Business & Industry

Nov 1, 2017

CORRIGIR ''ERROS'' DO PASSADO

O governo cubano está a tomar várias medidas para tornar a economia cubana mais autónoma, estando a "corrigir erros" para atrair mais capital estrangeiro, principalmente no sector do turismo.

<

Por ALFREDO MIRANDA

O ministro de Comércio Exterior da República de Cuba, Rodrigo Malmierca, afirmou recentemente que a ilha precisa de "altas taxas de investimento" e que, para isso, está disposta a melhorar "o ambiente para os investidores".

"Se não temos altas taxas de investimentos, de criação de capital, a poupança nacional não nos permite enfrentar todos os desafios que nos apresenta a necessidade de desenvolver a economia", defende o responsável cubano.

Imerso numa lenta abertura de uma década, o país socialista enfrenta a desaceleração de sua actividade pela crise da Venezuela, seu principal aliado, pela queda nos preços do níquel e pelos problemas derivados do embargo americano vigente desde 1962.

Para atender as expectativas de desenvolvimento, Cuba precisa de mais 2 mil milhões de dólares em investimento estrangeiro, que equivaleriam a 20% do PIB. No entanto, essa taxa actualmente chega a apenas 12% do PIB (1,2 mil milhões de dólares), salienta o ministro Rodrigo Malmierca, que diz querer consertar os "erros" cometidos no passado.

"Um dos problemas que temos – e que reconhecemos – é a lentidão das negociações. As empresas estrangeiras queixam-se, por vezes, e com razão. Além disso, queremos também melhorar o ambiente para os investidores", declarou o ministro cubano.

Desde 2014, quando entrou em vigor a lei de investimento estrangeiro, Cuba publica, anualmente, uma lista actualizada de potenciais áreas de investimentos com o objectivo de atrair capitais estrangeiros, proscritos durante três décadas após o triunfo da Revolução em 1959.

Turismo e carros clássicos

Uma das áreas mais cobiçada pelos investidores estrangeiros é, sem dúvida, o turismo. Primeiro por ser uma ilha situada no mar das Caraíbas, portanto com praias paradisíacas; segundo, pela sensação de estar em um país que parou no tempo.

Cuba é um país de contrastes:  ao mesmo tempo que se vê muita cultura, muita história, muita beleza e um povo muito amistoso e caloroso; também se lida com as dificuldades de um país que não acompanhou as evoluções do mundo moderno. Quem faz turismo fica apaixonado pelo lugar, pela sua gente e sai de lá sempre a recomendar uma visita ao país (e com vontade de voltar).

Os destinos mais procurados são a capital cubana, Havana, e também o balneário de Varadero, com resorts em praias paradisíacas de águas cristalinas e areias finíssimas. No oriente da ilha, a zona que mais investimento estrangeiro atrai é Santiago de Cuba, uma cidade conhecida pelos seus famosos festivais musicais e vida nocturna muito agitada.

A expressão "a cidade é um museu a céu aberto", deveria ser exclusiva da cidade de Havana. É impressionante a sensação de se estar de volta aos anos 50, com os carros antigos e os prédios exactamente como eram nos tempos da Revolução.

Um dos principais cartazes turísticos cubanos continua a ser os carros antigos ou clássicos. Até à Revolução de 1960, Cuba foi o maior importador de automóveis americanos, principalmente, os grandes, que consomem muito. Hoje, são relíquias de um passado romântico. Esses carros, junto com os que chegaram da antiga União Soviética depois do embargo, continuam nas ruas. Enquanto Cuba não entrar no curso normal do progresso e transformação do mundo, eles vão continuar rodando, como um grande museu a céu aberto.

São provavelmente os artigos mais valiosos no país.  Os custos para os manter são elevados e, por isso, muitas vezes, os coleccionadores encontram verdadeiras "pérolas" destruídas pela falta de conservação.

Os veículos são a imagem do país. Eles estão bem contextualizados, ou seja, não são peças velhas num país em progresso.  São carros antigos num mundo que parou no tempo. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Gourmet01

    Lifestyle & Travel

    Jun 1, 2017

    Cruzeiros Gourmet

    A família Bhende decidiu inovar e, no passado mês de Abril, estreou o primeiro navio, hotel e restaurante de Bombaim, apostando em cruzeiros gourmet de luxo a bordo do AB Celestial. 

  • Depositphotos_7554000_xl-2015

    Research & Education

    Abr 25, 2018

    CIENTISTAS PORTUGUESES NA VANGUARDA

    São portugueses, estudam o cancro e tentam encontrar a cura para este 'bicho'. Trazem novas teorias e formas de olhar a ciência, contribuindo de forma significativa para o mundo

  • Depositphotos_8485784_xl-2015

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    SEMENTES SEM COPYRIGHT

    A impressionante senda legislativa mundial chegou ao mais trivial dos produtos: os alimentos. É a mais recente tentativa do Homem, de se apoderar e controlar elementos da natureza.


  • Biclas09

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    Kross expande para a Holanda

    Em Novembro de 2016 o mundo dos entusiastas do ciclismo ficou abalado com a falência da Multicycle, a maior empresa de fabrico de bicicletas da Holanda e internacionalmente reconhecida pelos avanços tecnológicos que a levaram a...

  • agua-de-coco-genuine-coconut-abrefacil

    Food & Beverage

    Ago 1, 2017

    VÁ PELO ORIGINAL

    Apetecia-lhe um saltinho rápido até àquela praia tropical de que tanto gostou durante as férias do ano passado? E o sabor refrescante daquela água de coco que ainda sente na boca? Acha que estou a brincar consigo?

  • jaeger-lecoultre-janek-deskiewicz

    Luxury & Fashion

    Jul 1, 2017

    O DESIGNER POR DETRÁS DO REVERSO

    A historia do polaco Janek Deleskiewicz é, actualmente, indissociável da história de um ícone internacional entre marcas de relógios: a Jaeger-LeCoultre; e, sobretudo do seu modelo de maior sucesso: o Reverso.


  • Technology

    Out 1, 2015

    A Escolha Segura

    A Electronics Line (EL) é pioneira em soluções de segurança de última geração, para residências e pequenos mercados comerciais. A empresa cria e produz soluções com tecnologia de ponta para a segurança e controlo de ambientes...

  • Gold-mines

    Business & Industry

    Set 1, 2016

    MINAS DE OURO ENFRENTAM NOVOS DESAFIOS

    Apesar da joalharia ser uma das principais indústrias consumidoras do minério de ouro, o consumo deste cresceu significativamente nas últimas décadas graças ao aumento do número de aparelhos electrónicos e das novas tecnologias...

  • 2

    Technology

    Ago 1, 2015

    Perfect listening

    It's a well-known fact that everybody hears differently. Like our eyes, nose, mouth and all our sensory organs, not all ears are built the same.

    But your audio equipment has no way of knowing just exactly "how differently" you...