Helthcare & Wellness

Abr 1, 2017

UMA LUVA QUE DEVOLVE A FORÇA À MÃO

Depois de ter chegado à final do "Microsoft Imagine Cup", com o protótipo de uma luva que devolve a força à mão e que permite levantar objectos até 40 quilos, a NUADA, é uma das startups do momento.

NUADA está presente nos Estados Unidos da América (EUA), através de um programa de aceleração de startups da Universidade do Texas, denominado UTEN e tem já agendada entrada no mercado Londrino, Inglaterra, para 2017, onde aliás foi convidada a integrar a lista das dez empresas-bandeira da Entiq, uma plataforma de inovação, que vai abrir, também em Londres, este ano.

Tudo porque em 2014 esta startup desenvolveu o protótipo de uma luva que devolve a força à mão, a quem por alguma razão a perdeu, ou que simplesmente o ajuda a pegar em objectos muito pesados, aliviando o peso. A ideia foi a concurso no "Microsoft Imagine Cup", tendo chegado à final. A partir daí, a materialização da ideia aconteceu num ápice.

Assim, as pessoas que sentem dor, falta de força, problemas nos músculos e nas articulações da mão, idosos que já não possam pegar em objetos pesados, conseguem pegar objectos com até 40 quilos de peso, com a mão "relaxada" e sem fazer força.

Esta solução tecnológica, que a empresa define como "segura e leve", utiliza têxteis finos, respiráveis, flexíveis, inteligentes e personalizáveis. O trabalho da NUADA baseia-se, principalmente, «em componentes de baixo consumo energético, criados para lidar com suporte de peso pesado, mantendo a sensibilidade ao toque e uma relação não intrusiva com o corpo», explica Filipe Quinaz, responsável pelo protótipo.

Ainda de acordo com o empreendedor, «uma das utilizações principais desta luva destina-se à área médica, sendo um produto orientado para pessoas idosas, ou para quem tenha artrite, e/ou para pacientes que tenham tido, por exemplo, um acidente vascular cerebral (AVC)».

O sistema da luva permite igualmente um acompanhamento holístico da função da mão, em tempo real, e os planos de tratamento subsequentes que agilizam a maneira como os dados dos pacientes são «recolhidos, consultados e partilhados pelos profissionais de saúde», acrescentou.

Actividades exigentes desenvolvidas por trabalhadores em linhas de montagem ou na construção civil, são também sectores de aposta, dado que a luva permite aumentar o conforto, a segurança e a produtividade desses profissionais. É aliás este mercado que a NUADA conta conquistar com mais facilidade dado que o processo de certificação é mais simples, e porque a compra e venda do produto é maior e mais ágil.

Uma ideia vencedora e muito útil que partiu de uma necessidade do próprio empreendedor. Quando fraturou a mão, Filipe Quinaz ficou muito limitado a nível muscular e, mesmo após o osso estar recuperado, foi longo o caminho até recuperar por completo a funcionalidade do membro.  Sendo estudante de Biomedicina, foi nessa altura que percebeu que «uma simples diminuição da força da mão, tem consequências muito graves» e, com o auxílio de dois professores, decidiu criar o protótipo da luva.

A seguir ao "Microsoft Imagine Cup" e com o protótipo já patenteado, participou no StartupBraga e criou formalmente a empresa. O produto foi desenvolvido com parceiros portugueses, estando, neste último ano, a realizar testes que permitem a industrialização. Entre os parceiros encontram-se elementos das áreas das engenharias Informática, Mecânica, Eletromecânica e Bioengenharia e um profissional da Indústria, integrados no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), Portugal. O Instituto de Engenharia Mecânica e Gestão Industrial (INEGI) do Porto, o Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL), de Braga, o Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE), o Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CeNTI), a Universidade da Beira Interior, a Microsoft e a StartupBraga são outras das entidades envolvidas num projecto que vai certamente mudar a vida de muitas pessoas e até a produtividade de empresas.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • MAJOITUS_Lasi-iglut_1

    Lifestyle & Travel

    Mar 1, 2017

    KAKSLAUTTANEN - UMAS FÉRIAS ROMÂNTICAS NUMA CASA DE GELO

    Se o convidássemos a passar umas férias num resort, o que imaginaria? Praia? Palmeiras? Sol? Não. Metros e metros de neve estaladiça, o misterioso crepúsculo azul e violeta da noite polar, gelo extremo, a visão da aurora lançando...

  • null-stern-hotel-switzerland-alps_dezeen_1568_4

    Lifestyle & Travel

    Jun 1, 2017

    DORMIR COM AS ESTRELAS

    Sem paredes nem telhados, os quartos de hotel, que lhe mostramos na presente edição da Your VIP Partner, têm uma vista privilegiada para o céu, mais propriamente o céu dos Alpes suíços – chama-se Null Stern e é mais do que...

  • ApisCor_febr_03

    Technology

    Mai 1, 2017

    Como se fosse magia

    Pare uma expressão figurativa: "casas crescem como cogumelos", mas em breve será literal. EM Fevereiro de 2017, na Rússia, surgiu a primeira casa com 38 m2 de área. A casa cresceu em 24 horas na cidade de Stupino, na região de...


  • TransCanadaTrail002

    Lifestyle & Travel

    Mar 1, 2017

    TRANS-CANADIANO - O GRANDE TRILHO QUE UNE O CANADÁ

    Iniciado em 1992, o Trilha Trans-Canadiano tem como propósito unir os extremos do Canadá desde o oceano Atlântico ao Pacífico e ao Ártico, e estás prestes a ser concluído este Outono, precisamente no ano do 150º aniversário...

  • GallerySlide1

    Technology

    Jul 1, 2017

    NÃO É GRANDE, É ENORME

    Imagine um avião que parecem dois aviões colados entre si pela asa. Depois adicione seis reactores Pratt & Whitney, tal como os utilizados no Boeing 747. O resultado são 580 toneladas de peso a levantar voo.

  • Depositphotos_96937952_xl-2015

    Luxury & Fashion

    Abr 1, 2017

    LÃ DE CAMELO - DE QUENTE PARA MAIS QUENTE

    Se já sentiu arrepios ao ver o preço de um casaco de lã de camelo, pense só no conforto que tal investimento lhe poderia trazer em noites mais frias. A lã de camelo é um tecido macio, fofo, confortável, quente e respirável.

    ...


  • 02

    Lifestyle & Travel

    Fev 1, 2017

    O AMOR EM TEMPOS DE TINDER

    No mês em se celebra o "Dia de S. Valentim" ou "Dia dos Namorados", como também é conhecido o dia 14 de Fevereiro, reflectimos sobre a forma como hoje as pessoas se relacionam e conhecem. Longe vai o tempo do namoro à janela,...

  • SmartWatch 3

    Lifestyle & Travel

    Fev 1, 2015

    More Than Time

    Sony has an established history with smartwatches, but the new SmartWatch 3 is the first to use Google's Android Wear operating system, opening it up to more apps, and a wider audience.

  • Keep Warm

    Technology

    Jan 31, 2016

    Mantenha-se quente em todo o lado

    Todos os Invernos, milhares de pessoas tentam manter-se quentes debaixo de casacos grossos. Por vezes é impossível. Um novo produto está prestes a mudar tudo.