Food & Beverage

Dez 31, 2015

Ao Longo das Vinhas

E assim chegamos ao Chile. O longo e estreito Chile, mas sempre maravilhoso. Este país, que mede uns espantosos 4300 km "de ponta a ponta", mas apenas 175 km de largura, tem o deserto mais seco da Terra a Norte, e campos glaciares gelados a Sul. E claro, as hipnotizantes paisagens espalhadas ao longo de todo o território. A Natureza está muito viva, aqui, e muitos lugares lindos apresentam um espectáculo de linhas naturais: a civilização ainda não invadiu todos estes infindáveis emaranhados de Natureza. No Chile estão algumas das mais intocadas partes deste planeta, e estas não devem ser secretas. Nem os seus vinhos que dizem florescer em planícies férteis e nas encostas íngremes das Majestosas Montanhas dos Andes.

<

Zona da Costa

Para poderem ser classificados como "Costa", pelo menos 85% das uvas têm que vir das comunidades incluídas nesta zona. A costa Chilena é significante, mas o seu papel no vinho está também dependente dos efeitos térmico da Corrente de Humboldt, que se move para norte, vinda do Sul do Chile, e torna o mar particularmente frio. Quando atinge a costa, no Norte do país, causa nevoeiro, e assim impede os abundantes raios solares, que brilham por todo o território, de atingir as vinhas, o que as ajuda a amadurecer. Hoje, a influência marítima não só define o clima do Chile, mas também os solos onde crescem as vinhas. O resultado são as características minerais e salgadas que vêm de solos rico em calcário, e que deram à província dos vinhos uma nova dimensão. Os vinhos do sector da Costa Chilena são exemplos de vinhos frutados, de deliciosa e fresca acidez, agradável balanço e elegância… E são um convite a prova-los. Não é difícil imaginar novos vinhos da Costa, e o Chile é um vivo e fascinante exemplo de uma história de vinhos que está sempre a ser actualizada.

Zona Entre Cordilleras

Esta zona prolífica, que separa os sectores da Costa e dos Andes, e produz mais do que 60% dos vinhos da nação, estende-se por todo o Chile, de Norte a Sul, por vales emblemáticos na história do país. Como o seu nome afirma, a indicação geográfica "Entre Cordilleras" é a tira de terra que corre entre os Andes e as Montanhas da Costa, as duas formações geológicas que providenciam fronteiras naturais a Este e a Oeste, respectivamente. Muita desta área cobre as generosas planícies que foram as primeiras a ter em si as vinhas trazidas pelos conquistadores espanhóis. O seu benigno clima Mediterrâneo e solos sedimentares fazem desta a principal zona agrícola por excelência, e é por isso o mais desenvolvido berço da identidade nacional. As montanhas transversais e bancos de rio atravessam-na de este para oeste, formando micro relevos que constituem um rico e fascinante mosaico de terrenos. É precisamente ali que alguns dos mais conhecidos vinhos Chilenos têm origem, principalmente tintos. A maior parte dos municípios produtores de vinhos na Região Sul do Chile pertencem à zona Entre Cordilleras, e todos eles mostram uma interessante vocação vinícola que está deveras enraizada no país.

Zona dos Andes

Poucos são os países que têm as montanhas tão entranhadas na sua cultura como o Chile. Os Andes são o Chile, e basta um olhar para o mapa para confirmar isso. Afecta tudo, especialmente numa actividade tão dependente da terra como é o vinho. Para além de afectarem o clima, os tremendos tamanho e altitude dos Andes, que são mais pequenos à medida que seguem para Sul, também criam um factor importante na prevenção de doenças e pestes, como a filoxera que destruiu vinhas inteiras noutras partes do mundo. O facto de esta praga não existir no Chile permitiu ao país desenvolver a carmenere, uma uva única que se tornou a variedade de referência do país. As montanhas dos Andes são importantes para a produção de vinhos Chilenos devido a uma série de factores. A proximidade às montanhas, devido à sua altura, regula o número de horas de Sol da manhã que incide sobre as plantas, e concentra a luz do dia em determinadas horas do dia, especialmente em vinhas viradas a Norte, e estes solos têm uma influência significante no vinho. São essencialmente de origem aluvial e coluvial, por vezes com alta concentração de pedras, que permitem boa drenagem, pouca matéria orgânica, e têm uma ligação directa às linhas de água que começam lá no alto das Montanhas dos Andes

