Business & Industry

Abr 1, 2016

Caminho Aberto a Novos Negócios na Argélia

Detentor de uma das maiores reservas de petróleo e de gás natural do mundo, bem como de uma excelente localização, a Argélia tem desempenhado um papel fundamental para a estabilidade política no Magreb, Norte de África e na ligação com a Europa, tornando-se um país promissor para investimento estrangeiro. Das energias renováveis ao turismo, está aberto o caminho para a realização de grandes negócios.

Se é certo que, desde 1992, a Argélia iniciou um percurso de devolução da estabilidade política à região, sobretudo depois de ter suspendido o "estado de mergência" imposto no início da década de 90, na sequência de conflitos entre islamitas e as forças governamentais, é igualmente relevante a importância económica do país. Um aspecto que tem sido privilegiado em virtude do estatuto de associação que mantém com a União Europeia desde 2001, e que confere maior garantia ao investimento estrangeiro. Atenta ao potencial de crescimento de países que ofereçam oportunidades de investimento, a Your VIP Partner foi compreender a tendência do mercado argelino.

Com um PIB de 570 milhões de dólares, a 16ª maior reserva de petróleo e a sétima maior reserva de gás natural, a Argélia tem um enorme potencial para desenvolver sectores, como a agricultura, indústrias transformadoras, energias renováveis, turismo, entre outros.

A Argélia é, por exemplo, um grande produtor de azeite, cereais, frutas, e criador de ovelhas, pois tem extensas áreas aráveis nas planícies e planaltos perto do Mediterrâneo, pelo que é um bom destino para investir na produção de alimentos para o mercado interno e exportação. Actualmente, procura activamente novos investimentos no desenvolvimento urbano e na produção de energias renováveis, centrais eólicas e solares, para substituírem as antigas e tradicionais centrais térmicas.

As grandes reservas cambiais da Argélia permitem-lhe, apesar da recente quebra dos preços do petróleo e do gás natural, continuar a investir para modernizar a sua capacidade económica e competitividade internacionais, aproveitando a excelente localização charneira no Mediterrâneo, entre a região do Médio Oriente, o Norte de África e a Europa.

A este propósito, a Your VIP Partner destaca o potencial de desenvolvimento na área do turismo na Argélia e nos países vizinhos, Tunísia e Marrocos, que já atingiram um nível de relevo no turismo internacional. Enquanto nestes dois países o turismo tem um peso no PIB que varia entre os 15 e os 18 %, na Argélia, a meta a atingir ficava ainda pelos oito por cento em 2015, devido a algum retrocesso e menor dinamismo registados desde 1992, o que beneficiou a Tunísia e Marrocos.

Recentemente, a quebra dos preços do petróleo e do gás alertou as Autoridades Argelinas para a necessidade de diversificarem a economia, sendo uma das prioridades o relançamento com mais eficácia do turismo, de modo a gerar mais empregos e a reforçar as receitas cambiais, o que exige investimento, conhecimento e pessoas qualificadas. De salientar que apesar da redução que se tem verificado no fluxo de turistas para os países do Magreb, devido a preocupações de segurança na região, é visível a necessidade de reforçar voos e de construir mais hotéis, pois o número de turistas que visitaram a Argélia em 2015 começa a ser significativo, e as projecções para os próximos anos indicam um crescimento gradual. Estes factores ilustram a tendência crescente de oportunidades de negócios neste sector, nomeadamente na construção de infraestruturas e de novos hotéis.

Da Cultura ao Poder Económico

A Argélia é o Décimo maior país do mundo e o maior em território em África. Porém, atendendo a que parte do território é ocupado pelo deserto do Sara, os 40 milhões de argelinos (com predomínio de árabes e berberes), dos quais metade têm idades inferiores a 25 anos, concentram-se ao longo da costa mediterrânica, essencialmente nas três maiores cidades, destacando-se a capital Argel, com três milhões de habitantes, Oran e Constantina, grandes portos para o comércio externo.

Para além da procura de muitas e novas oportunidades de negócios, uma forte razão para visitar a Argélia prende-se com a beleza natural, incluindo o deserto do Sara, as cidades históricas e as praias, assim como os nove locais classificados pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, de que são exemplo, as ruinas romanas de Djemila, Timgad, Tipasa e Kasbah de Alger. De facto, a Argélia, independente há 54 anos, é um país com uma História rica e de invulgar qualidade cultural, antes e depois da Islamização no século VII, pois aqui prevaleceram durante muito tempo os domínios cartaginês, romano, otomano e francês.

