Lifestyle & Travel

Abr 1, 2016

Uma História Que Se Sente

Maurícias é um país que compreende a Ilha Maurícia, a Ilha Rodrigues, e as ilhas periféricas Agaléga, St. Brandon e dois territórios disputados. Focando a atenção na Ilha Maurícia, esta deixa qualquer um boquiaberto ao ver as suas praias, paisagens, diversidade cultural e alegria de vida. Pode-se visitar as aldeias locais, e caminhar pelas montanhas, fazer pesca submarina, praticar deportos aquáticos, aprender os costumes ou descobrir o Património Cultural.

<

Localizada no entroncamento de muitas rotas comerciais, ao longo da costa de Madagáscar, no Oceano Índico, a Ilha Maurícia acumulou uma enorme variedade de heranças culturais, sendo que a mais relevante está, talvez, relacionada com a escravatura. A UNESCO classificou dois locais como Património Mundial, a Paisagem Cultural Le Morne, um "local de resiliência à escravatura", onde se escondiam os escravos que fugiam, protegidos pelas encostas isoladas de densa vegetação, e quase inacessíveis, durante o Séc. XVIII e princípio do Séc. XIX; e o Aapravasi Ghat - "um local simbólico de servidão por dívida", onde jazem as ruínas remanescentes de um albergue de imigração, típico da segunda metade do Séc. XIX e a primeira das colónias britânicas, destinada a receber trabalhadores por dívida, entre 1834 e 1920. Estas classificações tornam a Ilha Maurícia singular, e o único país do Mundo com duas classificações dedicadas a este aspecto da história cultural.

Cultura

As Maurícias terão sido descobertas, primeiro pelos árabes, e mais tarde, pelos portugueses, mas nenhum destes povos se estabeleceu nas Ilhas, deixando-as inabitadas. A República da Holanda colonizou-as em 1638, e nomeou-as em honra do Príncipe Maurício de Nassau, mas acabou por abandonar a colónia em 1710. A Ilha passou para as mãos dos franceses em 1715, que a denominaram Isle de France, e a tornaram numa base importante das rotas comerciais da Europa para o Oriente. Nesta altura, havia uma longa luta pelo poder entre a França e a Inglaterra. Os franceses acabaram por se render, com a condição de os colonos manterem as suas terras e propriedades, o uso da língua francesa e a Lei de França em assuntos criminais e civis. Os Ingleses reverteram então o nome para Mauritius – Maurícias. Em 12 de Março de 1968, o país tornou-se um estado independente, após a implementação de uma nova Constituição, e em 1992, foi integrado na Commonwealth of Nations.

Como resultado de séculos de colonização, a Ilha Maurícia conta com uma enorme diversidade étnica, e a liberdade religiosa é um direito constitucional. Os habitantes têm origens na Índia, África, Europa e China, e segundo a "Statistics Mauritius", o Hinduísmo é a principal religião, seguida pelo Cristianismo, Islão e Budismo. As Maurícias são hoje um país onde as crenças religiosas estão unidas, o que é comprovado até pelo próprio hino nacional: "um povo… uma nação, em paz, justiça e liberdade".

Gastronomia

Esta diversidade reflecte-se não só na cultura, mas também na gastronomia do país. É possível saborear o mundo inteiro nos seus pratos, o povo maurício é aventureiro na cozinha, pelo que consomem comida crioula, chinesa, indiana e árabe. Numa combinação influenciada por diferentes culturas e tradições culinárias, a comida local é deliciosa, pode ir a uma casa de preços fixos, ou a um restaurante especializado. Como exemplos da gastronomia local, temos o "dholl purri", uma panqueca de trigo recheada com "dholl" (lentilhas) e servida com molho de tomate, também chamado molho rougaille; a "farata", uma espécie de panqueca servida com o típico caril de feijão branco em pequenas doses e molho rougaille; o "gâteaux piments", uma comida de rua muito típica, também conhecida como "dal fritters" ou bolinhos picantes; e as "samosas" ou chamuças.