Como vimos, as barreiras naturais do Chile – O Deserto Atacama a Norte, As Montanhas Andes no Este, os campos de gelo da Patagónia a Sul, e o Oceano Pacífico no Oeste – fazem deste país uma autêntica ilha agricultora. A combinação de barreiras naturais benéficas com um benevolente clima Mediterrâneo fazem da sustentabilidade e orgânica uma escolha lógica na cultura do vinho do Chile. Este é um vinho que fará o mais requintado paladar derreter-se pelas maravilhas do Chile.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • 2-crowdfunding

    Food & Beverage

    Jun 1, 2017

    Para lá das Garrafas

    Os laboratórios Skipping Rock, sedeados no Reino Unido, assumiram como missão erradicar o desperdício causado pelas garrafas e copos de água criando a Ooho!, o primeiro de muitos produtos que, prometem, irão revolucionar as coisas...

  • 1

    Culture & Art

    Out 8, 2018

    MILESTII MICI

    "Imagine uma adega com centenas de quilómetros de corredores cheios de vinho, alguns milhões de garrafas, milhares de hectolitros em barris, centenas de safras, dezenas de variedades, um subterrâneo tão grande que apenas pode...

  • scribit1

    Home & Design

    Set 28, 2018

    SCRIBIT

    O seu espaço ao seu gosto

    Há um par de anos atrás, o estúdio de arquitetura e design Carlo Ratti Associati (CRA) apresentou um sistema no qual um robô pulverizador de pintura era usado para desenhar imagens em superfícies...


  • 00202943

    Business & Industry

    Jul 1, 2017

    O «EL DORADO» DOS INVESTIDORES

    Terra de Pablo Neruda, Gabriela Mistral (a primeira mulher americana a receber um Prémio Nobel de Literatura, em 1945) e de Isabel Allende, a República do Chile está apostada em captar investimentos internacionais, como forma de...

  • IMG_6941

    Lifestyle & Travel

    Jul 1, 2017

    A CIDADE DAS CAVERNAS

    Quase se pode dizer que é uma cidade "bipolar". É "apenas" um dos locais habitados pelo Homem mais antigos do mundo, tendo a sua origem ainda na pré-história. E é também um dos locais mais preservados.

  • 025

    Food & Beverage

    Mai 1, 2017

    TRATAR DA PELE NUNCA FOI TÃO… DELICIOSO

    Uma doce tentação que provoca sensações tais que nem os seus maiores admiradores conseguem explicar. Ele é motivo de atracção turística em países como a Suíça, Bélgica, França, entre outros. Há mesmo quem se torne Provador...


  • Best Business Aviation Operator

    Business & Industry

    Nov 30, 2015

    Melhor Operador de Aviação de Negócios

    A Qatar Executive foi galardoada com o prémio "Best Business Aviation Operator of the Year 2015" atribuído por uma prestigiada publicação especializada do Médio Oriente, a Aviation Business.

  • 01

    Business & Industry

    Fev 1, 2017

    NOVOS PARÂMETROS DA INDÚSTRIA MEDIÁTICA

    Com o mote: "Afirmar o Jornalismo", o Cinema de São Jorge, um dos mais prestigiados e antigos de Portugal (a abertura data de Fevereiro de 1950), recebeu o "4º...

  • 1

    Business & Industry

    Jun 1, 2015

    Young Millionaires

    Young millionaires are rising around the world. New opportunities made possible from the aftermath of the digital revolution open new markets to new ideas and business concepts, wich let imaginative and innovative people do what they...