A Argélia importa mais de 53 mil milhões de dólares de mercadorias, principalmente oriundos da China, França, Itália, Espanha, Alemanha e Estados Unidos. Agora que parte da economia mundial está em abrandamento ou recessão, a questão da recuperação das grandes economias que atravessam dificuldades temporárias por causa da queda do preço do petróleo e gás, como é o caso da Argélia, é essencial e mostra que está em curso uma alteração no balanço tradicional de poder económico no mundo. Todavia, recomenda-se a colaboração com parceiros locais e a consulta de especialistas para ultrapassar as barreiras burocráticas ainda existentes.

Consciente de que é necessário melhorar sectores como as infraestruturas (energia, transportes, centros comerciais, hotéis, edifícios de escritórios), a agricultura, as pescas, o desenvolvimento urbano, a habitação, a educação e os cuidados de saúde, bem como aumentar a classe consumidora, a Argélia está a abrir caminho aos negócios e ao investimento estrangeiro.

Membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), este país produziu cerca de quatro milhões de barris de petróleo, por dia, em 2015, destinados à refinação no mercado interno, exportação para a região ou para mercados longínquos como a Nova Zelândia. Graças a estas exportações, a Argélia acumulou cerca de 150 mil milhões de dólares de reservas cambiais e tem uma dívida externa quase inexpressiva.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • A3JUNIOR-BE05-A

    Mecanica e Locomoção

    Abr 1, 2017

    INVACARE ACTION 3 JUNIOR - A CADEIRA DE RODAS QUE CRESCE COM AS CRIANÇAS

    Quando pensamos em crianças e jovens, surge-nos imediatamente uma imagem de liberdade, diversão e energia. Retirar isso a uma criança é triste, sobretudo, quando razões diversas a levam a usar cadeira de rodas. A pensar nisso,...

  • 1

    Technology

    Nov 27, 2018

    LG SUITBOT

    "LG has created a robotic exoskeleton designed to support and enhance its wearer's legs to improve lower limb strength. The suit, named LG CLOi SuitBot, features "naturally-rotating joints" and sandal-like shoes, which LG claimed...

  • MokshJewellery002.jpg__1536x0_q75_crop-scale_subsampling-2_upscale-false

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2017

    MOKSH AND KAMYEN - MAIS BRILHANTE QUE O SOL

    Existe alguma outra nação que goste tanto de adornar as suas mulheres como os povos da Índia? Desde a cabeça, narizes, braços, cintura, até aos dedos dos pés, o arsenal feminino indiano tem peças sofisticadas de joalharia...


  • birk_pillow_1024x1024

    Home & Design

    Jun 1, 2017

    O baloiço que ajuda a manter o equilíbrio

    O equilíbrio do corpo humano é conseguido através da comunicação entre diferentes partes do corpo, os olhos, o sistema vestibular do ouvido e as articulações e músculos, quando cada parte funciona correctamente o sistema de...

  • portable-fundus-camera-1

    Helthcare & Wellness

    Mai 1, 2017

    PARA ALÉM DO OLHO

    Há alguns anos, uma ida regular ao dentista, era ainda um pesadelo. Os processos "quase" medievais, costumavam levar-nos o sono durante dias. E, o mesmo costumava acontecer quando precisávamos de fazer exames oftálmicos rigorosos....

  • 14279036_127247534397015_777594915_n

    Helthcare & Wellness

    Abr 1, 2017

    UMA LUVA QUE DEVOLVE A FORÇA À MÃO

    Depois de ter chegado à final do "Microsoft Imagine Cup", com o protótipo de uma luva que devolve a força à mão e que permite levantar objectos até 40 quilos, a NUADA, é uma das startups do momento.


  • SCA 1

    Helthcare & Wellness

    Nov 1, 2016

    HIGIENE – UM CATALISADOR PARA O CRESCIMENTO ECONÓMICO

    Existe uma ligação inegável entre higiene e melhor saúde e bem-estar, com um reflexo significativo no crescimento económico dos países, segundo o relatório da iniciativa "Hygiene Matters", do grupo sueco SCA - líder mundial...

  • 01

    Mecanica e Locomoção

    Fev 1, 2017

    APLAUDIDO INTERNACIONALMENTE

    É, sem dúvida, luxuoso. Até irreverente. O Rolls-Royce Dawn foi eleito o "Melhor Carro de Luxo" no Reino Unido. Chegou para deslumbrar.

  • 01

    Food & Beverage

    Jan 1, 2017

    AMIGO PARA TODAS AS OCASIÕES

    É um dos ingredientes mais queridos da culinária portuguesa e, contudo, é pescado nos mares do Atlântico Norte. O pequeno país da Península Ibérica, é um dos maiores consumidores mundiais deste peixe, apesar de o seu volume...