Research & Education

Jun 1, 2017

Ciclovias que brilham

Até há relativamente pouco tempo os materiais que brilham no escuro não tinham funções que fossem muito além do prazer decorativo. Mas a luminescência foi conquistando aplicações mais utilitárias e hoje, literalmente, está nas ruas. 

<

As últimas notícias a este respeito chegam-nos da Polónia. Em Outubro passado foi inaugurada em Lidzbark Warminski, uma cidade no norte do país, uma pequena ciclovia que brilha no escuro. Trata-se de um projecto concretizado pelo TPA Instytut Badan Technicznych Sp. z o.o. e consiste na utilização de partículas sintéticas aplicadas sobre o asfalto, chamadas de "luminóforos" – compostas de fósforo – que são "recarregadas" pela luz solar e à noite emitem uma luz azul durante cerca de 10 horas seguidas.

O projecto polaco teve como referência inspiradora uma outra ciclovia, construída entre Eindhoven e Neuenen, na Holanda, em 2015, para assinalar os 125 anos da morte de Vincent van Gogh. Foi baptizada com o nome de "Noite Estrelada" e os seus efeitos pontilhístas luminescentes azuis e verdes dispostos em espirais evocam a pintura do artista. O autor do projecto foi o designer holandês Daan Roosegaarde e a empresa que o concretizou foi a Heijmans. O princípio utilizado aqui parece ser semelhante ao posteriormente utilizado na Polónia – o revestimento do asfalto ainda molhado com uma substância fosforescente - o revestimento fotossensível utilizado, contudo, terá sido outro.

Um projecto suspenso

Antes da "Noite Estrelada" já Roosegaarde e a Heijmans vinham trabalhando em conjunto procurando concretizar o conceito das estradas luminosas. Em 2014 "iluminaram" um troço de cerca de meio quilómetro da auto-estrada N329, em Oss, 100km a sudeste de Amesterdão, recorrendo a esta espécie de tinta fotoluminescente nas faixas que a limitam. O efeito foi o de linhas verdes luminosas que brilham durante oito horas ao longo da estrada como se néon se tratasse.

O designer procurou entender a bioluminescência das medusas num esforço para reduzir a necessidade de dispêndio energético e a pegada ecológica. Mostrou-se surpreendido com as quantias avultadas que são gastas em investigação e desenvolvimento de automóveis em detrimento das estradas que, essas sim, determinam o aspecto da paisagem e chamou à atenção para os crescentes cortes na iluminação rodoviária que os governos têm promovido. Afirmou que este era também um empreendimento que se ocupava da segurança.

Apesar de não ter divulgado o segredo do produto, Roosegaarde afirmou que se trata de uma versão mais evoluída das tintas fluorescentes que, inutilmente, só funcionam por 30 minutos. Prevendo o clima nublado da Holanda, o troço de estrada em questão dispunha de painéis solares que, em alternativa, carregavam artificialmente as faixas luminosas.

O projecto holandês foi, no entanto, suspenso pouco tempo depois. A "tinta" não resistiu às condições de extrema humidade na região e foi sendo apagada pelas chuvas e as faixas luminosas tornaram-se inconsistentes.

Os vários caminhos para a luz

Mas a Heijmans e o designer holandês parecem não ter desistido e dizem estar a trabalhar e a testar uma nova versão do produto anterior. Têm também em vista outros projectos como estradas que carregam carros eléctricos, tintas para os pavimentos para sinais de aviso que apenas surgem em determinadas condições atmosféricas, iluminação das estradas alimentadas pelo vento gerado pela circulação dos automóveis e a instalação de células que detectam a aproximação dos carros e accionam a iluminação da estrada apenas à sua passagem.

Em França, entretanto, um troço de estrada foi revestido com um tipo de asfalto que funciona como painel solar, que permite a sua iluminação e a iluminação pública da povoação mais próxima.

Quanto às estradas luminescentes, os avanços mais significativos parecem vir do outro lado do globo, do México, pela mão do engenheiro e investigador José Carlos Rubio. Este cientista, em conjunto com uma equipa de físicos e químicos, estudou a composição do asfalto e trabalhou na modificação da sua microestrutura de modo a permitir a absorção de radiações ultravioleta pela sílica (componente presente no material). O projecto foi testado, aprovado e 4 mil milhões de toneladas deste produto foram produzidas para comercialização. 

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • Depositphotos_96954074_xl-2015

    Lifestyle & Travel

    Mar 1, 2017

    SALZBURGO - PARA LÁ DE MOZART

    Salzburgo, cujo nome significa literalmente "fortaleza de sal", foi refundada no século VIII por São Ruperto de Salzburgo, é a actual capital do Estado de Salzburgo e a quarta maior cidade da Áustria.

  • Yara Birkeland 2

    Technology

    Jul 1, 2017

    AUTOMATIZAR, AUTONOMIZAR

    Está planeado que inicie actividade no final de 2018. A ideia é cumprir pequenos trajectos, ligando três portos, por entre os fiordes a Sul de Oslo, na Noruega.

  • julesrimet_gi_2720

    Sport

    Mai 25, 2018

    O "SANTO GRAAL" DO FUTEBOL

    Dia 14 de Junho, na Rússia, trinta e duas equipas nacionais estarão envolvidas na maior competição futebolística do planeta, o FIFA Mundial de Futebol 2018, com o objetivo de levantar o mais cobiçado troféu, a Taça Jules Rimet

    ...


  • 4897642457_ef0740e0eb_b

    Home & Design

    Mai 1, 2017

    NATURALMENTE INDUSTRIAL

    A vida não é fácil para os arquitectos e designers de interiores que gostam de usar materiais naturais na cobertura de grandes superfícies. Muitas vezes, a escolha certa, é o pior pesadelo quando procuram um fornecedor fiável...

  • gal_01

    Lifestyle & Travel

    Jul 1, 2017

    VISTA PACÍFICA

    San José del Cabo, na ponta sul da Baja California, no México, é a anfitrião do mais recente trabalho do arquitecto mexicano Miguel Angel Aragonés. A região fica separada do continente pelo Mar de Cortez, uma faixa de mar que...

  • 16788830_1399804646759626_4686884977315414016_n

    Food & Beverage

    Jun 1, 2017

    É QUEIJO, MAS TAMBÉM IOGURTE

    Ok, é queijo e chamam-lhe iogurte. Por nós, está tudo bem, até porque parece iogurte, de facto. Regularmente, surgem nos mercados dos alimentos destinados a desportistas, novos produtos e suplementos alimentares que prometem maravilhas. 

    ...


  • Brussels Airlines

    Lifestyle & Travel

    Fev 1, 2015

    Europe's Finest

    Brussels Airlines is the Belgian airline group that offers the widest choice of flights to and from its base at Brussels Airport. A fleet of 43 aircraft and about 3500 employees from the Brussels Airlines...

  • Luxury & Fashion

    Set 1, 2015

    Nature at Tiffany's

    Tiffany. Who doesn't know the renowned brand of jewelry? Tiffany, ever since its founding, has been at the forefront of the world's greatest design movements. By the turn of the twentieth century, Louis Comfort Tiffany emerged as an...

  • 5

    Home & Design

    Ago 1, 2015

    The beauty of handcrafted wood

    Conceiving and producing bespoke furniture is not easy. The amount of manual labour involved, the customization of all pieces and the answer to the client's needs make these pieces absolutely unique, and MacMaster reflects all that on...