Business & Industry

Ago 1, 2016

EXPORTAR O MELHOR DE PORTUGAL

Moscovo, a capital da Rússia, recebe em meados de Setembro, um evento dedicado exclusivamente a produtos alimentares tradicionais portugueses, como vinhos, queijos, compotas e charcutaria, organizado pela Competir Internacional, uma empresa portuguesa que funciona como palataforma entre pequenos produtores portugueses e distribuidores internacionais.

<

Fundada há apenas quatro anos, a Competir Internacional resolveu apostar no desenvolvimento da exportação de produtos tradicionais portugueses, fruto de uma lacuna no mercado de exportação para as pequenas e médias empresas. 

A empresa, cuja "casa-mãe" se situa em Lisboa, Portugal, faz parte de um Grupo de empresas nacionais e internacionais que actua na área da prestação de serviços, no mercado em português e internacional, sendo um dos líderes na área da Formação.

A vasta experiência do Grupo resulta de um conhecimento preciso do mercado nacional, no âmbito das empresas industriais e de serviços, bem como dos mercados externos em que estas desejam actuar. Deste modo, conseguiu criar uma rede de parceiros nas mais variadas áreas de actividade, nos mercados onde já está presente, e também naqueles onde se propõe actuar. A experiência adquirida e a sinergia existente permitem-lhe actuar como catapulta de produtos portugueses para mercados exteriores, aproximando pequenos produtores nacionais e distribuidores internacionais.

Esse objectivo já foi concretizado através da realização e participação em Feiras, Degustações e Visitas de Prospeção aos mercados nacional e internacional. Cabo Verde, mais concretamente na cidade da Praia, Hungria, Sirha em Budapest, "WorldFood Warsaw" na Polónia, e mais recentemente o Cazaquistão, foram alguns dos locais para onde a Competir Internacional levou produtos alimentares portugueses como o vinho, os queijos e a charcutaria.

Os mercados do Leste fazem igualmente parte da estratégia de crescimento da empresa, que aposta agora, nada mais nada menos, do que no principal centro decisor da região – Moscovo, na Rússia, já no próximo mês de Setembro. Normalmente, a aposta é feita em produtos inovadores e diferenciadores para cada mercado, pelo que a abordagem que se avizinha na Rússia, passa por dar a conhecer várias categorias de produtos: vinhos, como o vinho do Porto, Moscatel do Douro e o vinho Madeira; gins e rum, azeites, azeitonas, compotas, café, arroz, ervas aromáticas e muitos outros produtos de origem vegetal.

Entre as apostas mais recentes e inovadoras da empresa, o destaque vai para as "bisnagas" (tubos) de compotas variadas. Inspiradas no mundo da pintura, nomeadamente, nos tubos de tinta de óleo, estão disponíveis numa paleta de cores com tons de frutas diversas e sazonais.

Estas compotas são confeccionadas à mão, contêm 55% de fruta e são embaladas em tubos, cuidadosamente rotulados e colocados dentro de uma caixa manualmente. Todas as compotas são preparadas com frutas e matérias-primas portuguesas DOP (Denominação de Origem Protegida) e IGP (Indicação Geográfica Protegida). Os mirtilos, groselhas, framboesas, figos, laranjas, cerejas, melancia, ameixas, abóbora, maracujá, kivi, são alguns dos frutos biológicos utilizados na preparação das compotas, às quais são adicionadas ervas aromáticas como canela, hortelã e tomilho, e vinhos como Moscatel do Douro, vinho do Porto, vinho da Madeira e Brandy. Assim, na "Feira" que terá lugar em Moscovo, pode provar algo absolutamente único como "Doce Extra de Cereja do Fundão com Brandy", ou "Doce Extra de Mirtilo e Baunilha, com Vinho do Porto", "Creme de Chocolate Negro com Maracujá", "Mel de Flor de Laranjeira com Malagueta" ou "Mel Multifloral Biológico", entre muitos outros sabores. Uma experiência que vai seguramente surpreender apreciadores de sabores sofisticados.

Para além da área alimentar, a Competir Internacional apoia o sector da "Indústria e Serviços", mais concretamente em produtos como o calçado, a cortiça e os azulejos.

De salientar que, quer durante a degustação, no que se refere aos produtos alimentares quer na mostra da "Indústria e Serviços", os visitantes terão oportunidade não só de experimentar os produtos, mas também de conhecer a sua história.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 827cef85aa6c3c07b431ec817ae90cf8

    Science & Nature

    Ago 1, 2017

    TRIGO DOURADO

    A geóloga Tshiamo Legoale, cientista sul-africana com meros 27 anos de idade, afirma que as estatísticas indicam que a África do Sul possui cerca de 17,7 milhões de toneladas de refugo de minério de ouro, ou seja, embora o ouro...

  • 1

    Helthcare & Wellness

    Nov 5, 2018

    PRÓTESES BIÓNICAS

    "Tal como as dos filmes de "Star Wars", as próteses biónicas têm um aspeto robótico que, com capas de silicone idênticas à realidade, passam quase despercebidas. Através dos sensores de leitura dos movimentos, estas próteses...

  • aula3

    Research & Education

    Mar 22, 2018

    NO TOPO DO MUNDO

    Aqui vão as más notícias: caso não tenha reparado, não existe um emprego com a designação "matemático". Portanto, não incomode os seus filhos com uma formação superior como matemático – ele, provavelmente não vai gostar...


  • AdobeStock_89316902_Preview

    Science & Nature

    Jul 1, 2017

    SOBRE OS OMBROS DE GIGANTES

    O mundo vive hoje tempos conturbados e a história da humanidade tem mostrado que as crises económicas reflectem crises civilizacionais mais profundas, de valores. Processos e conhecimentos que já tínhamos dado por adquiridos são...

  • A3JUNIOR-BE05-A

    Mecanica e Locomoção

    Abr 1, 2017

    INVACARE ACTION 3 JUNIOR - A CADEIRA DE RODAS QUE CRESCE COM AS CRIANÇAS

    Quando pensamos em crianças e jovens, surge-nos imediatamente uma imagem de liberdade, diversão e energia. Retirar isso a uma criança é triste, sobretudo, quando razões diversas a levam a usar cadeira de rodas. A pensar nisso,...

  • Vinhas02

    Business & Industry

    Mar 31, 2018

    NÉCTARES DA "ILHA DAS MAÇÃS"

    O Estado australiano da Tasmânia tornou-se conhecido graças às suas maçãs, tanto que acabou por ser alcunhado de "ilha das maçãs" dada a predominância dos seus pomares


  • Furniture Made By History

    Home & Design

    Dez 31, 2015

    Mobiliário feito pela História

    A sociedade anónima Pinskdrev é a mais antiga empresa de Pinsk e da indústria de mobiliáro e caprintaria da Bielorussia, que comemorou 135 anos em 2015.

  • The Celebration of Life "à la russe"

    Luxury & Fashion

    Dez 31, 2015

    Celebração da Vida "à la Russe"

    Ao longo do século XX, quase todos os designers de moda famosos recorriam ao tema russo, ao criarem as suas colecções. O primeiro designer russo a conquistar os corações do ocidente foi Vyacheslav Zaitsev. Nos anos 70 do século...

  • Cashmere Scarf

    Luxury & Fashion

    Jan 1, 2015

    From Goat to Garment

    It is well known that the Mongolian herders are deeply rooted to their ancient traditions. Gobi is always respectful of the various traditions when working with the nomadic herders in different parts of Mongolia. It is this close relationship...