CAMELO - DE QUENTE PARA MAIS QUENTE

    Se já sentiu arrepios ao ver o preço de um casaco de lã de camelo, pense só no conforto que tal investimento lhe poderia trazer em noites mais frias. A lã de camelo é um tecido macio, fofo, confortável, quente e respirável.

    ...

  • nokia-3310-comparaison

    Technology

    Jun 1, 2017

    PARA OS NOSTÁLGICOS

    Se existe um telefone que desperta nostalgia, esse telefone é o Nokia 3301. É um dos telefones mais populares de sempre, relembrado por sua quase indestrutibilidade, bateria de longa duração e o lendário jogo Snake (bom, Snake...


  • AdobeStock_89316902_Preview

    Science & Nature

    Jul 1, 2017

    SOBRE OS OMBROS DE GIGANTES

    O mundo vive hoje tempos conturbados e a história da humanidade tem mostrado que as crises económicas reflectem crises civilizacionais mais profundas, de valores. Processos e conhecimentos que já tínhamos dado por adquiridos são...

  • Depositphotos_19090019_xl-2015

    Food & Beverage

    Ago 30, 2018

    STEVIA

    This is already the century to take care of the body balance and healthcare. From the trip to gym three times a week, jogging in a park or by a river side or even on the beach, vegan food or even the external visual care, it will...

  • 1

    Culture & Art

    Out 12, 2018

    OS MARRETAS

    Não importa a idade ou a geração, o que é facto é que todos nós conhecemos as marionetas de peluche que ganharam vida e encheram o imaginário de muitos fãs. Divertidos, diferentes e até um pouco inconvenientes, estes bonecos...


  • solar1

    Business & Industry

    Dez 1, 2016

    PINGOS DE CHUVA GERAM ENERGIA

    A energia solar é uma das soluções e apostas globais para a produção de eletricidade com baixo impacto ambiental. No entanto, este método depara-se ainda com alguns entraves, como a baixa produção em dias nublados ou chuvosos....

  • 1. Ocean-Cleanup-Delete-the-Plastic-Islands-for-Good

    Science & Nature

    Nov 1, 2017

    ELIMINAR DE VEZ AS ILHAS DE PLÁSTICO

    Em 2014, com apenas 19 anos, o holandês Boyan Slat encontrou uma possível solução para limpar metade do oceano Pacífico em 10 anos. O plano de Slat consiste numa barreira flutuante que aproveita as correntes oceânicas fazendo...

  • Rolex watches

    Luxury & Fashion

    Dez 1, 2014

    Exclusive timepieces

    Hans Wilsdorf and his brother-in-law, Alfred Davis, founded Wilsdorf and Davis, the company that would eventually become Rolex SA, in London, England in 1905. Wilsdorf and Davis' main business at the time was importing Hermann Aegler's...