Praias

A Ilha Maurícia é um sítio repelto de coisas maravilhosas e de uma incrível beleza natural. A lagoa morna de água do mar afaga a costa rápida e suavemente, e a areia branca convida qualquer um a relaxar e aproveitar o sol. Todo o Litoral conta histórias do passado e convida-nos para as praias de areia branca. Para o Norte vai quem gosta de desportos aquáticos como windsurf, vela, pesca submarina e parasailing. À noite, os bares, restaurantes e clubes de jazz da moda, rodeados por incomparáveis vistas com o pôr-do-Sol, vibram com a vida. A Oriente encontra-se a selva, a natureza. Abraçam-se as praias brancas em Palmer e Belle Mare, que se estendem ao longo da costa, orlada de um lado pelo verde escuro das casuarinas, e do outro pela lagoa de mar. O quadrante Sudoeste da Ilha caracteriza-se pelos seus penhascos enormes que oferecem oportunidades de fotografia belíssimas ao contornar  a ponta Sul da Ilha. Ali, o mar rebenta das rochas e vai livre e suavemente pela terra adentro, graças às quebras no recife. Na costa Oeste, o sol exibe os seus ocasos aos visitantes. Pode-se fazer pesca submarina neste local que é também adorado por surfistas, que vão para Tamarin, o centro de surf na Ilha Maurícia.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • mindfullness1

    Lifestyle & Travel

    Set 17, 2018

    Mindfullness

    Uma mantra de vida

    "Viver aqui e agora" é esta a regra do mindfulness. Oriundo da doutrina budista, o mindfulness é uma técnica que pratica a atenção plena e a conexão entre o corpo e a mente consigo, com os...

  • Muji-humidifier-kazushige-miyake-1

    Helthcare & Wellness

    Jul 1, 2017

    MELHORAR A QUALIDADE DO AR

    Em 1876, Willis Haviland Carrier, foi contratado por uma indústria gráfica para resolver os problemas de mudança de temperatura da fábrica. O engenheiro e inventor americano desenvolveu um projecto que viria a dar origem ao primeiro...

  • 19620901_739735632865157_1070968012579382532_o

    Home & Design

    Ago 1, 2017

    ESTILO OCIDENTAL, SABEDORIA JAPONESA

    Não precisa ver o filme Kill Bill-Volume 2, ser uma grande chef ou um mestre de espada para saber que as melhores lâminas do mundo são japonesas. A sua tradição no fabrico de lâminas vem desde o século XIII.


  • 1

    Culture & Art

    Out 12, 2018

    OS MARRETAS

    Não importa a idade ou a geração, o que é facto é que todos nós conhecemos as marionetas de peluche que ganharam vida e encheram o imaginário de muitos fãs. Divertidos, diferentes e até um pouco inconvenientes, estes bonecos...

  • LesMills01

    Helthcare & Wellness

    Jun 1, 2017

    A mexer há 49 Anos

    Nascido em 1934, Leslie Roy "Les" Mills foi um atleta profissional de renome, chegando a representar a Nova Zelândia nos Jogos Olímpicos em quatro ocasiões e nos Jogos da Commonwealth do Império Britânico ao longo de duas décadas,...

  • BauhausType

    Culture & Art

    Mar 1, 2017

    A HISTÓRIA DA BAUHAUS - UTOPIA, TEORIA, DESIGN

    Nascida das cinzas da Primeira Guerra Mundial, ainda hoje não se pode contornar a importância que os seus 14 anos de existência trouxeram ao mundo, sob um conceito radical para a época: re-imaginar todos os materiais do mundo...


  • CAREERS-1_2_0

    Business & Industry

    Abr 1, 2016

    Onde os Mergulhadores Treinam

    Mergulhadores comerciais desempenham uma miríade de acções debaixo de água e são responsáveis por garantir a segurança e integridade de estruturas, navios, pessoas e negócios. É extremamente importante ter o treino apropriado...

  • 1

    Food & Beverage

    Dez 31, 2015

    Ao Longo das Vinhas

    E assim chegamos ao Chile. O longo e estreito Chile, mas sempre maravilhoso. Este país, que mede uns espantosos 4300 km "de ponta a ponta", mas apenas 175 km de largura, tem o deserto mais seco da Terra a Norte, e campos glaciares gelados...

  • Technology

    Mar 1, 2015

    Spraying for 91 years

    Well known in it's markets, TOMIX is a portuguese company dedicated to manufacture some of the best agricultural equipments available. From sprayers to electrical vehicles that can be used on the factory floor, the brand has a wide range...