Business & Industry

Fev 1, 2017

TIJOLOS FEITOS DE BACTÉRIAS

Na Carolina do Norte, Estados Unidos da América, nasceu uma startup cuja preocupação é contribuir para o desenvolvimento sustentável e para a redução das emissões de CO2. A bioMASON, que produz tijolos através de recursos naturais. 

<

Em criança, Ginger Krieg Dosier preferia fazer brinquedos com as próprias mãos. Fascinava-a a possibilidade de construir, por exemplo, castelos na areia. Anos mais tarde, decidiu estudar arquitectura, o que a fez olhar com mais atenção para o impacto da produção do tijolo. Em 2012 fundou a bioMASON, uma startup com sede na Carolina do Norte, Estados Unidos da América (EUA).

«Este é o meu tijolo», foi assim que a CEO e fundadora da bioMASON se apresentou na conferência "TEDxWWF". Começou por perguntou ao público porque é que o seu tijolo era diferente do comum, para depois responder: «o meu tijolo cresceu com a ajuda de triliões de pequenos trabalhadores - bactérias, que têm a capacidade única de fazer crescer o cimento».

A bioMASON é uma empresa de biotecnologia que produz cimento mais limpo e rentável, contribuindo para a redução das emissões de CO2. Dizem cultivar tijolos através de um processo semelhante à hidroponia, em que uma solução aquosa alimenta unidades de areia misturadas com microorganismos. O processo de formação do cimento demora poucos dias, e é controlado biologicamente sem recorrer à tradicional queima ou aos comuns combustíveis fósseis. Esta nova técnica tem suscitado interesse de vários profissionais da área da construção, devido à procura crescente de materiais e recursos sustentáveis.

Esta empresa de biotecnologia surgiu na sequência de um prémio de design internacional designado Next Generation "The Big Fix", atribuído pela revista "Metropolis". «Formámos a bioMASON porque acreditamos que há uma solução melhor para reduzir as emissões de CO2 geradas pela produção tradicional de materiais de construção», diz a CEO da empresa, reforçando que os cerca de 1,23 triliões de tijolos fabricados anualmente resultam em, «aproximadamente, 800 milhões de toneladas de emissões de carbono».

«Construído com a natureza» é o lema da bioMASON que assume como vantagens o facto de o seu produto ser feito com recurso à temperatura ambiente, a fontes naturais renováveis ou aproveitando fluxos de resíduos industriais. Estes tijolos são amigos do ambiente e pensados ao pormenor para terem o melhor desempenho possível, e que se pode verificar, por exemplo, na capacidade de isolamento.


Contactos * www.biomason.com

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • aula3

    Research & Education

    Mar 22, 2018

    NO TOPO DO MUNDO

    Aqui vão as más notícias: caso não tenha reparado, não existe um emprego com a designação "matemático". Portanto, não incomode os seus filhos com uma formação superior como matemático – ele, provavelmente não vai gostar...

  • the-cicret-bracelet-a-bracelet-t

    Technology

    Mai 1, 2017

    UM SMARTPHONE À FLOR DA PELE

    Ver emails ou assistir a um filme são gestos cada vez mais fáceis de executar. Que dependam de um simples toque na pele é que custa a acreditar. Tal é possível com a "Cicret", uma pulseira inteligente que transmite o visor do...

  • 00202943

    Business & Industry

    Jul 1, 2017

    O «EL DORADO» DOS INVESTIDORES

    Terra de Pablo Neruda, Gabriela Mistral (a primeira mulher americana a receber um Prémio Nobel de Literatura, em 1945) e de Isabel Allende, a República do Chile está apostada em captar investimentos internacionais, como forma de...


  • plantwear1

    Luxury & Fashion

    Set 26, 2018

    PLANTWEAR

    Exclusividade em cada peça

    Inspirada na madeira e nas suas formas singulares, cada peça é como cada pedaço da matéria-prima: único. Não existe uma peça igual tornando-a para além de lindíssima, muito especial....

  • 11c91a486542ec03_565A4641.xxxlarge_2x

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    VIDA MINIMALISTA

    Com certeza, já teve a sensação de que, durante a sua vida acumulou coisas demais. Algumas até, que usou muito raramente (ou vez nenhuma) e que apenas se foram empilhando e gerando confusão.

  • 4897642457_ef0740e0eb_b

    Home & Design

    Mai 1, 2017

    NATURALMENTE INDUSTRIAL

    A vida não é fácil para os arquitectos e designers de interiores que gostam de usar materiais naturais na cobertura de grandes superfícies. Muitas vezes, a escolha certa, é o pior pesadelo quando procuram um fornecedor fiável...


  • Technology

    Out 1, 2015

    Tecnologias de Futuro - Preparar. Apontar. Disparar

    Todos os dias mais e mais pessoas usam os seus smartphones para... Bem, para tudo. Um dos primeiros usos dos modernos telefones - além de fazerem chamadas e gerir mensages de texto e emails - tem...

  • 2

    Business & Industry

    Jul 1, 2015

    Diamonds for a better world

    Canadian diamonds have gained notoriety over the last two decades, and this is probably due to its late discovery. The mines in Canada were not discovered (at least in large scale) up until 1991, when evidence of diamond mines turned...

  • gradiente02

    Business & Industry

    Mai 1, 2016

    TRADIÇÃO E REQUINTE NA PALMA DA MÃO

    A completar 100 anos de existência, a Fábrica Sant'Anna na Rua do Alecrim, em Lisboa, Portugal, pode ter os dias contados. Trata-se nada mais, nada menos, do que a última grande fábrica de cerâmica que ainda fabrica azulejos, painéis...