Food & Beverage

Mar 1, 2017

GASTRONOMIA DO URUGUAI - UMA DELICIOSA SURPRESA

Tido muitas vezes como um continente de desequilíbrios, a América do Sul guarda ainda muitas pequenas maravilhas quase inexploradas. É o caso do segundo menor país deste continente, o Uruguai. É um dos países mais desenvolvidos da América Latina e o primeiro no índice de qualidade de vida e desenvolvimento humano.

<

A delimitação com o Oceano Atlântico e com alguns rios de grande importância não convenceu os uruguaios a introduzir o peixe na sua gastronomia. E, no pequeno país, não há um chef de renome mundial, nem sequer um restaurante a destacar entre os melhores do mundo. Ainda assim, há algumas "parrillas" que não passam despercebidas.

Começemos pelo princípio: o que é uma "parrilla"? Bom, trata-se simplesmente da base com tiras de ferro onde se coloca a carne para assar. É também o nome que os locais dão aos restaurantes onde são servidas as carnes.

Essa é a base mais importante da gastronomia uruguaia, a carne de boi e os seus derivados. É preciso não esquecer que no país existe uma forte tradição gaúcha (como no Brasil), a criação de peças de gado é uma forte componente económica e, também por isso, o corte das carnes é levado como uma arte.

A arte uruguaia do corte da carne inclui várias opções: chorizo e ojo de bife, entrecôte (à francesa), filé mignon ou picanha, tão apreciados no vizinho Brasil.

Mas a estrela da gastronomia uruguaia é, sem dúvida, o "asado de tira". Trata-se de uma parte da costela, cortada de forma a que os ossos ficam muito estreitos e todos do mesmo tamanho. A carne fica a assar na "parrilla" durante 15 minutos de cada lado, atingindo assim o ponto ideal para ser servida. A carne fica num tom rosa, passada uniformemente, macia e suculenta. Esta é uma razão para não pedir a carne mal passada; corre o risco de vir crua ou quase.

Em regra, as porções servidas de carnes assadas são enormes, uma vez que os acompanhamentos são mínimos, resumindo-se a saladas simples, arroz, batata frita e "boniato", que é uma espécie de batata doce, com um tom laranja.

Outro prato típico é o "puchero". É uma mistura de vários ingredientes: linguiça, panceta, chouriços e verduras, tudo cozido durante quatro horas, dentro de num caldo. É, afinal, uma espécie de cozido à espanhola que sabe muito bem no inverno rigoroso daquela zona da América latina.

Para uma refeição mais "leve", encontra em quase todas as esquinas do país, um local onde lhe podem servir "chivito". É uma espécie de sanduíche em que o pão é recheado com carne, queijo, presunto, ovos e maionese. Algumas variações incluem salada e bacon e costuma ser servido com batata frita a acompanhar.

As sobremesas são outra maravilha bem guardada.

O doce de leite é mais encorpado e escuro do que o mais frequentemente encontrado noutros países. Isso deve-se à qualidade do leite (mais gordo do que habitual) com que é confecionado. Este doce tem tal consistência que também pode ser transformado em flan de leite.

O mesmo acontece com a mousse de doce de leite. As diferenças, aliás, estão apenas na forma de confecção e no tempo que o leite leva a ser batido, tornando-se mais espesso conforme é mais batido.

Verdadeiramente típico da América do Sul, é o "alfajor". Trata-se de um doce composto por três camadas de massa feitas com mel, que adquirem uma consistência crocante e macias depois de assadas. As camadas de massa são recheadas com doce de leite e cobertas com chocolate derretido. Podem também ser polvilhadas com açúcar em pó ou mel.

Para acompanhar a sua refeição típica uruguaia, pode optar pelo vinho feito a partir da casta Tannat, cuja produção tem crescido nos últimos anos, bem como a qualidade. A uva é de origem francesa mas foi no Uruguai que "pegou" e se tornou característica. Também encontra vinhos feitos a partir da casta Merlot, contudo, encontrará outras opções de mais qualidade, produzidas noutros países.

A cerveja Norteña, de produção uruguaia, não se encontra com facilidade sendo mais frequente no vizinho Brasil. Caso prefira acompanhar a sua refeição com cerveja, a recomendação vai para a cerveja Patricia, de sabor bem mais leve.

E também pode escolher entre um "clerico" ou uma sangria, ideias para dias de maior calor. O "clerico" é feito com vinho branco tipo Chardonnay, a que se junta diversas frutas doces, como a uva a banana e a pera. A sangria é feita com vinho tinto e frutos mais ácidos como o morango, a maçã, laranja ou limão.

Mais artigos

DestaquesArtigos

  • the-cicret-bracelet-a-bracelet-t

    Technology

    Mai 1, 2017

    UM SMARTPHONE À FLOR DA PELE

    Ver emails ou assistir a um filme são gestos cada vez mais fáceis de executar. Que dependam de um simples toque na pele é que custa a acreditar. Tal é possível com a "Cicret", uma pulseira inteligente que transmite o visor do...

  • Yara Birkeland 2

    Technology

    Jul 1, 2017

    AUTOMATIZAR, AUTONOMIZAR

    Está planeado que inicie actividade no final de 2018. A ideia é cumprir pequenos trajectos, ligando três portos, por entre os fiordes a Sul de Oslo, na Noruega.

  • 4

    Technology

    Out 31, 2018

    ECRÃS FLEXÍVEIS ROYOLE

    "Muitas vezes é o caso de avanços tecnológicos, que são de alguma forma interessantes, mas depois passam muito tempo na fase de protótipo. Os detalhes costumam ser complicados, mas a Royole mostrou algumas telas flexíveis...


  • 1

    Helthcare & Wellness

    Nov 5, 2018

    PRÓTESES BIÓNICAS

    "Tal como as dos filmes de "Star Wars", as próteses biónicas têm um aspeto robótico que, com capas de silicone idênticas à realidade, passam quase despercebidas. Através dos sensores de leitura dos movimentos, estas próteses...

  • c0b3fe9d8db2be5ec1c3b228963b0131_original

    Mecanica e Locomoção

    Ago 1, 2017

    LIVRE PARA ANDAR

    O Verão está de volta ao hemisfério norte e isso significa menos roupas, mais tempo de lazer ao ar livre em praias e campo, libertar-se do sufocante vestuário de Inverno e do calçado pesado.

  • 17916763_10154923732760860_1525008882_o

    Business & Industry

    Jun 1, 2017

    EXPORTAR O MELHOR

    Actualmente, quando falamos sobre o melhor que existe no mundo, não é possível evitar falar em Portugal. É agora, o país mais conhecido do mundo pelas suas maravilhas, segredos, história e gastronomia. Destaca-se como o melhor...


  • 2

    Business & Industry

    Out 1, 2015

    55 Anos de Construção Marítima

    O nome Decon é sobejamente conhecido na construção marítima e respeitado internacionalmente como sinónimo de capacidade para lidar com grandes e complexos projectos que abarcam desde novas construções até ao restauro e adaptação...

  • The Noble Art in Glass

    Home & Design

    Fev 29, 2016

    A Arte Nobre em Vidro

    A história do vidro confunde-se com as histórias de Murano, da família Seguso e da Cristais Cá D´Oro, uma empresa brasileira que produz peças em vidro artístico, em Poços de Caldas, Minas Gerais, Brasil, seguindo as técnicas...

  • 1

    Business & Industry

    Mai 1, 2015

    Built to last

    It's ne of the most notorious brands on russian roads. Kamaz has been manufacturing trucks since 1976 and every year the company proves its technological achievements, as well as its competitive verve.